O modelo da escola cultural como exemplo de uma perpectiva integradora e democrática de Educação Cívica

Autores

  • Maria Luísa Branco Universidade da Beira Interior, Covilhã, Portugal.

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v19n38a2005-558

Palavras-chave:

Educação cívica, Educação pluridimensional, Escola Cultural.

Resumo

O modelo da Escola Cultural surge na sequência da Reforma Educativa Portuguesa, realizada em 1986, que preconizava a criação de uma escola pluridimensional. Abandonado em 1990 pela equipa ministerial, continua a ser, contudo, uma proposta muito pertinente em termos da consecução de uma educação cívica democrática integradora. Com efeito, através da organização pedagógica que propõe, possibilita o acolhimento da totalidade dos valores humanos, numa dinâmica que associa a aprendizagem constituída e a aprendizagem constituinte, a tradição e o exercício da autonomia pessoal, a hetero e a auto determinação, engendrando uma participação democrática que se inscreve na realização pessoal/ vocacional de cada um.

Palavras-chave: Educação cívica; Educação pluridimensional; Escola Cultural.

 

Abstract: The Cultural School model arose as a consequence of the Portuguese Educational Reform, carried out in 1986, and which established the conditions for the development of a pluridimensional school. Though set aside in 1990 by the Ministry of Education, this idea nonetheless continues to be a relevant proposal for achieving a democratic and integrative civic education. In fact, through the pedagogical organization it entails, such a project allows for the incorporation of the entire range of human values within a perspective that includes the results of previous learning processes as well as the contours of those currently underway, the impact of tradition and the exercise of individual autonomy — heteronomous and autonomous determinations — leading to forms of democratic participation necessary to the personal and vocational development of all.

Keywords: Civics education; Pluridimensional education; Cultural School

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Luísa Branco, Universidade da Beira Interior, Covilhã, Portugal.

Doutora em Educação e Professora Auxiliar do Departamento de Psicologia e Educação da Universidade da Beira Interior, Covilhã, Portugal.

Referências

Aepec (1991). Educação pluridimensional e escola cultural. Actas do I congresso da Aepec. Évora: Aepec.

Carvalho, A. D. de (1991). Fundamentos da educação pluridimensional e da escola cultural, in Aepec (Ed.) Educação pluridimensional e escola cultural. Actas do I congresso da Aepec. Évora.

Carvalho, A. D. de (2002). A escola cultural como consciência crítica da sociedade global, in M. F. Patrício (Ed.) Globalização e diversidade. Porto: Porto Editora.

Carvalho, M. S. (1992). As actividades de interacção na escola cultural. Évora: Aepec.

Cortina, A. (2002). La ética de la sociedad civil (4th ed.). Madrid: Anaya.

Crittenden, J. (1992). Beyond individualism. Reconstituting the liberal self Na Iorque: Oxford University Press.

Cunha, P. da (1991). A educação pluridimensional e a reforma educativa, in Aepec (Ed.) Educação pluridimensional e escola cultural. Actas do I congresso da Aepec. Evora: Aepec.

Decreto-Lei no 286/89, de 29 de Agosto (Organização curricular dos ensinos básico e secundário).

Dewey, J. (1997). Democracy and education. Nova Iorque: Simon and Schuster.

Lei no 46/86, de 14 de Outubro (Lei de Bases do Sistema Educativo) Marques, R. (1998). A arte de ensinar: dos clássicos aos modelos pedagógicos contemporâneos. Lisboa: Plátano Edições Técnicas.

Patrício, M. F. (1988). Projecto para uma educação pluridimensional. Noesis. Pp. 6-16.

Patrício, M. F. (1990). A escola cultural. Lisboa: Texto Editora.

Patrício, M. F. (1991). A área-escola no quadro da escola cultural. Evora: Aepec.

Patrício, M. F. (1991a). Educação, valores e vocações, in Aepec (Ed.) Educação pluridimensional e escola cultural. Actas do I congresso da Aepec. Évora: Aepec.

Patrício, M. F. (1993). Lições de axiologia educacional. Lisboa: Universidade Aberta.

Patrício, M. F. (1997). A escola axiológica, in M. F. Patrício (Ed.) A escola cultural e os valores/Actas do II congresso da Aepec. Porto: Porto Editora.

Patrício, M. F. (1999, 5 de Março). A escola e a educação para a cidadania. Diário do Sul, p.22.

Patrício, M. F. (2002, Outubro). A escola cultural: o segredo da disciplina. Comunicação apresentada ao VII congresso da Aepec: Por uma escola sem violência, Evora.

Patrício, M. F. (Ed.) (1997). A escola cultural e os valores/Actas do II congresso da Aepec. Porto: Porto Editora.

Patrício, M. F. (Ed.) (2002) Globalização e diversidade/ Actas do V congresso da Aepec. Porto: Porto Editora.

Sebastião, L. (1991). Escola cultural — Escolarizar a desescolarização da sociedade, in Aepec (Ed.) Educação pluridimensional e escola cultural. Actas do I congresso da Aepec. Evora.

Vilela, M. (1997). Traços para o reordenamento do humano: O outro, a educação e a sociedade cultural, in M. F. Patrício A escola cultural e os valores/Actas do II congresso da Aepec. Porto: Porto Editora.

Downloads

Publicado

2008-07-01

Como Citar

BRANCO, M. L. O modelo da escola cultural como exemplo de uma perpectiva integradora e democrática de Educação Cívica. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 19, n. 38, p. 97–113, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v19n38a2005-558. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/558. Acesso em: 1 mar. 2024.