A educação filosófica por meio da narrativa:

a experiência de pensar a democracia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v33n67a2019-47646

Palavras-chave:

Democracia, Ensino de Filosofia, Comunidade de investigação. Narrativa

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar o processo de criação de material para ensino de filosofia para crianças. A produção é resultado das atividades de grupo de pesquisa. O trabalho adotou como referencial a concepção de democracia como modo de vida ético e político e suas relações com a educação a partir do pensamento de Dewey e Lipman. Nesta perspectiva, o modo de vida democrático se consubstancia no agir guiado por valores éticos e no exercício político. A atitude filosófica é entendida como uma prática educativa na e para a democracia. O principal resultado é a criação de uma narrativa filosófica sobre democracia para crianças a partir da linguagem metafórica. A metáfora criada para ambientar o conceito de democracia está ancorada na experiência da casa habitada por personagens conceituais relacionados à democracia como liberdade, justiça, poder, direitos, voto e educação. Estes conceitos são discutidos sob diferentes perspectivas filosóficas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Darcisio Natal Muraro, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Professor da área de Filosofia e Educação do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Doutor em Educação: Filosofia da Educação da Universidade de São Paulo (USP).

Claudiney José de Sousa, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

A educação filosófica por meio da narrativa: a experiência de pensar a democracia Claudiney José de Sousa. Doutor em filosofia pela Universidade Estadual de Campinas. Professor da área de Filosofia e Educação do Departamento de Educação da Universidade Estadual de Londrina. Endereço: Rua Antônio Olinto Miranda, 255 – Bairro Nobre 5 – Cep. 86602-602 – Rolândia – PR. Telefone: (43) 996172277

Referências

BAILEY, Kenneth E. As parábolas de Lucas: a poesia e o camponês: uma análise literário cultural. São Paulo: Vida Nova, 1995.

DEWEY, John. Democracia e educação. Tradução: Godofredo Rangel e Anísio Teixeira. Atualidades pedagógicas v. 21. São Paulo: Nacional, 1979.

DEWEY, John. My pedagogic creed. In. DEWEY. Education Today. New York: G.P. Putnam’s Sons, 1940.

DEWEY, John. The public and its problems. 12. ed. Ohio: Ohio University Press, 1991.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

GADOTTI, Moacir. Perspectivas atuais em educação. São Paulo em Perspectiva, v. 14, n. 2, 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/spp/v14n2/9782.pdf. Acesso em: 5 maio 2018. https://doi.org/10.1590/S0102-88392000000200002

LIPMAN, Mathew. A filosofia vai à escola. Trad. Maria Elice de Brzezinski e Laura Maria Silva Kremer. São Paulo: Summus. 1990.

LIPMAN, Mathew. Thinking in education. United Kingdom: Cambridge University Press, Second Edition, 2003. https://doi.org/10.1017/CBO9780511840272

LIPMAN, Mathew. Em busca do significado. Manual de instruções de Pimpa. Tradução de Ana Luísa Falcone e Sylvia J. Hamburger Mandel. São Paulo: CBFC, 2004.

LIPMAN, Mathew. OSCANYAN, F.; SHARP, A. M. Filosofia na sala de aula. São Paulo: Nova Alexandria, 1998.

PLATÃO. Fedro. Tradução de Edson Vini. Bauru: Editora Edipro, 2008.

RICOEUR, Paul. A metáfora viva. Tradução de Dion Davi Macedo. São Paulo: Loyola, 2000.

Downloads

Publicado

2019-12-18

Como Citar

Muraro, D. N., & Sousa, C. J. de. (2019). A educação filosófica por meio da narrativa:: a experiência de pensar a democracia. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 33(67), 243–274. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v33n67a2019-47646