Razão e violência

notas sobre a crise da filosofia moderna

Autores

  • Humberto Aparecido Aparecido Guido Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v15n29a2001-722

Palavras-chave:

Filosofia, Vico, Teoria crítica, Horkheimer

Resumo

Riassunto: Nostro proposito à Ia presentazione della prossimità concettuale tra Ia Teoria Critica di Horkheimer e Ia Scineza Nuova di Vico. II saggio "Vico e Ia Mitologia" di Horkheimer à il fondamento delle considerazione sulla crisi del pensiero moderno. Nostra indagine ricadde sulla dominazione della natura, elemento centrale della critica di Horkheimer alla scienza ed alla società moderna. Vogliamo mettere in evidenza la contribuzione di Vico per fare, dialetticamente, che il pessimismo metafisico di Horkheimer possa inspirare l'ottimismo per affrontare le sucessive barbarie del nostro tempo.

 

Resumo: Nosso propósito é a apresentação da proximidade conceitual entre a Teoria Crítica de Horkheimer e a Ciência Nova de Vico. O ensaio de Horkheimer, "Vico e a Mitologia", é o fundamento das considerações sobre a crise do pensamento moderno. Nossa análise recai sobre a dominação da natureza, elemento central da crítica de Horkheimer à ciência e à sociedade moderna. Queremos evidenciar a contribuição de Vico para que, dialeticamente, o pessimismo metafísico de Horkheimer possa inspirar o otimismo histórico diante das sucessivas barbáries do presente.

Palavras-chave: Filosofia; Vico; Teoria crítica; Horkheimer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Humberto Aparecido Aparecido Guido, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Professor Adjunto do Departamento de Filosofia da Faculdade de Artes, Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal de Uberlândia.

Referências

Adorno, T. & Horkheimer, M. Dialética do Esclarecimento, fragmentos filosóficos. Tradução de Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985.

M. Horkheimer. A revolta da natureza. In Eclipse da Razão. Tradução de Sebastião Uchoa Leite. Rio de Janeiro: Editorial Labor do Brasil.

______. Teoria Crítica I. Tradução de Hilde Cohn. São Paulo: Perspectiva / Edusp, 1990.

______. Vico e a Mitologia. In: Origens da Filosofia Burguesa da História. Tradução de Maria M, Morgado. Lisboa: Editorial Presença, 1984.

M. Jay. La imaginación Dialetica, historia de Ia Escuela de Francfort y del Instituto de Investigación Social. Madri: Taurus, 1974.

Vico, G. II metodo degli studi del tempo nostro. In Opere. Milão/ Nápoles: Riccardo Ricciardi, 1953.

_____. Principi di Scienza Nuova (SN44). Milão: Amoldo Mondadori, 1997.

Downloads

Publicado

2008-08-21

Como Citar

GUIDO, H. A. A. Razão e violência: notas sobre a crise da filosofia moderna. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 15, n. 29, p. 199–210, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v15n29a2001-722. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/722. Acesso em: 29 fev. 2024.