Expediente

Autores

  • Doris Sayago Universidade de Brasília (UnB)
  • Junior Miranda Scheuer Universidad de la República (Udelar), Uruguay https://orcid.org/0000-0002-1190-422X
  • Marcos Aurelio Saquet Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Resumo

Expediente da Edição Especial Metodologias Qualitativas de Pesquisa e/ou Ação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Doris Sayago, Universidade de Brasília (UnB)

Graduada em Antropologia, Universidad Central de Venezuela (1985). Mestrado em Antropologia, Universidade de Brasília (1994). Doutorado em Sociologia, Universidade de Brasília (2000). Pós-Doutorado em Desenvolvimento Sustentável, Univesidade de Brasilia - UnB (2005); Ciências Políticas, Université Montpellier 1, Centre National de la Recherche Scientifique (2006). Diretora do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília -CDS\UnB (2012-2016). Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília - PPGCDS\UnB (08\2017- 08\2020). Diretora de Comunicação e Eventos da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - ANPPAS (2019-2023). Coordenadora do Projeto Políticas Públicas para América Latina - CAPES- PrInt (PPGCDS\UnB). Participa de Redes técnico-científicas nacionais e internacionais como Rede de Estudos Ambientais de Países de Língua Portuguesa. - REALP, Red Políticas Públicas y Desarrollo Rural en América Latina- PP-AL, Observatório das Dinâmicas Socioambientais - INCT\ODISSEIA, e Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia - PROCAD (Projeto Relação entre sociedade, natureza e atividades econômicas em regiões de fronteira da Amazônia (UNIFAP/ UFRR/UnB). Com experiência na área de Políticas Públicas, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento territorial, segurança alimentar, agricultura familiar, meio ambiente, sustentabilidade, interdisciplinaridade.

Junior Miranda Scheuer, Universidad de la República (Udelar), Uruguay

Professor assistente (Facultad de Agronomía, Udelar). Doctor en Ciencias Agrarias (Udelar-UY); Mestre em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola (Unemat/MT-BR); Especialista em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (Uninter/PR-BR); Especialista em Educação Profissional (Senac/RS-BR); Tecnólogo em Produção Sucroalcooleira (Uri/RS-BR).

Marcos Aurelio Saquet, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste)

Dr. em Geografia pela Unesp – Presidente Prudente (São Paulo, Brazil) e Phd pelo Politécnico e Università di Torino - Itália. É autor de diferentes livros, entre os quais “Enfoques y concepciones de territorio”, 2019, Bogotá, Editorial Universidad Distrital F. J. de Calcas; “Saber popular, praxis territorial y contrahegemonía”, 2020, Ciudad de México, Editorial Itaca; “Por una geografia de las territorialidades y de las temporalidades: una concepción multidimensional orientada a la cooperación y el desarrollo territorial”, Universidad Nacional de La Plata, 2015. É avaliador de diferentes órgãos de financiamento, como o CNPq, CAPES, FAPESP, CONACYT – México e CNR – Itália. Foi professor visitante em distintas universidades (aulas presenciais ou remotas) da Colômbia, Argentina, Costa Rica, Itália, Uruguai e México. Pesquisador dos temas de desenvolvimento territorial próprio, agroecologia, campesinato, circuitos curtos e decolonialidade. Temas de pesquisa e orientação: alimento e território: produtos típicos e patrimônio; descolonização do conhecimento e contra-hegemonia político-cultural; agroecologia e redes curtas de comercialização; território e territorialidade: condições da práxis de emancipação.

Downloads

Publicado

20-05-2024

Como Citar

SAYAGO, D.; SCHEUER, J. M.; SAQUET, M. A. Expediente. Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 18, n. 51, 2024. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/73607. Acesso em: 19 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>