DURKHEIM, Émile. Sociologia, Educação e Moral. Porto: Res- Editora, 1984, 398 pp.

Autores

  • Vera Lúcia Abrão Borges

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v11n21/22a1997-901

Palavras-chave:

Sociologia , Filosofia, Educação, Trabalho social

Resumo

Marcando o pensamento europeu do séc. XIX e atual, Émile Durkheim (1858-1917), um dos fundadores da Sociologia, fundador e diretor da Revista L'Année Sociologique, está na base da História Social praticada na França - como, por exemplo, em Roger Chartier e em Pierre Bourdieu. É o teórico mais acabado do positivismo e do capitalismo em sua fase imperial, escrevendo uma obra vastíssima, que vai da História e da Filosofia à Educação e à Sociologia, merecendo destaque: A Divisão do Trabalho Social ( 1893), As Regras do Método Sociológico ( 1895 ), O Suicídio ( 1897), As Formas Elementares da Vida Religiosa, bem como outros textos de Educação, de Filosofia e de História.

Embora bem conhecidas do público suas reflexões sobre método sociológico, divisão do trabalho, anomia, suicídio e religião, o            mesmo não se pode dizer com relação ao que ele pensa enquanto "pedagogo e teórico da educação e da moral", justamente este que foi o fundador da primeira cátedra de "Educação e Sociologia", na Sorbonne ("Nota da Edição Portuguesa") e que construiu uma teoria da educação que respondia à forma prescrita pela sociedade de então. [...]

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lúcia Abrão Borges

Professora de História da Educação da Universidade Federal de Uberlândia.

Referências

DURKHEIM, Émile. Sociologia, Educação e Moral. Porto: Res- Editora, 1984, 398 pp.

Downloads

Publicado

2008-10-03

Como Citar

BORGES, V. L. A. DURKHEIM, Émile. Sociologia, Educação e Moral. Porto: Res- Editora, 1984, 398 pp. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 11, n. 21/22, p. 299–303, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v11n21/22a1997-901. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/901. Acesso em: 15 abr. 2024.