Controvérsias epistemológicas, éticas e políticas da pedagogia contemporânea

Autores

  • Marlene Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v15n29a2001-719

Palavras-chave:

pedagogia e ciência, pedagogia e ética, pedagogia e política

Resumo

Abstract: This text reflects the challenges that are presented to the contemporary pedagogy, talking as reference three crises which are related between them: crisis of scientific paradigm which affects the science-bases of education (epistemological challenge); crisis of the utopias that guide the human projects and actions (ethical challenge); and institutional crisis whose epicenter is the Welfare State and the consequent definition of the public polices (political challenge). Without intending to get answers, the purpose of this reflection is to resume the discussion about pedagogy as art or science, the education as utopia for a democratic society and the public school as a citizen's right. All these issues are presented by modernity, in order to restores as a possible horizon, a pedagogy as a praxis.

Key-words: Pedagogy and Science; Pedagogy and Ethics; Pedagogy and Policy.

 

Resumo: O texto reflete sobre os desafios que estão colocados para a pedagogia contemporâneas tomando como referência, três crises articuladas entre si: crise dos paradigmas científicos que atinge as ciências- fundamentos da educação (desafio epistemológico), crise das utopias orientadoras dos projetos e das ações humanas (desafio ético) e crise institucional que tem como epicentro o Estado do Bem-Estar e a consequente definição das políticas públicas (desafio político). Sem pretender encontrar respostas, o propósito da reflexão é retomar o debate sobre a pedagogia como arte ou como ciência, a educação como utopia para uma sociedade democrática e a escola pública como um direito do cidadão, questões propostas pela modernidade para recolocar, como horizonte possível, uma pedagogia como práxis.

Palavras-chave: Pedagogia e Ciência; Pedagogia e Ética; Pedagogia e Política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlene Ribeiro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Professora Titular em Filosofia da Educação da FACED/UFRGS

Referências

ABBAGNANO, Nicola. y VISALBERGHI, A. História de la Pedagogia. México: Fondo de Cultura Económica, 1993.

ADORNO, Theodor. Educação e emancipação. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

ADORNO, Theodor e HORKHEIMER, Max. Conceito de Iluminismo. São Paulo: Abril Cultural, 1975.

ARROYO, Miguel. "Trabalho - Educação e Teoria Pedagógica". Educação e Crise do Trabalho: Perspectivas de Final de Século. Petrópolis: Vozes, 1998, p. 138 - 165.

BICUDO, Maria Aparecida. Fundamentos Eticos da Educação. São Paulo: Cortez e Aut. Associados, 1982.

BRANDÃO, Zaia (org.). A crise dos paradigmas e a educação. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1994.

CARVALHO, Marie Jane. As experiências emancipantes na escola: pedagogia feminista e dinâmicas de gênero, raça/ etnia e classe social. Porto Alegre: PPGEDU/UFRGS, 1996. Projeto de doutorado. Fotocopiado. 148 p.

DIAS CARVALHO, Adalberto. Epistemologia das Ciências da Educação. 3. ed. Porto: Afrontamento, 1996.

DURKHEIM, Émile. Educação e Sociologia. 7. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1967.

ESTRELA, Albano. (org.) Pedagogia, ciência da educação? Porto: Porto Editora. 1992.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A educação e a crise do capitalismo real. São Paulo: Cortez, 1995a.

______. "Construção social do conhecimento e cultura tecnológica". Paixão de Aprender. Escola, Conhecimento e Cidadania. Porto Alegre: SMED, out. 1995b, p. 06 - 11.

GENTILI, Pablo. (org). Pedagogia da Exclusão. Crítica ao neoliberalismo em educação. Petrópolis: Vozes, 1994.

GHIRALDELLI, JR. Paulo. "A pedagogia marxista brasileira e o "esgotamento das energias utópicas da sociedade do trabalho": um caso de não enfrentamento". In: Educação e Razão Histórica. São Paulo: Cortez, 1994. p. 149 - 190.

______. O que é Pedagogia? 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1996. Primeiros Passos. NO 193.

GRZYBOWSKI, Cândido. "Modelo de desenvolvimento, democracia e educação". Boletim da ANPED .1 - 2. Porto Alegre: FACED/ UFRGS, jan / dez 1990. p. 15 - 29.

HABERMAS, Jürgen. "A nova Intransparência". Novos Estudos. (18). São Paulo: Cebrap, set. 1987, p. 103 - 114.

ISAMBERT-JAMATI, Viviane. "Ciências da educação: um plural importante quando se trata de pesquisa". In: Teoria e Educação. 5. Porto Alegre: Pannonica, 1992. p. 170 - 173.

KANT. Immanuel. Sobre a Pedagogia. Piracicaba/SP. UNIMEP, 1996.

KUHN, Thomás. A Estrutura das Revoluções Científicas. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1987.

MAZOTTI, Tarso. Bonilha. "Data Venia. Comentários sobre: "Como falar em paradigmas da educação", de A. A. Rubim". In: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. vol. 74. NO 178. Brasília: MEC/ INEP, set/dez 1993. p. 681 - 700. https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.74i178.1186

OFFE, Claus. Trabalho e Sociedade. Vol. II. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1991.

OLIVEIRA, Francisco. "A armadilha neoliberal e as perspectivas de educação". Boletim ANPED. 1 - 2. Porto Alegre: FACED/UFRGs, jan/ 1990. p. 07 - 14.

PIMENTA, Selma. Garrido. (org) Pedagogia, Ciência da Educação? São Paulo: Cortez, 1996.

PUCCI, Bruno. (org.) Teoria Crítica e Educação. Petrópolis/ São Carlos: Vozes/ Edufiscar, 1995.

RIBEIRO, Marlene. "A originalidade de Paulo Freire no pensamento educacional brasileiro". Educação em Revista. NO 29. Belo Horizonte: FAE/UFMG, jun. 1999, p. 15 - 30.

_______. "E possível vincular Educação e Trabalho em uma sociedade sem trabalho"?" Revista da UCPel. vol. 8, NO 1. Pelotas: UCPe1, jan./ jun., 1999, p. 05 - 28.

RIOS, Terezinha Azerêdo. Ética e Competência. 24. ed. São paulo: Cortez, 1994.

SAVIANI, Dermeval. Educação: Do senso comum à consciência filosófica. São Paulo: Cortez e Aut.Associados, 1980.

SILVA, Tomas. Tadeu. Teoria Educacional Crítica em Tempos PósModernos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

SINGER, Paul. Globalização e Desemprego. Diagnóstico e Alternativas. São Paulo: Contexto, 1998.

SCHMIED-KOWARZIK, W. Pedagogia Dialética. De Aristóteles a Paulo Freire. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SOUZA SANTOS, B . "Para uma pedagogia do conflito". In: SILVA, L. H. et alii (org). Novos mapas culturais, novas perspectivas educacionais. Porto Alegre: Sulina, 1996. p. 15 - 33.

_______. Pela mão de Alice. O social e o político na pós-modernidade. 3. ed. Porto: Afrontamento. 1994.

SUCHODOLSKI, B. Tratado de Pedagogia. 4. ed. Barcelona. Ediciones insula 1979.

WARDE, M. J. "História e modernidade ou de como tudo parece em construção e já é ruína" In: Cadernos Anped. NO 4. Porto Alegre: FACED/ UFRGS, 1993. p. 37 - 64.

Downloads

Publicado

2008-08-21

Como Citar

RIBEIRO, M. Controvérsias epistemológicas, éticas e políticas da pedagogia contemporânea. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 15, n. 29, p. 141–160, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v15n29a2001-719. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/719. Acesso em: 19 jul. 2024.