Gestão democrática como projeto político e o sistema municipal de ensino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v13n1a2024-71033

Palavras-chave:

Gestão democrática da educação, Sistema municipal de ensino, Socialização da participação política, Espaços de participação

Resumo

O artigo tem por objetivo analisar, na interface com a ideia de socialização da participação política, condições institucionais de participação estabelecidas por sistemas municipais de ensino. Serve-se de pesquisa documental, cujo exame incidiu em legislação de municípios de Santa Catarina com sistemas de ensino próprios. Os resultados possibilitam constatar a prevalência de um sentido de participação como presença e de autonomia como liberdade de organização. Diante de um quadro de condições que tende ao mínimo, desfavorecendo a socialização da participação política, conclui que o delineamento da gestão democrática da educação, enquanto projeto político nos sistemas de ensino pesquisados, é tanto um desafio quanto uma razão de luta pela democratização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elton Luiz Nardi, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Brasil

Doutor em Educação. Universidade do Oeste de Santa Catarina, Joaçaba, Santa Catarina, Brasil.

Referências

ADRIÃO, T.; CAMARGO, R. B. de. A gestão democrática na Constituição Federal de 1988. In: OLIVEIRA, R. P. de; ADRIÃO, T. (org.). Gestão, financiamento e direito à educação: análise da Constituição Federal e da LDB. 3. ed. rev. ampl. São Paulo: Xamã, 2007. p. 63-71.

BEHRING, E. R. Brasil em contra-reforma: desestruturação do Estado e perda de direitos. São Paulo, Cortez, 2008.

BORDENAVE, J. E. D. O que é participação. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BORDIGNON, G.; GRACINDO, R. V. Gestão da educação: o município e a escola. In: FERREIRA, N. S. C.; AGUIAR, M. A. da S. Gestão da educação: impasses, perspectivas e compromissos. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2006. p. 147-176.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei n. 8.035/2010. Aprova o Plano Nacional de Educação para o decênio 2011-2020 e dá outras providências. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra?codteor=831421&filename=Tramitacao-PL%208035/2010. Acesso em: 1 out. 2023.

BRASIL. Lei n. 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, Edição Extra, nº 120-A, 26 jun. 2014. Seção 1, p. 1-8.

BRASIL. Lei n. 14.644, de 2 de agosto de 2023. Altera a Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), para prever a instituição de Conselhos Escolares e de Fóruns dos Conselhos Escolares. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, Edição n. 147, 3 ago. 2023. Seção 1, p. 1.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 21 dez. 1996. Seção 1, p. 27833-27841.

CARTA DE GOIÂNIA. IV Conferência Brasileira de Educação. Educação & Sociedade, Campinas, n. 25, p. 5-10, dez. 1986.

COUTINHO, C. N. A democracia como valor universal. 1979. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/coutinho/1979/mes/democracia.htm#r7. Acesso em: 7 jan. 2017.

COUTINHO, C. N. A democracia na batalha das ideias e nas lutas políticas do

Brasil de hoje. In: FÁVERO, O.; SEMERARO, G. (org.). Democracia e construção do público no pensamento educacional brasileiro. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2002. p. 11-39.

COUTINHO, C. N. Contra a corrente: ensaios sobre democracia e socialismo. São Paulo: Cortez, 2000.

COUTINHO, C. N. Marxismo e política: a dualidade de poderes e outros ensaios. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

CUNHA, L. A. A educação na nova Constituição. Brasília, DF: Correio Brasiliense/UnB, n. 8602, p. 3, 25 ago. 1986.

FRIGOTTO, G. Educação e a crise do capitalismo real. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

PARO, V H. O princípio da gestão democrática no contexto da LDB. In: OLIVEIRA, R. P. de; ADRIÃO, T. (org.). Gestão, financiamento e direito à educação: análise da Constituição Federal e da LDB. 3. ed. rev. ampl. São Paulo: Xamã, 2007. p. 73-81.

PAULO NETTO, J. Democracia e transição socialista: escritos de teoria e política. Belo Horizonte: Oficina de Livros, 1990.

MENDONÇA, E. F. A regra e o jogo: democracia e patrimonialismo na educação brasileira. Campinas: LaPPlanE/FE/Unicamp, 2000.

NARDI, E. L. Gestão democrática no contexto dos 20 anos da LDBEN: entre bandeiras, tensionamentos e possibilidades. In: BATISTA, N. C.; FLORES, M. L. R. (org.). Formação de gestores escolares para a educação básica: avanços, retrocessos e desafios frente aos 20 anos de normatização da gestão democrática na LDBEN. Porto Alegre: Evangraf, 2016. p. 19-44.

NEVES, L. M. W. As massas trabalhadoras começam a participar do banquete, mas o cardápio é escolhido à sua revelia, ou democracia e educação escolar nos anos iniciais do século XXI. In: FÁVERO, O.; SEMERARO, G. (org.). Democracia e construção do público no pensamento educacional brasileiro. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2002. p. 163-174.

NEVES, L. M. W. N. Brasil Século XXI: propostas educacionais em disputa. In: LOMBARDI, J. C.; SANFELICE, J. L. (org.). Liberalismo e educação em debate. Campinas: Autores associados, 2007. p. 205-222.

PONCE, A. Educação e luta de classes. Tradução José Severo de Camargo Pereira. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

SAVIANI, D. A nova lei da educação: trajetória, limites e perspectivas. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 1997.

SHIROMA, E.; MORAES, M. C. M. de; EVANGELISTA, O. Política educacional. 4. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2007.

TAVARES, M. das G. M. Educação brasileira e negociação política: o processo constituinte de 1987 e a gestão democrática. Maceió: EdUFAL, 2003.

WOOD, E. M. O que é anticapitalismo? Crítica Marxista, p. 37-49, jun. 2006.

WOOD, E. M. Democracia contra capitalismo: a renovação do materialismo histórico. Tradução Paulo Cezar Castanheira. São Paulo: Boitempo, 2010.

XAVIER, L. N. Manifestos, cartas, educação e democracia. In: MAGALDI, A. M.; GONDRA, J. G (org.). A reorganização do campo educacional no Brasil: manifestações, manifestos e manifestantes. Rio de Janeiro: 7Letras, 2003. p. 9-28.

Publicado

2023-12-31

Como Citar

NARDI, E. L. Gestão democrática como projeto político e o sistema municipal de ensino. Revista Educação e Políticas em Debate, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 1–19, 2023. DOI: 10.14393/REPOD-v13n1a2024-71033. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/71033. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - MOVIMENTO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO E GESTÃO DOS SISTEMAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO