O problema da linguagem na transição da filosofia humanista para a filosofia moderna

Autores

  • Humberto Aparecido de Oliveira Guido

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v11n21/22a1997-894

Palavras-chave:

Humanismo, Modernidade, Linguagem , Filosofia, Ciência, Filosofia da ciência

Resumo

Resumo: Este artigo introduz a problemática da ruptura epistemológica ocorrida durante a passagem da Filosofia Humanista para a Filosofia Moderna, apresentando a linguagem como elemento de descontinuidade na transição entre um período e outro. A argumentação reforça os elementos comuns aos dois períodos para apresentar a linguagem como mudança de paradigma do estudo da natureza, sendo a matemática, além da sua correspondência com a estrutura da mente humana, essa nova forma de linguagem que instaura a representação como a possibilidade única para a expressão da verdade.

Palavras-chave: Humanismo; Modernidade; Linguagem; Filosofia da Ciência.

 

Abstract: This article introduces the problem of epistemological cut in the transition from Humanistic to Modem Philosophy with focus on language as discontinuity component in that transition. The argument stresses the common elements between two periods and discusses the language as change of paradigm in the study of nature. Matemathics is both: correspondence with the structure of human mind and a new form of language that makes representation the only possible expression of truth.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Humberto Aparecido de Oliveira Guido

Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Referências

ARENDT, H. A condição humana. 4.ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1989.

CASINI, P. As filosofias da natureza. Lisboa: Editorial Presença, 1979,

CHAUL M.S. A Filosofia Modema. In: Primeira Filosofia, lições introdutórias 7.od. São Paulo: Brasiliense, 1987.

DESCARTES, R. Discurso do Método, São Paulo: Nova Cultural, 1987.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas, uma arqueologia das ciências humanas. 5.od. São Paulo: Martins Fontes, 1990.

GARIN, E. Storia della filosofia italiana, 3.od. Turim: Giulio Emandi, 1978.

HABERMAS, J. O Discurso Filosófico da Modernidade. Lisboa: Dom Quixote, 1990.

HELLER, A. O Homem do Renascimento. Lisboa: Editorial Presença, 1982.

KOYRE, A. Do mundo fechado ao universo infinito. Rio de Janeiro: Forense Universitiria. 1979.

MANNHEIM, K. Ideologia e Utopia. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1972.

SCHWARTZ. J. O momento criativer mito e alienação na ciència moderna. São Paulo: Best Seller, 1992.

Downloads

Publicado

2008-10-03

Como Citar

GUIDO, H. A. de O. O problema da linguagem na transição da filosofia humanista para a filosofia moderna. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 11, n. 21/22, p. 225–244, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v11n21/22a1997-894. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/894. Acesso em: 19 jul. 2024.