Santo Agostinho - "de musica"

Autores

  • Rita de Cássia Fucci Amato Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v15n30a2001-701

Palavras-chave:

Agostinho, Estética, Filosofia Medieval

Resumo

Abstract: The main idea of this dialogue is the ascension to the knowledge of God and His existence in the world. In the first five books, Agostinho takes an apparently technical approach to organize it. He also passes on technical knowledge about the rhythm, the metric and the verse, culminating in the sixth book with conception of God. The organization of this paper includes, on one hand, the ascension to God in the author’s view. On the other hand, it reflects the lack of unity in the Agostinian work, with admirable beauty and richness, establishing a harmonious link between the sensitive beauty, the Criator and Supreme Beauty.

Keywords: Agostin; Aesthetics; Medieval Philosophy.

 

Resumo: O pensamento central neste diálogo é a ascensão ao conhecimento de Deus e Sua presença no mundo. Agostinho elabora-o de forma aparentemente técnica, nos cinco primeiros livros, e transmite conhecimentos técnicos sobre o ritmo, o metro e o verso e culmina no sexto livro com a concepção de Deus. A organização do trabalho girou, por um lado, em torno da questão do autor – a ascenção a Deus; por outro lado, refletiu a ausência de unidade da obra agostiniana, numa riqueza e beleza admiráveis, estabelecendo uma harmoniosa ponte entre a beleza sensível e a Beleza Suprema e Criadora.

Palavras-chave: Agostinho; Estética; Filosofia Medieval.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita de Cássia Fucci Amato, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Doutoranda do programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade Federal de São Carlos.

Referências

AGOSTINHO, Aurelio. Confissões. São Paulo: Abril, 1973. (Os Pensadores, Vol. 6)

_____________ . De Magistra São Paulo: Abril, 1973. p. 323-355. (Os Pensadores, Vol. 6).

_____________ . De Musica. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1988. p. 49-361 (volume XXXIX).

ARENDT, Hannah. O conceito de Amorem Santo Agostinho. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.

BAS, Julio. fratado de Ia Forma Musical. Buenos Aires: Ricordi, Americana, 1975. 333p.

BÍBLIA DE JERUSALÉM. São Paulo: Paulus, 1995.

BOEHNER, Philotheus & GILSON, Etienne. História da Filosofia Cristã. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 1995.

CÁCERES, Flávio. História Geral. São Paulo: Moderna, 1996.

CAMBI, Franco. Storia dellapedagogia. Editori Laterza, 1995.

CARRARO, Roberto & GUALTIERO. Jubilaeum — 2000 anos de Cristianismo. São Paulo: Loyola Multimídia, 1998. (Cd rom).

COTRIM, Gilberto. História e consciência do mundo. São Paulo: Saraiva, 1996.

DAVENSON, Henri. T-aité de Ia Musique selon I 'esprit de Saint Augustin. Neuchatel: Éditions de La Baconniêre, 1942.

EVANS, G. R.. Agostinho sobre omal São Paulo: Paulus, 1995.

FRAILE, Guillermo. Historia de La Filosofia. Grecia y Roma. 2.ed. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1965.

GEYMONAT, Ludovico. Storia delpensiero filosofico e scientifico. Itália: Aldo Garzanti Editore, 1970. Vol. I.

GROU T, Donald & PALISCA, Claude. História da Música Ocidental. Lisboa: Gradiva, 1995.

HAERING, Bernhard. Livres e fiéis cm Cristo — Teologia moralpara sacer—doteseleigos. São Paulo: Edições Paulinas, 1979. Vol. I.

HAMMAN, A. Santo Agostinho eseu tempo. São Paulo: Paulinas, 1989.

LEUCHTER, Erwin. Ensayo sobre Ia evolucion de Ia Musica en Occidente- Buenos Aires: Ricordi Americana, 1946.

MONDIN, Batista. Curso de Filosofia. Os filósofos do Ocidente. 7.ed. São Paulo: Paulus, 1981. Vol. I.

OLIVEIRA, Nair de Assis. EcoteologiaAgostiniana. São Paulo: Paulus,?.

PLATÃO. A República. 2. ed. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1973.

PEGUEROLES, Juan. El pensamiento filosófico de San Agustín. Barcelona: Labor, 1972.

PÉPIN, Jean. Santo Agostinho e a Patrística Ocidental. In: CHÂTELET, E A filosofia Medieval. Do século I ao século XV. Rio de Janeiro: Zahar, 1974. vol. 11.

REALE, G. & ANTISERI, Dario. História da Filosofia. Da Antiguidade à Idade Média. São Paulo: Paulus, 1990.

RETA, Jose Oroz. San Agustin ElHombre El Escritor El Santa Madrid: Augustinus, 1967.

RODHEN, Huberto. Agostinha um drama de humana miséria e divina Misericórdia. 5.ed. São Paulo: Alvorada, 1995.

SALAZAR, Adolfo. La Musica en Ia Sociedad Europea- I. Desde 10s Primeros Tiempos Cristianos. Madrid: Alianza, 1989.

VEGA, R. P. Obras de San Agustín. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1946. Vol. II.

VERWEYEN, J. M. Historia dela Filosofia Medieval. Buenos Aires: Nova, 1957.

ZAMACOIS, Joaquin. Teoria dela Musica. 6.ed. Barcelona: Labor, 1978. vol. 11.

Downloads

Publicado

2008-08-18

Como Citar

AMATO, R. de C. F. Santo Agostinho - "de musica". Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 15, n. 30, p. 131–163, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v15n30a2001-701. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/701. Acesso em: 2 mar. 2024.