Vocação ou ofício? A constituição da identidade docente na formação de professores de Ciências e a contribuição do PIBID

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v37n80a2017-66153

Palavras-chave:

Formação de Professores de Ciências, Identidade Docente, PIBID

Resumo

Resumo: O objetivo desse artigo foi analisar e refletir se a produção científica em periódicos nacionais tem abordado a constituição da identidade docente como vocação ou profissão nas formações docente, além de inferir se o PIBID tem contribuído perante essa questão na formação de professores de Ciências. A pesquisa foi qualitativa do tipo “Estado da Arte” e os artigos analisados com base na Análise de Conteúdo. Os resultados indicaram que há uma lacuna de pesquisas que visam identificar como os professores da área de Ciências da Natureza têm se identificado com a docência e quais fatores os têm motivado a ingressarem e permaneceram nos cursos, bem como, quais ações têm sido orquestradas visando estimular a atratividade pela carreira docente. Quanto as contribuições do PIBID os artigos analisados focaram nos saberes relacionados às práticas pedagógicas, sendo que as discussões relacionadas à profissão professor não tem sido abordadas. Nesse sentido, não foi possível fazer um paralelo entre esses resultados no sentido de reconhecer se os licenciandos dos cursos de Ciências percebem a docência como vocação ou ofício. Ou seja, não há uma discussão inerente sobre essa interlocução o que poderia ser foco de futuras pesquisas que clarificassem essa percepção.

Palavras-chave: Formação De Professores De Ciências; Identidade Docente; PIBID

Vocation or trade? The constitution of the teaching identity of science teachers: the contribution of PIBID

Abstract: The objective of this article was to analyze and reflect on whether scientific production in national journals has addressed the constitution of teaching identity as a vocation or profession in teacher formation, in addition to inferring whether PIBID has contributed to this issue in the training of Science teachers. The research was qualitative of the “State of the Art” type and the articles were analyzed based on Content Analysis. The results indicated that there is a lack of research aimed at identifying how science teachers have identified themselves with teaching and what factors have motivated them to enter and remain in the courses, as well as what actions have been orchestrated to stimulate their attractiveness for the teaching career. The publications of PIBID are more focused on knowledge related to pedagogical practices, and discussions related to the teaching profession have not been addressed. In this sense, it was not possible to make a parallel between these results in the sense of recognizing whether undergraduate students of Science courses perceive teaching as a vocation or craft. That is, there is no inherent discussion about this interlocution, which could be the focus of future research that would clarify this perception.

Keywords: Science Teacher Education; Teacher Identity; PIBID

¿Vocación o oficio? La constitución de la identidad docente de los profesores de Ciencias: la contribución de PIBID

Resumen: El objetivo de este artículo fue analizar y reflexionar si la producción científica en revistas nacionales ha abordado la constitución de la identidad docente como vocación o profesión en la formación docente, además de inferir si el PIBID ha contribuido a este tema en la formación de profesores de ciencias. La investigación fue cualitativa del tipo “Estado del Arte” y los artículos fueron analizados a partir del Análisis de Contenido. Los resultados indicaron que existe un vacío en la investigación orientada a identificar cómo los docentes del área de Ciencias Naturales se han identificado con la docencia y qué factores los han motivado a inscribirse y permanecer en los cursos, así como, qué acciones se han orquestado con el fin de estimular el atractivo de la carrera docente. Las publicaciones del PIBID están más dirigidas al conocimiento relacionado con las prácticas pedagógicas, y no se han abordado discusiones relacionadas con la profesión docente. En ese sentido, no fue posible hacer un paralelismo entre estos resultados en el sentido de reconocer si los estudiantes de pregrado de las carreras de Ciencias perciben la docencia como una vocación o un oficio. Es decir, no existe una discusión inherente sobre esta interlocución, que podría ser el foco de futuras investigaciones que aclararían esta percepción.

Palabras clave: Formación Docente De Ciencias; Identidad Docente; PIBID

Data de registro: 29/06/2022

Data de aceite: 26/10/2022

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeane Cristina Gomes Rotta , Universidade de Brasília (UnB)

Doutora em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP). Professora na Universidade de Brasília (UnB). E-mail: jeane@unb.br. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5767986534757807. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1776-5398.

Delano Moody Simões da Silva, Universidade de Brasília (UnB)

Doutor em Ecologia pela Universidade de Brasília (UnB). Professor na Universidade de Brasília (UnB). E-mail: delanom@unb.br. Lattes: http://lattes.cnpq.br/6137177500175585. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-6784-6161.

