Modernidade e cidadania nas relações estado e sociedade

Autores

  • Roberto A. Algarte

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v11n21/22a1997-890

Palavras-chave:

política, modernidade, cidadania, sociedade, estado, Diferença entre sociedade e Estado

Resumo

Resumo: À medida que as políticas públicas no Brasil são apresentadas pelo governo fica evidente o distanciamento que vai se consolidando entre sociedade e Estado. Se na retórica do discurso elas demonstram a coerência de propósitos justos, na prática cotidiana das decisões elas confirmam as desigualdades e o anacronismo dos problemas, sobretudo os relacionados à promoção humana.

Comprovam este distanciamento as condições brasileiras ligadas ao oferecimento de emprego; ao índice de concentração de renda; ao número de trabalhadores situados no setor informal da economia; ao número de analfabetos em idade escolar e ao aumento de casos de doenças provenientes da falta de saneamento e atendimento preventivo de saúde. Isso sem contar, obviamente, a orientação política para a área econômica que destina vultosas somas de recursos para o setor bancário; submissão do mercado nacional a um amplo processo de abertura sob o argumento da concorrência. Ocorre, contudo, que essa abertura concorrencial parece pender para o lado internacional, isso porque, em 1996, o Brasil teve o seu maior déficit na balança comercial. E, enquanto pequenas e micro empresas brasileiras são consumidas pela concorrência, as grandes multinacionais instalam-se aqui embaladas pelos incentivos fiscais cada vez mais generosos.

Palavras-chave: política; modernidade e cidadania; sociedade e estado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto A. Algarte

Professor da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília - UnB

Referências

BARBIER, René. A Pesquisa-Ação na Instituição Educativa. Rio de Janeiro: Zahar Editor, 1985.

CORBISIER, Roland. Filosofia Política e Liberdade. 2 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

FROMM, Erich. Psicanálise da Sociedade Contemporânea. 10 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1983.

KOSIK, Karel. Dialética do Concreto. 4 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

MANNHEIM, K. Liberdade, Poder e Planificação Democrática. São Paulo: Mestre Jou, 1972.

MATTOS, Ruy de A. De Recursos a Seres Humanos. Brasília: Editora Livre, 1992.

MOTTA, p. Roberto e CARAVANTES, Geraldo R. Planejamento Organizacioal. Porto Alegre: Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos, 1979.

MATUS, Carlos. Política Planificacio y Gabierro. Funcionon Altair e Instituto Latinoamericano y del Caribe de Planificacion Economica y Social, Caracas (s.d).

PRESTES MOTTA, Fernando C. "Administração e Participação: reflexões para a educação". In: Revista da Faculdade de Educação da USP. 10(2), jul./dez., 1984.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da Pesquisa-Ação. 3 ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1986.

Downloads

Publicado

2008-10-03

Como Citar

ALGARTE, R. A. Modernidade e cidadania nas relações estado e sociedade. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 11, n. 21/22, p. 141–162, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v11n21/22a1997-890. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/890. Acesso em: 26 fev. 2024.