A VULNERABILIDADE A ESCORREGAMENTOS DE TERRA DA BACIA DO RIO BENGALAS - NOVA FRIBURGO - BRASIL SOB AS PROJEÇÕES DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS DO ETA-HADGEM-ES RCP 4.5

Conteúdo do artigo principal

Luiz Tadeu da Silva
Daniel Andres Rodriguez
José Marcio da Silva Britto
José Lázaro de Siqueira Junior
Elsa Paula Figueira Ferreira Morgado de Sampaio
João Alexandre Medina Corte-Real
Pedro Ivo Mioni Camarinha

Resumo

O documento ï¬nal da Conferência Mundial para a Redução de Desastres ocorrida em Kobe - Japão, no ano de 2005, chama a atenção para a necessidade de desenvolver sistemas de indicadores de risco e vulnerabilidade a níveis nacional e subnacional como forma de permitir aos tomadores de decisão um melhor diagnóstico das situações de risco e vulnerabilidade. áreas urbanas em sua expansão avançam para áreas geologicamente instáveis e topograï¬camente inclinadas, como é o caso da Bacia do Rio Bengalas, localizada no Município de Nova Friburgo, Brasil. Em janeiro de 2011, com a ocorrência de fortes chuvas na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, foram registrados 183 escorregamentos de terra somente na Bacia do Rio Bengalas, causando perdas humanas, econômicas e ambientais. Sob o efeito das mudanças climáticas são esperadas mudanças na frequência e magnitude dos eventos de precipitação extrema que afetam a vulnerabilidade a desastres e podem se tornar preocupantes à condição de vida das populações que vivem principalmente em áreas de riscos a escorregamentos de terra. Neste contexto, este trabalho tem por objetivo estudar a vulnerabilidade a escorregamentos de terra da Bacia do Rio Bengalas para o período de 01/01/2016 a 30/12/2040, utilizando índices de vulnerabilidade a escorregamentos de terra que se mostraram eï¬cazes na prevenção, monitoramento e previsão a estes tipos de desastres. Os índices indicam apenas a ocorrência de um evento de vulnerabilidade escorregamentos na Bacia, associado com a ocorrência de um evento de alta intensidade de precipitação. Este resultado está de acordo com a diminuição das precipitações médias e extremas na região associadas com as projeções Eta-HadGEM-ES RCP 4.5 e relatadas na literatura cientíï¬ca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
SILVA, L. T. da; RODRIGUEZ, D. A.; BRITTO, J. M. da S.; SIQUEIRA JUNIOR, J. L. de; SAMPAIO, E. P. F. F. M. de; CORTE-REAL, J. A. M.; CAMARINHA, P. I. M. A VULNERABILIDADE A ESCORREGAMENTOS DE TERRA DA BACIA DO RIO BENGALAS - NOVA FRIBURGO - BRASIL SOB AS PROJEÇÕES DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS DO ETA-HADGEM-ES RCP 4.5. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 9, 2016. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44442. Acesso em: 20 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Luiz Tadeu da Silva, Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Doutor em Ciências Ambientais e Analista em Ciência e Tecnologia do Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Daniel Andres Rodriguez, Centro de Ciência do Sistema Terrestre - CCST do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Doutor em Meteorologia e Pesquisador do Centro de Ciência do Sistema Terrestre (CCST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

José Marcio da Silva Britto, Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais (DSA) do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Tecnologista em informática com experiência em computação aplicada e banco de dados

José Lázaro de Siqueira Junior, Centro de Ciência do Sistema Terrestre - CCST do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Mestre em Ciência da Computação, Pós-Graduado em Projetos e Desenvolvimento de Aplicação WEB, e Tecnologista em Informática

Elsa Paula Figueira Ferreira Morgado de Sampaio, Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas - ICAAM da Universidade de

Professora Doutora em Ciências Agrárias da Universidade de

João Alexandre Medina Corte-Real, Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas - ICAAM da Universidade de

Professor Catedrático Doutor em Meteorologia da Universidade de

Pedro Ivo Mioni Camarinha, Centro de Ciência do Sistema Terrestre - CCST do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)

Doutor em Ciência do Sistema Terrestre e Mestre em Engenharia Civil e Ambiental com ênfase em Geotecnia Ambiental