A adoção da perspectiva territorial nas políticas de desenvolvimento rural no Brasil

Autores

  • Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol UNESP

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT51011964

Palavras-chave:

Políticas públicas, Agricultura, Perspectivas setorial e territorial

Resumo

O presente texto tem como objetivo principal contribuir para a reflexão sobre as políticas públicas direcionadas ao espaço rural a partir dos anos 1990. De uma perspectiva marcadamente setorial, as políticas públicas - ou pelo menos parte delas - passaram a incorporar, o enfoque territorial. Nesse contexto, se objetivou refletir de que forma essa tentativa de mudança tem sido efetivada pelas políticas públicas direcionadas ao espaço rural, as limitações e os avanços apresentados, considerando as experiências do PRONAF Infra-Estrutura e Serviços e, mais recentemente, dos Programas de Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais (PDSTR) e dos Territórios da Cidadania.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol, UNESP

Professora doutora. Docente dos Cursos de Graduação e de Pós-Graduação em Geografia da FCT/UNESP de Presidente Prudente.

Downloads

Publicado

08-09-2010

Como Citar

HESPANHOL, R. A. de M. A adoção da perspectiva territorial nas políticas de desenvolvimento rural no Brasil . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 5, n. 10 Ago., p. 123–147, 2010. DOI: 10.14393/RCT51011964. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11964. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>