LGBTQIAFOBIA: PLURALIZANDO A (IN)DIFERENÇA NO CONTEXTO ESCOLAR

Autores

  • Eliane Rose Maio UEM
  • Isaias Batista de Oliveira Junior UNESP/FCT

Palavras-chave:

Identidade, Diferença, LGBTQIA, Escola, LGBTQIAfobia

Resumo

A assunção da identidade heteronormativa, como verdadeira, presumível e estável, tende a imputar sanções àqueles/asque agem em descumprimentoà colonização, e essaação não ocorre de maneira pacífica,pois a violência por ela manifesta adquire contornos dramáticos no ambiente escolar. Esta pesquisa é a síntese de um estudo elaborado para a obtenção do título de mestre, respaldada na teoriados Estudos Culturais. Assumimos como objetivo demonstrar que a construção da(s) identidade(s) e a (re)produção da(s) diferença(s) são fatores excludentes para o processo de escolarização dos sujeitos LGBTQIA. Não temos como princípio negar a (co)existência da(s) diferença(s), mas entendemos que as pessoas podem ser diferentes, e que essa diferença podeser vista como algo bom e positivo, não como algo a ser tolerado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Eliane Rose Maio, UEM

Pós-Doutora em Educação Escolar na UNESP/Araraquara. Doutora em Educação. Professora da UEM, no Departamento de Teoria e Prática da Educação. E-mail: elianerosemaio@yahoo.com.br

Isaias Batista de Oliveira Junior, UNESP/FCT

Mestre em Educação pela UEM. Doutorando em Educação na Universidade Estadual Júlio Mesquita Filho

Referências

ABRAMOVAY, Miriam (Coord.). Revelando tramas, descobrindo segredos: violência e convivência nas escolas. Brasília: Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana – RITLA, Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal - SEEDF, 2009.

BENTO, Berenice. Na escola se aprende que a diferença faz a diferença. Estudos Feministas, Florianópolis, p. 549-559, maio-agosto/2011.

BORGES, Zulmira Newlands. PASSAMANI, Guilherme Rodrigues. OHLWEILER, Mariane Inês. BULSING, Muriel. Percepção de professoras de ensino médio e fundamental sobre a homofobia na escola em Santa Maria (Rio Grande do Sul / Brasil). Educar em Revista, Curitiba: UFPR, n. 39, p. 21-38, jan./abr. 2011.

BORRILO, Daniel. A homofobia. In: LIONÇO, Tatiana; DINIZ, Débora (Org.). Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. Brasília: Letras Livres: EdUnB, 2009. p. 15-46.

BORRILO, Daniel. Homofobia: história e crítica de um preconceito. Tradução: Guilherme João de Freitas Teixeira. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

BORTOLINI, Alexandre. Diversidade sexual na escola. 1. ed. Rio de Janeiro: Pró-Reitoria de Extensão/UFRJ, 2008.

BRASIL. Gênero e diversidade na escola: formação de professoras/es em Gênero, Orientação Sexual e Relações Étnico-Raciais. Livro de conteúdo. v.1, versão 2009. Rio de Janeiro: CEPESC; Brasília: SPM, 2009.

BUTLER, Judith. Corpos que pesam: sobre os limites discursivos do “sexo”. In: LOURO, Guacira Lopes (Org.). O corpo educado. Tradução: Tomaz Tadeu da Silva. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 151-172.

CAETANO, Márcio Rodrigo Vale. Rompendo fronteiras e problematizando as diferenças sexuais. In: RIBEIRO, Paula Regina Costa et al. (Org.). Educação e Sexualidade: identidades, famílias, diversidade sexual, prazeres, desejos, preconceitos, homofobia...Rio Grande: Editora da FURG, 2008. p. 158-171.

DINIS, Nilson Fernandes. Homofobia e educação: quando a omissão também é signo de violência. Educar em Revista, n. 39, jan./abr. Curitiba, Editora UFPR, p. 39-50, 2011.

DOVIDIO, John F.; GLICK, Peter; RUDMAN, Laurie A. Introduction: Reflecting on The Nature of Prejudice: Fifty Years after Allport. In: DOVIDIO, John F.; GLICK, Peter; RUDMAN, Laurie A. On the Nature of Prejudice: Fifty Years after Allport. Blackwell Publishing: USA, 2005. p. 1-16.

FERRARI, Anderson. O quê se fala e o quê se cala sobre o homoerotismo masculino: discursos, práticas e posturas dos professores diante do fato e do assunto. Anped, GT Sociologia da Educação, 2000.

FERRARI, Anderson. Reflexões Sobre a Homofobia na Escola. In: CASAGRANDE, Lindamir S.; LUZ, Nanc Stancki da; CARVALHO, Maria Gomes de (Org.). Igualdade na diversidade: enfrentando o sexismo e a homofobia. 1. ed. Curitiba: ed. UTFPR, 2011. p. 69-89.

FONTES, Malu. Ilustrações do silêncio e da negação. In: LIONÇO, Tatiana. DINIZ, Debora (Org.). Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. Brasília: Letras Livres: EdUnB, 2009. p. 99-114.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 15. ed. São Paulo: Loyola, 2007.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Tradução: Raquel Ramalhete. 29. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2004.

