AVALIAÇÃO ESPECTRAL E GEOMÉTRICA DAS IMAGENS RAPIDEYE E SEU POTENCIAL PARA O MAPEAMENTO E MONITORAMENTO AGRÍCOLA E AMBIENTAL

Conteúdo do artigo principal

Mauro Antonio Homem Antunes
Paula Debiasi
Jéssica Caroline dos Santos Siqueira

Resumo

A acurácia geométrica e as resoluções espacial, espectral, radiométrica e temporal são aspectos importantes para a seleção de imagens para o monitoramento agrícola e ambiental. O objetivo deste trabalho é avaliar a acurácia geométrica e as características de resolução das imagens RapidEye (nível de processamento 3A). Foram utilizadas imagens de três épocas distintas.Estas imagens foram corrigidas dos efeitos da atmosfera e armazenadas em 16-bit, sendo a reflectância de superfície escalonada de 0 a 10.000. A geometria das imagens ortorretificadas foi avaliada a partir de oito pontos extraídos de um ortofotomosaico. As imagens foram também registradas com polinômio de primeiro grau utilizando dez pontos extraídos deste ortofotomosaico para se obter amostras homólogas nas três imagens. Para a caracterização espectral da reflectância de superfície foram selecionados quatro pixels de áreas de plantação de eucalipto, pasto cultivado, solo exposto e água de cavas de extração de areia e foz de rio. Os resultados mostraram que a média posicional dos erros foi de 3,66 m e 10,07 m nas coordenadas E e N, respectivamente, compatível com Padrão de Exatidão Cartográfica (PEC) classe A na escala 1:20.000. A reflectância de superfície dos alvos selecionados se apresentou de acordo com as encontradas na literatura. Conclui-se que as imagens do satélite RapidEye são adequadas para o monitoramento de áreas agrícolas, pastagens, áreas florestais e para o monitoramento ambiental em geral. A resolução radiométrica de 12-bit é interessante para estas aplicações pela possibilidade de representar uma grande variedade de radiâncias da superfície.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
ANTUNES, M. A. H.; DEBIASI, P.; SIQUEIRA, J. C. dos S. AVALIAÇÃO ESPECTRAL E GEOMÉTRICA DAS IMAGENS RAPIDEYE E SEU POTENCIAL PARA O MAPEAMENTO E MONITORAMENTO AGRÍCOLA E AMBIENTAL. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 66, n. 1, 2014. DOI: 10.14393/rbcv66n1-43899. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43899. Acesso em: 28 nov. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Mauro Antonio Homem Antunes, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Instituto de Tecnologia, Departamento de Engenharia.

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa-UFV (1988), mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais-INPE (1992) e Ph.D. em Agtonomy/Agricultural Meteorology pela University of Nebraska-Linclon-UNL (1997). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-UFRRJ, Departamento de Engenharia. Tem experiência na área de Sensoriamento Remoto, com ênfase nos temas de mapeamento digital de solos, resposta espectral dos alvos, transferência radiativa em dosséis de plantas, transferência radiativa na atmosfera, calibração de sensores, índices de vegetação, monitoramento ambiental, modelagem de erosão hídrica e geoprocessamento. Foi avaliador de cursos de graduação do INEP/MEC de 2007 a 2009. Coordenou entre 2006 e 2010 o programa de intercâmbio UNIBRAL da UFRRJ com a Hochschule Karlsruhe-University of Applied Sciences da Alemanha, onde ministrou quatro vezes a disciplina de pós-graduação "Interpretation of Remote Sensing Data". Atualmente faz parte do corpo docente do Programa de Doutorado em Ciência, Tecnologia e Inovação em Agropecuária-PPGCTIA (de Doutorado Binacional entre Brasil e Argentina) no qual ministra duas disciplinas em sensoriamento remoto e processamento digital de imagens e orienta estudantes de doutorado.

Paula Debiasi, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ Instituto de Tecnologia, Departamento de Engenharia

Jéssica Caroline dos Santos Siqueira, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ Instituto de Tecnologia, Departamento de Engenharia

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)