Princípios reichianos fundamentais para a educação

base para a formação do professor

Autores

  • Maria Veranilda Soares Mota Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v14n27/28a2000-751

Palavras-chave:

Educação, Energia humana, Wilhelm Reich

Resumo

Os problemas que nos afetam neste final de século exigem de nós educadores novas formas de pensar a educação. Para tanto, a obra de Wilhelm Reich tem grandes contribuições no que diz respeito a uma possível mudança na forma e concebermos a prática educativa.

Desde o início de suas pesquisas, Reich teve como foco de interesse o papel da energia no funcionamento de organismos vivos. Em tida sua trajetória, dedicou-se a pensar a organização da vida humana, numa expectativa de compreendê-la e viabilizá-la prazerosamente. Uma de suas descobertas fundamentais for perceber que as experiências emocionais dão origem a certos padrões musculares que bloqueiam o livre fluxo de energia. Tomando da biologia o princípio de que todos os organismos vivos têm uma tendência à auto regulação, ele percebe mais acentuadamente esta tendência nas crianças, chamando a atenção para o fato de que precisamos pensar mecanismos produtores de dificuldades de aprendizagem vivenciados na escola. Ao tratar da questão da neurose humana, esboça uma crítica ao sistema educacional e social, pois, a seu ver, são estes que promovem o bloqueio da energia humana. Reich pensa uma educação que ajude a quebrar os bloqueios energéticos perceptíveis nos indivíduos. [...]

Palavras-chave: Educação; Energia humana; Wilhelm Reich.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Veranilda Soares Mota, Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP)

Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP

Downloads

Publicado

2008-09-01

Como Citar

MOTA, M. V. S. Princípios reichianos fundamentais para a educação: base para a formação do professor. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 14, n. 27/28, p. 297–298, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v14n27/28a2000-751. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/751. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Resumos de teses e de dissertações