A recente reimpressão anastática da Seconda Scienza Nuova (1730) a partir de um exemplar napolitano (XIII H 59)

Autores

  • Fabrizio Lomonaco

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v19n37a2005-579

Palavras-chave:

Filosofia, Vico, Seconda Scienza Nuova

Resumo

A Fundazione Pietro Piovani per gli Studi Vichiani, no cumprimento de suas finalidades institucionais, iniciou aquela que pode ser a nova série de "Textos" da Collectio Viciana (confiada aos cuidados dos editores Liguori de Nápoles), com a reimpressão anastática do exemplar ricamente apostilado da Scienza Nilova de 1730, conservado na Biblioteca Nacional "Vittorio Emanuele III" de Nápoles (registro ms. XIII H 59). A publicação foi financiada pelo Ministério das Universidades e da Investigação Científica e Tecnológica (Projeto de pesquisa e formação, 1999-2002) da República Italiana, com a autorização do Ministério para os Bens e as Atividades Culturais. Essa edição nasceu da proficua colaboração com o Centro di Studi Vichiani de Nápoles (atualmente Istituto per Ia Storia del Pensiero Filosofico e Scientifico Moderno) vinculado ao Consiglio Nazionale delle Ricerche, inscrivendo-se no projeto de edição crítica das Obras de Vico, dando prosseguimento ao trabalho empreendido já em 1991, com a publicação da edição anastática do texto originar. Nessa nova iniciativa, era esperada a melhoria da qualidade do facsímile anterior e para tanto optou-se pela preparação da edição anastática em novo formato digital a cores — do exemplar apostilado acima citado. Nesta proposta confluiram e se renovaram idealmente os êxitos do "novo curso" dos estudos promovidos na segunda metado do século passado. As investigaçòes atualizadas sobre a história e a fortuna da obra de Vico estabeleceram a distância definitiva entre as intervenções exegéticas de Fausto Nicolini, o infatigável editor do início do Século XX, benemérito por ter esclarecido, à luz dos materiais individuais, dos manuscritos e apostilas, o processo de formação da Scienzn Nuovn, mas ansioso por ordená-lo como uma passagem ascendente e aprimorada da primeira (1725) para a última edição (1744). [...]

Palavras-chave: Filosofia; Vico; Seconda Scienza Nuova.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrizio Lomonaco

Professor Titular de História da Historiografia Filosófica na Facoltà di Lettere e Filosofia da Università degli Studi di Napoli “Federico II”

Referências

-

Downloads

Publicado

2008-07-04

Como Citar

LOMONACO, F. A recente reimpressão anastática da Seconda Scienza Nuova (1730) a partir de um exemplar napolitano (XIII H 59). Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 19, n. 37, p. 293–304, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v19n37a2005-579. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/579. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Comunicações