FUNDAÇÃO Instituto de Pesquisas Econômicas. Projeto de estudo sobre ações discriminatórias no âmbito Escolar, organizadas de acordo com áreas temáticas, a saber, Étnico--racial, gênero, geracional, territorial, necessidades Especiais, socioeconômica e orientação sexual. São Paulo, 2009. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/relatoriofinal.pdf>. Acesso em: 03 jan. 2013.

FURLANI, Jimena. Mitos e tabus da sexualidade humana: subsídios ao trabalho em educação sexual. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

FURLANI, Jimena. Sexualidade humana na escola. 2009. Disponível em: <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/debaser/singlefile.php?id=590>. Acesso em: 13 jan. 2013.

GÓIS, João Bôsco Hora; SOLIVA, Thiago Barcelos. A violência contra gays em ambiente escolar. Revista Espaço Acadêmico, nº 123, p. 38-45, Agosto, 2011.

HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós Modernidade. Tradução: Tomaz Tadeu da Silva; Guacira Lopes Louro. 11. ed. Rio de Janeiro, RJ: DP&A, 2006.

HALL, Stuart.Quem precisa da identidade?In: SILVA, Tomaz Tadeu da(Org.). Identidade e Diferença: a Perspectiva dos Estudos Culturais. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007. p. 103-133.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. Homofobia nas escolas: um problema de todos. In: JUNQUEIRA, Rogério Diniz (Org.). Diversidade Sexual na Educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas. Ministério da Educação: Secad/MEC. Brasília, 2009a. p. 13-52.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. “Aqui não temos gays nem lésbicas”: estratégias discursivas de agentes públicos ante medidas de promoção do reconhecimento da diversidade sexual nas escolas. Bagoas, n. 04, p.171-190, 2009b.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. A Pedagogia do Armário: heterossexismo e vigilância de gênero no cotidiano escolar. Revista Educação On-line PUC, Rio de Janeiro, nº 10, p. 64-83, 2012.

LIONÇO, Tatiana; DINIZ, Debora. Qual a diversidade sexual dos livros didáticos brasileiros? In: ______;______ (Org.). Homofobia & Educação: um desafio ao silêncio. Brasília: Letras Livres: EdUnB, 2009. p. 09-15.

LOURO, Guacira Lopes. Corpos que pesam: sobre os limites discursivo do “sexo”. In: LOURO, Guacira Lopes (Org.); SILVA, Tomaz Tadeu da (Trad.). O corpo educado. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 07-35.

LOURO, Guacira Lopes. Heteronormatividade e Homofobia. In:JUNQUEIRA, Rogério Diniz (Org.). Diversidade Sexual na Educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas. Ministério da Educação: Secad/MEC. Brasília, 2009. p. 85-95.

PARANÁ. Gênero, orientação Sexual e Relações Étnico-Raciais. Rio de Janeiro: CEPESC; Brasília: SPM, 2009.

REPROLATINA. Soluções Inovadoras em Saúde Sexual e Reprodutiva. Estudo qualitativo sobre a homofobia no ambiente escolar em 11 capitais brasileiras, p. 1-65, 2011.

SALA, Arianna. Opção x Orientação Sexual. Canal SAP. 2012. Disponível em:

<http://www.youtube.com/watch?v=nV2Vjn9Pf3I&playnext=1&list=PLiX7GB_A3TPhYTpQ7gLmCh5vcAdce3_V2&feature=results_video>. Acesso em: 16 jan. 2013.

SEFFNER, Fernando. Equívocos e armadilhas na articulação entre diversidade sexual e políticas de inclusão escolar. In:JUNQUEIRA, Rogério Diniz (Org.). Diversidade Sexual na Educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas. Ministério da Educação: Secad/MEC. Brasília, 2009. p. 127-139.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença.In:______(Org.). Identidade e Diferença: a Perspectiva dos Estudos Culturais. 7. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2007. p. 73-102.

SOUSA FILHO, Alípio de. A política do conceito: subversiva ou conservadora? - Crítica à essencialização do conceito de orientação sexual. Bagoas, n. 04, p. 59-77, 2009.

SOUSA FILHO, Alípio de. A resposta gay. 2013. Disponível em <http://www.cchla.ufrn.br/alipiosousa/index_arquivos/ARTIGOS%20ACADEMICOS/ARTIGOS_PDF/A%20RESPOSTA%20GAY.pdf>. Acesso em: 07 jan. 2013.

UNESCO. O perfil dos professores brasileiros:o que fazem, o que pensam, o que almejam. Pesquisa Nacional UNESCO, São Paulo: Moderna, 2004.

Downloads

Publicado

2016-05-30

Como Citar

Maio, E. R., & Oliveira Junior, I. B. de. (2016). LGBTQIAFOBIA: PLURALIZANDO A (IN)DIFERENÇA NO CONTEXTO ESCOLAR. Revista Educação E Políticas Em Debate, 4(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/34498

Edição

Seção

Artigos