A valorização territorial e multidimensional do patrimônio de Francisco Beltrão (PR)

Autores

  • Marcos Aurelio Saquet Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE
  • Ana Rúbia Gagliotto Galvão Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT4811912

Palavras-chave:

Território, Patrimônio, Identidade, Cultura, Paisagem

Resumo

Neste artigo, temos como finalidade analisar o território de Francisco Beltrão, evidenciando características de sua formação e a necessidade de valorização do patrimônio historicamente constituído. Para tanto, os conceitos de território, espaço, paisagem, identidade e patrimônio são fundamentais, numa perspectiva mais abrangente, multidimensional, através da qual identificamos possibilidades para o desenvolvimento considerando a necessidade de preservação da cultura e da natureza, e a complementaridade entre os espaços urbano e rural. Os principais procedimentos utilizados foram: pesquisa bibliográfica, coleta de dados secundários do IBGE e Prefeitura Municipal e realização de entrevistas semi-estruturadas. A produção do espaço de Francisco Beltrão, tanto urbano como rural, gerou um patrimônio territorial (material e imaterial), resultado dos múltiplos processos envolvidos na sua formação: econômicos, políticos e culturais. Como nem sempre o patrimônio é preservado, muitas vezes, é preciso resgatá-lo, torná-lo acessível e subsidiar a elaboração de projetos para sua valorização. A preservação e a valorização do patrimônio de Francisco Beltrão precisa ser multidimensional e territorial, ou seja, social e natural, ao mesmo tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Aurelio Saquet, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Colegiado de Geografia – UNIOESTE. Pesquisador do CNPq.

Ana Rúbia Gagliotto Galvão, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Graduada em Turismo na Universidade Estadual de Ponta Grossa em 2006, cursando o 3º ano do curso de Geografia-Licenciatura na UNIOESTE e aluna do Programa de Pós-Graduação da UNIOESTE, tendo qualificado a pesquisa em dezembro de 2008.

Downloads

Publicado

09-09-2009

Como Citar

SAQUET, M. A.; GALVÃO, A. R. G. A valorização territorial e multidimensional do patrimônio de Francisco Beltrão (PR) . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 4, n. 8 Ago., p. 98–120, 2009. DOI: 10.14393/RCT4811912. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11912. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>