Ana Júlia Pedreira , Universidade de Brasília (UnB)

Doutora em Educação pela Universidade de Brasília (UnB). Professora na Universidade de Brasília (UnB).   E-mail: anajuliapedreira@unb.br. Lattes: http://lattes.cnpq.br/7005095208454032.  ORCID: https://orcid.org/0000-0003-2124-1789.   

Referências

ALBUQUERQUE, Fernanda; GALIAZZI, Maria do Carmo. A formação do professor em rodas de formação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 92, n. 231, p. 386-398, mai./ago., 2011. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.92i231.550.

ALLAIN, Luciana Resende; COUTINHO, Francisco Ângelo. Identidade docente enquanto performatividade: um estudo entre licenciandos em biologia inspirado na teoria ator-rede. Pro-Posições, Campinas, v. 29, n. 3, set./dez, p. 359-382, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-6248-2015-0143

ALMEIDA, Patrícia Albieri de; TARTUCE, Gisela Lobo Baptista Pereira; NUNES, Marina Muniz Rossa. Quais as razões para a baixa atratividade da docência por alunos do Ensino Médio? Psicologia Ensino & Formação, Brasília, v.5 n. 2, p. 103-121, jul./dez. 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698204516.

ALMEIDA, Sandra Raquel de; PENSO, Maria Aparecida; FREITAS, Leda Gonçalves de. Identidade docente com foco no cenário de pesquisa: Uma revisão sistemática. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.35, e204516, p. 1-39, 2019.

ALTARUGIO, Maisa Helena; CAPECCHI, Maria Candida Varone de Morais. Sociodrama pedagógico: uma proposta para a tomada de consciência e reflexão docente. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v.9, n.1, p.31-55, maio, 2016. DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2016v9n1p31.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

BARRETTO, Elba Siqueira de Sá. Políticas de formação docente para a educação básica no Brasil: embates contemporâneos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 20 n. 62, p. 679-701, jul.-set. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782015206207.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria nº 83, de 27 de abril de 2022. Dispõe sobre o regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 abril. 2002. Seção 1, p. 45. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-83-de-27-de-abril-de-2022-395720096. Acesso em: 6 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa no 16, de 23 de dezembro de 2009. Dispõe sobre o PIBID – Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, 24 dez. 2009. Seção 1, p. 91. Disponível em: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/bolsas/Portaria16_241209.pdf. Acesso em: 20 jan. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria Normativa no 38, de 12 de dezembro de 2007. Dispõe sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 13 dez. 2007. Seção 1, p. 39. Disponível em: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/diversos/Portaria72_Pibid.pdf. Acesso em: 20 jan. 2021.

BREMM, Daniele; GÜLLICH, Roque Ismael da Costa. Processos de investigação-formação-ação decorrentes de narrativas em Ciências de professores em formação inicial: com a palavra o PIBID. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 9, n. 4, p. 139–152, 2018. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v9i4.1544.

BRITZMAN, Deborah. P. Practice Makes Practice: A Critical Study of Learning to Teach. Albany, State University of New York Press, 2003.

BROIETTI, Fabiele Cristiane Dias; STANZANI, Enio De Lorena; DESSIMONE, Mariana Laise. A Construção do Perfil de um Grupo PIBID/Química a partir das Memórias como um Instrumento de Coleta de Dados. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 21, e10452, p. 1-23, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-21172019210105.

CASTRO, Pablo Micael Araújo; LEAL, Sérgio Henrique Bezerra de Sousa. Influências do Pibid para a base de conhecimentos docentes de graduandos da UFABC. Acta Scientiae, Canoas, v. 19, n. 2, p.332-349, 2017.

CERICATO, Itale Luciane. A profissão docente em análise no Brasil: uma revisão bibliográfica. Revista brasileira de Estudos pedagógicos, Brasília, v. 97, n. 246, p. 273-289, maio/ago. 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/S2176-6681/373714647.

COELHO, Ana Maria Simões; DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. Olhar o magistério "no próprio espelho": O conceito de profissionalidade e as possibilidades de se repensar o sentido da profissão docente. Revista Portuguesa de Educação, Braga, v. 30, n. 1, pp. 7-34, 2017. DOI: https://doi.org/10.21814/rpe.10724.

