A educação do caráter nacional

leituras de formação

Autores

  • Maria Helena Camara Bastos

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v12n23a1998-862

Resumo

Resumo: O presente estudo pretende analisar a obra CORAÇÃO. Diário de um menino (1886), de Edmundo De Amicis, recomendado como livro de leitura para meninos de 9 a 13 anos, na Escola Brasileira, após a proclamação da República. A obra é analisada como leitura de formação, pois procura educar e moldar o leitor, na perspectiva de ensinabilidade da moral e das virtudes cívicas, fortalecendo o caráter nacional do futuro cidadão. Nesse período, a educação moral, cívica e religiosa tornou-se o eixo das preocupações para os que almejavam o controle das relações e estruturas sociais, como dispositivo capaz de regenerar o País.

 

Abstract: The present study intends to analyze the book CORAÇÃO. Diário de um menino (1886), by Edmundo De Amicis, recommended to boys from 9 to 13 years old, in Brazilian Republican schools. This book is analyzed as Reading for formation, for it aims to educate and mold its reader, in a teachability of moral and civic virtues perspective, strengthening the national character of the future citizen. In that period, the moral, civic and religious education, became a central preoccupation to the Republicans as a device to regenerate the country.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-09-25

Como Citar

Bastos, M. H. C. (2008). A educação do caráter nacional: leituras de formação. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 12(23), 31–50. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v12n23a1998-862