UM ESTUDO COMPARATIVO DOS SÍMBOLOS GRÁFICOS EMPREGADOS NA REPRESENTAÇÃO DE ESTRADAS & CAMINHOS E DE INFORMAÇÕES TURÍSTICAS EM MAPAS DO ORDNANCE SURVEY E DO OPENSTREETMAP

Conteúdo do artigo principal

João Vitor Meza Bravo
Claudia Robbi Sluter

Resumo

O OpenStreetMap (OSM) alcançou o status de principal plataforma de mapeamento colaborativo do mundo, contando com milhões de usuários que contribuem com a produção de seus mapas. Por conta de suas raízes britânicas, a presente pesquisa foi idealizada a ï¬ m de se comparar a solução gráï¬ca utilizada nos mapas do OSM com aquela produzida pela agência oï¬cial de mapeamento da Grã-Bretanha, o Ordnance Survey (OS). Assim, foi possível testar a existência de correlações entre tais produtos, os quais são originários do mesmo contexto cultural e geográï¬co. Os produtos testados foram os seguintes: os mapas e símbolos do OSM obtidos na própria plataforma mediante navegador web e, os mapas e símbolos do Ordnance Survey, o OS Landranger (1:50 000) e OS Explorer (1:25 000). A comparação foi feita segundo dois processos: o primeiro, uma avaliação geral entre mapas, considerando-se escalas equivalentes; e, no segundo caso, a comparação levou em conta as semelhanças entre os símbolos gráï¬cos semanticamente equivalentes. Para o segundo caso, foram selecionados dois conjuntos de símbolos para que a suposta correlação fosse veriï¬cada: "estradas e caminhos" e "informações turísticas". Como resultado, há semelhanças entre os produtos nos dois processos de avaliação o que reforça a possibilidade da influência dos produtos do Ordnance Survey na confecção dos mapas do OpenStreetMap.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
BRAVO, J. V. M.; SLUTER, C. R. UM ESTUDO COMPARATIVO DOS SÍMBOLOS GRÁFICOS EMPREGADOS NA REPRESENTAÇÃO DE ESTRADAS & CAMINHOS E DE INFORMAÇÕES TURÍSTICAS EM MAPAS DO ORDNANCE SURVEY E DO OPENSTREETMAP. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 68, n. 10, 2016. DOI: 10.14393/rbcv68n10-44294. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44294. Acesso em: 5 dez. 2022.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>