DANTAS, Daiane Lourene Soares; SANTOS, José Carlos Oliveira; CUNHA, Marlécio Maknamara da Silva. Contribuições do PIBID Biologia à formação docente no CES/UFCG. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 10, n. 5, p. 85–99, 2019. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i5.1308.

DARROZ, Luiz Marcelo Clóvis; WANNMACHER; Milton Duval. Evolução nas concepções sobre o ensino de Física dos acadêmicos de licenciatura em Física ao participarem do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Acta Scientiae, Canoas, v.18, n.1, p. 166-185 jan./abr. 2016.

DARROZ, Luiz Marcelo; ROSA, Cleci Teresinha Werner da. Permanência da Aprendizagem Docente proporcionada pela participação no PIBID/Física: o que dizem os ex-bolsistas de iniciação à docência. Acta Scientiae, Canoas, v. 19, n. 1, p.138-156, 2017.

DARROZ, Luiz Marcelo; WANNMACHER, Clóvis Milton Duval. Aprendizagem docente no âmbito do PIBID/física: a visão dos bolsistas de iniciação à docência. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte), v. 17, p. 727-748, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-21172015170309.

DARROZ, Luiz Marcelo; WANNMACHER, Clóvis Milton Duval. Aprendizagem Docente proporcionada pela participação no PIBID/Física: a visão dos coordenadores de área. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Curitiba, v. 8, n. 4, set-dez., p. 221-240, 2015a. DOI: https://doi.org/10.3895/rbect.v8n4.2779.

DUARTE, Franciane Cristina Toledo; DE QUADROS, Ana Luiza. Os projetos de iniciação na docência: um olhar para o professor-supervisor. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 12, n. 2, p. 349-372, 2019. DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2019v12n2p349.

ENS, Romilda Teodora; RIBAS, Marciele Stiegler; OLIVEIRA, José Luis de.; TRINDADE, Rui. Valorização do professor: prioridade política, tensão ou incerteza? Caderno de Pesquisas, São Paulo, v. 49, n. 172, p. 238- 260, abr./jun. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/198053145675.

FEITOSA, Raphael Alves; DIAS, Ana Maria Iorio; SOUSA, Emilly Teixeira de; FERREIRA, Yasmim Brandão. Contribuições do Pibid para a formação de licenciandos em Biologia. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 11, n. 4, p. 113–128, 2020. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v11i4.1622.

GARCIA, Maria Manuela Alves. Políticas curriculares e profissionalização: saberes da prática na formação inicial de professores. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 32, n. 2, p. 131-155, abr./jun. 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698153483.

GATTI, Bernadete Angelina. Reconhecimento social e as políticas de carreira docente na educação básica. Caderno de Pesquisas, São Paulo, v. 42, n. 145, p. 88-111, jan./abr. 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-15742012000100007.

GIMENES, Camila Itikawa. O Pibid e a licenciatura: veredas de uma mesma formação. Pro-Posições, Campinas, v. 32, e20180096, p. 1-25, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-6248-2018-0096.

GOMES, Claudia; SOUZA, Vera Lucia Trevisan de. O PIBID e a mediação na configuração de sentidos sobre a docência. Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 20, p. 147-156, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-353920150201946.

LIMA, Raul Ribeiro Jungles de; SILVA, Rodrigo GBUR, Pedroso da, Daniel Schwanka; BARBOZA, Matheus Miranda; COSTA, Lays de Carvalho Seixas Realidade e Diretrizes Oficiais da Educação em Química: Qual é a Distância?. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Ponta Grossa, v. 10, n. 1, p. 1-15, jan./abr., 2017. DOI: https://doi.org/10.3895/rbect.v10n1.5689.

LOCATELLI, Cleomar; DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. Quem são os atuais estudantes das licenciaturas no Brasil? Perfil socioeconômico e relação com o magistério. Cadernos de Pesquisa, São Luís, v. 26, n. 3, jul./set., p. 225-243, 2019. DOI: https://doi.org/10.18764/2178-2229.v26n3p225-243.

LOPES, Alice Casimiro; BORGES, Veronica. Formação docente, um projeto impossível. Cadernos de Pesquisa v.45, n.157, p.486-507, jul./set. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/198053143065.

MARQUES, Keiciane Canabarro Drehmer; TOLENTINO NETO, Luiz Caldeira Brant de; BRANCHER, Vantoir Roberto. Dos saberes disciplinares aos saberes pedagógicos: Desafios de iniciação à docência de estagiários em Ciências Biológicas. Revista de Educação, Ciências e Matemática, v. 9, n. 3, p- 122-138, set/dez., 2019.

