Extensão rural:

o fio e a trama na construção da representação social do pequeno produtos

Autores

  • Maria Sibele Brasiliense Portilho Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Palavras-chave:

Rural, Família, Minas Gerais, Extensão

Resumo

Busca-se, na presente dissertação, apreender a representação social do "pequeno produtor rural e sua família", construída pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais durante os anos de 1979-1990, através da análise dos textos produzidos para a atividade de "Bem-Estar Social".

A representação social que emerge dos textos da atividade de "Bem-Estar Social" convalida a pr´´atica educativa informal da Extensõa Rural. Contribui para que determinados papéis sociais sejam auferidos ao "pequeno produtor rural e sua família", e que os mesmos sejam cristalizados no consciente coletivo como senso comum. Ao tecer tais interações sociais, também interfere na construção de imagens sobre o real. Na dimensão desta representação social, o "pequeno produtor rural e sua família" se apresentam como simples, carentes, sozinhos, desamparados, passivos. [...]

Palavras-chave: Rural; Família; Minas Gerais; Extensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Sibele Brasiliense Portilho, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Universidade Federal de Uberlândia.

Downloads

Publicado

2015-10-06

Como Citar

PORTILHO, M. S. B. Extensão rural:: o fio e a trama na construção da representação social do pequeno produtos. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 13, n. 25, p. 299–300, 2015. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/816. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Resumos de teses e de dissertações