THE NEW MAP OF HEREDITARY CAPTAINCIES OF BRAZIL

Conteúdo do artigo principal

Jorge Pimentel Cintra

Resumo

This paper presents a new map of the Hereditary Captaincies at the moment of their creation (1534-1536), which differs from the traditional map proposed by Varnhagen in 1854, has remained until now. The new design is based on primary sources, namely, charts of donation and the cartography of the time, particularly the map by Bartolomeu Velho. The main changes refer to boundary lines in northern captaincies, which should follow under meridians and not parallels; they also refer the particular configuration of the southern captaincies, with lines pointing northwestwards; again to the division into portions, named quinhões, of the captaincies of Aires da Cunha and Joao de Barros; finally reference is made to the existence of undistributed lands.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
CINTRA, J. P. THE NEW MAP OF HEREDITARY CAPTAINCIES OF BRAZIL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 67, n. 5, 2015. DOI: 10.14393/rbcv67n5-44625. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44625. Acesso em: 3 dez. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Jorge Pimentel Cintra, Universidade de São Paulo - USP, Escola Politécnica, Departamento de Engenharia de Transportes, São Paulo, SP

Possui graduação (1974), mestrado (1981) e doutorado (1985) em Engenharia Civil e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor Associado (Área de Informações Espaciais/Cartografia) em tempo integral da Escola Politécnica da USP. Atua nas seguintes áreas: História da cartografia no Brasil, Cartografia digital, Modelagem digital de terrenos, Qualidade em cartografia. Editor associado do Boletim de Ciências Geodésicas e da Revista Brasileira de Cartografia. Membro e Diretor do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Agraciado com o Prêmio Jabuti (2006), na categoria Ciências exatas, tecnologia e informática. Agraciado com a Medalha do Mérito Cartográfico, da Sociedade Brasileira de Cartografia. Atualmente (2013) coordena o Projeto Universal do CNPq: Cartografia Histórica do rio Amazonas (1500-1750).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)