MASSENA, Elisa Prestes; SIQUEIRA, Maxwell Roger da Purificação. Contribuições do PIBID à formação inicial de professores de ciências na perspectiva dos licenciandos. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Ponta Grossa, v. 16, n. 1, p. 17-34, 2016.

MASSON, Gisele. Requisitos essenciais para a atratividade e a permanência na carreira docente. Educação & Sociedade, Campinas, v. 38, n. 140, p.849-864, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/es0101-73302017169078.

MIRANDA, Camila Lima; PLACCO, Vera Maria Nigro de Souza; REZENDE, Daisy de Brito. As representações sociais de docência e a constituição identitária de licenciandos em Química. Revista Educação em Questão, Natal,v. 57, n. 54, p. 1-25, e-18085, out./dez. 2019. DOI: https://doi.org/10.21680/1981-1802.2019v57n54ID18085.

MORAES, Camile Barbosa; GUZZI, Mara Eugênia Ruggiero de; SÁ, Luciana Passos. Influência do estágio supervisionado e do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) na motivação de futuros professores de Biologia pela docência. Ciência & Educação, Bauru, v. 25, p. 235-253, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320190010015.

NOGUEIRA, Keysy Solange Costa; FERNANDEZ, Carmen. Estado da arte sobre o PIBID como espaço de formação de professores no contexto do ensino de química. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 21, e13136. P. 1-27, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-21172019210128.

NÖRNBERG, Marta; OURIQUE, Maiane Liane Hatschbach. Por que a docência? Marcadores sociopedagógicos do desenvolvimento profissional de aspirantes à carreira docente. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 13, n. 2, p. 348-364, maio/ago. 2018. DOI: https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.13i2.0006.

OBARA, Cássia Emi; BROIETTI, Fabiele Cristiane Dias; DIAS, Marinez Meneghello Passos. Focos da Aprendizagem Docente: um estudo com professores de Química ex-bolsistas do PIBID. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 75-95, 2017. DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2017v10n1p75.

OBARA, Cássia Emi; BROIETTI, Fabiele Cristiane Dias; PASSOS, Marinez Meneghello. Contribuições do PIBID para a construção da identidade docente do professor de Química. Ciência & Educação, Bauru, v. 23, n. 4, p. 979-994, 2017a. DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320170040003.

OLIVEIRA, Francisca Clara de Paula; ALGEBAILE, Eveline Bertino. As contribuições do Pibid para uma formação crítica e social do professor: a experiência da Universidade Regional do Cariri (Urca). Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 100, n. 256, p. 612-632, set./dez, 2020. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.100i256.4165.

OLIVEIRA, Paula Aparecida Borges de; SILVA, Mirian Pacheco. O enfoque CTS no ensino de ciências: narrativas de licenciandos do PIBID/UFABC. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 3, n. 3, p. 314–322, 2012. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v3i3.399.

PANIAGO, Rosenilde Nogueira; SARMENTO Teresa. A Formação na e para a Pesquisa no PIBID: possibilidades e fragilidades. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 42, n. 2, p. 771-792, abr./jun., 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-623658411.

PANIAGO, Rosenilde Nogueira; SARMENTO, Teresa. A Formação na e para a Pesquisa no PIBID: possibilidades e fragilidades. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 42, p. 771-792, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-623658411.

PANIAGO, Rosenilde Nogueira; SARMENTO, Teresa; ROCHA, Simone Albuquerque da. O PIBID e a inserção à docência: experiências, possibilidades e dilemas. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 34, e190935, p. 1-31, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698190935.

PEREIRA, Márcio; PEREIRA, Iohana Barbosa; CARVALHO, Frank Viana. Importância do PIBID na formação dos discentes do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do Instituto Federal de São Paulo–campus São Roque (SP). Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 10, n. 6, p. 185–202, 2019. DOI: https://doi.org/10.26843/rencima.v10i6.2154.

PIRATELO, Marcus Vinícius Martinez; TEIXEIRA, Lilian Aparecida; PASSOS, Marinez Meneghello; ARRUDA, Sergio de MELLO, OBARA Cássia Emi. Relações Pessoais com o Saber sob a Perspectiva do Conteúdo, do Ensino e da Aprendizagem na Formação Inicial de Professores de Física no PIBID. Acta Scientiae, Canoas, v. 18, n. 3, p.735-755, 2016.

PRESTES MASSENA, Elisa; DA CUNHA, Maria Isabel. O potencial formativo do Pibid pela perspectiva dos formadores de professores. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília v. 13, n. 30, p. 195-220, 2016. DOI: https://doi.org/10.21713/2358-2332.0.891.

RABELO, Leandro de Oliveira. Contribuições e limites do PIBID para permanência de alunos na licenciatura e como suporte para o início da docência. Dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

RIBAS, Jeferson Ferreti; BROIETTI, Fabiele Cristiane Dias. A Aprendizagem para a Pesquisa em um grupo PIBID/Química. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 13, n. 1, p. 295-317, 2020. DOI: https://doi.org/10.5007/1982-5153.2020v13n1p295.

SAKURAGUI, Cassia Monica; NUNES, Alexandre Pedro Selvatti Ferreira; JUNIOR, Dilton Ribeiro Couto. O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência como proposta para a reflexão das Ciências Biológicas na Educação Básica, Graduação e Pós-Graduação. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Ponta Grossa, v. 9, n. 2, p. 197-213, mai./ago., 2016. DOI: https://doi.org/10.3895/rbect.v9n2.1973.

SANTOS, Bruno Ferreira dos; MORAES, Jucimara de Jesus. O Pibid e a trajetória profissional de licenciados em Química. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 12, n. 27, p223-246, 2015. DOI: https://doi.org/10.21713/2358-2332.2015.v12.668.

SANTOS, Marcio Antonio Raiol dos; SANTOS, Carlos Afonso Ferreira dos; SERIQUE, Nádia Passos; LIMA, Rafael Rodrigues. Estado da arte: aspectos históricos e fundamentos teórico-metodológicos. Revista Pesquisa Qualitativa, São Paulo, v.8, n.17, p. 202-220, ago. 2020. DOI: https://doi.org/10.33361/RPQ.2020.v.8.n.17.215.

SILVA, Delano Moody Simões da.; PORTO, Franco Sales; FALCOMER, Viviane Aparecida da Silva. As contribuições do PIBID para o desenvolvimento dos saberes docentes: a experiência da licenciatura em Ciências Naturais, Universidade de Brasília. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 20, e9526, p. 1-22, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-211720182001024.

SILVA, Delano Moody Simões; PEDREIRA, Ana Júlia. A percepção dos alunos estagiários licenciandos em Ciências Naturais do papel dos professores supervisores da escola. Revista Electrónica Enseñanza de las Ciencias, v. 15, n. 3, p. 412-427, 2016.

SIMÃO, Felipe Pinto; BARBOSA, Raquel Lazzari Leite avaliação do PIBID no subprojeto Ciências biológicas da Unesp-Assis. Revista Contemporânea de Educação, vol. 12, n. 25, p. 555-573, set/dez. 2017. DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v12i25.9657.

SIMÕES, Bruno dos Santos; CUSTÓDIO, José Francisco. Elementos da relação com o saber de estudantes egressos de uma licenciatura em Física. Revista Ensaio, Belo Horizonte, v.22, e12170, p. 1-21, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-21172020210142.

SOARES, Ademilson de Sousa. A formação do professor da Educação Básica entre políticas públicas e pesquisas educacionais: uma experiência no Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação., Rio de Janeiro, v.22, n. 83, p. 443-464, abr./jun. 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40362014000200008.

SOUZA NETO, Samuel de; CYRINO, Marina; BORGES, Cecília. O Estágio Curricular Supervisionado como Lócus Central da Profissionalização do Ensino. Revista Portuguesa de Educação, Braga, v. 32, n. 1, p. 52–72, 2019. DOI: https://doi.org/10.21814/rpe.13439.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, Vozes, 325p., 2014.

WEBER, Karen Cacilda; ALMEIDA, Elba Cristina Santos de; FONSECA Maria Gardennia da; BRASILINO Maria das Graças Azevedo. “Vivenciando a prática Docente Em Química Por Meio Do Pibid: Introdução De Atividades Experimentais Em Escolas Públicas”. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, supl. 2, v. 8, p. 539 - 559, março de 2012. DOI: https://doi.org/10.21713/2358-2332.2012.v8.254.

Downloads

Publicado

2023-12-12

Como Citar

ROTTA , J. C. G.; SILVA, D. M. S. da; PEDREIRA , A. J. Vocação ou ofício? A constituição da identidade docente na formação de professores de Ciências e a contribuição do PIBID. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 37, n. 80, p. 795–824, 2023. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v37n80a2017-66153. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/66153. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Docência - ofício ou vocação?