Humanismo do outro homem:

perspectivas de uma formação a partir da sensibilidade e da ética com Emmanuel Levinas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v34n70a2020-46884

Palavras-chave:

Formação, Humanismo, Sensibilidade, Emmanuel Levinas

Resumo

Humanismo do outro homem: perspectivas de uma formação a partir da sensibilidade e da ética com Emmanuel Levinas

Resumo: As teorias da formação alcançam grande expressividade com o desenvolvimento dos ideais do humanismo moderno. Trata-se de um projeto civilizatório que visa elevar a humanidade ao seu mais alto grau de perfectibilidade. A história e a filosofia do século XX, no entanto, desautorizaram a crença no humanismo e colocaram os seus fundamentos em crise. Essa crise estende-se a tudo que foi edificado sobre o humanismo, inclusive o projeto de uma formação para o esclarecimento e para a perfectibilidade. O que o artigo propõe é uma leitura sobre a resposta à crise do humanismo a partir da filosofia da subjetividade de Levinas. Assim, assume-se o afastamento do discurso humanista da modernidade para apresentar uma perspectiva à formação orientada pela sensibilidade e pelo acolhimento a outrem. Numa revisão do conceito de formação, o texto volta sua atenção para uma ética do acolhimento à alteridade: um humanismo do outro homem.

Palavras-chave: Formação; Humanismo; Sensibilidade; Ética; Emmanuel Levinas.

Humanism of the other man: perspectives of a formation from the sensitivity and the ethics with Emmanuel Levinas

Abstract: The theories of formation reach great expressiveness with the development of the ideals of modern humanism. It is a civilizing project that aims to elevate humanity to its highest degree of perfectibility. The history and philosophy of the twentieth century, however, disallowed the belief in humanism and submitted its foundations to the crisis. This crisis extends to everything that has been built on humanism, including the design of a formation for enlightenment and perfectibility. What is proposed is a reading on the response to the crisis of humanism from the Levinas' philosophy of subjectivity. Thus, the article takes away from the humanist discourse of modernity, and presents a perspective for the formation now oriented by sensitivity and acceptance of others. In a review of the concept of formation, the text turns its attention to an ethic of welcoming to otherness: a humanism of the other man.

Keywords: Formation; Humanism; Sensitivity; Ethic; Emmanuel Levinas.

Humanismo del otro hombre: perspectivas de una formación a partir de la sensibilidad y de la ética con Emmanuel Levinas

Resumen: Las teorías de la formación logran gran expresividad con el desarrollo de los ideales del humanismo moderno. Se trata de un proyecto civilizatorio que pretende elevar la humanidad a su más alto grado de perfectibilidad. La historia y la filosofía del siglo XX, sin embargo, desautorizaron la creencia en el humanismo y plantearon sus fundamentos en crisis. Esta crisis se extiende a todo lo que ha sido edificado sobre el humanismo, incluso el proyecto de una formación para el esclarecimiento y la perfectibilidad. Lo que el artículo propone es una lectura sobre la respuesta a la crisis del humanismo a partir de la filosofía de la subjetividad de Levinas. Así, se asume el alejamiento del discurso humanista de la modernidad para presentar una perspectiva a la formación orientada por la sensibilidad y la acogida a otro. Revisando el concepto de formación, el texto vuelve su atención hacia una ética de la acogida a la alteridad: un humanismo del otro hombre.

Palabras clave: Formación; Humanismo; Sensibilidad; Ética; Emmanuel Levinas.

Data de registro:  04/02/2019

Data de aceite: 30/10/2019

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanderlei Carbonara, Universidade de Caxias do Sul (UCS).

* Doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professor do corpo permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação e Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade de Caxias do Sul (UCS). E-mail: vanderlei.carbonara@ucs.br ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0752

Referências

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Médodo. 6. ed. Trad. Flávio Paulo Meurer. Petrópolis: Vozes, Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco, 2004.

HONNETH, Axel. Crítica del agravio moral: Patologías de la sociedad contemporánea. Trad. Peter Storandt Diller. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, Universidad Autónoma Metropolitana, 2009.

LEVINAS, Emmanuel. Totalité et infini. Essai sur l'exteriorité. Paris: Kluwer Academic, 1990a.

________ Autrement Qu’être ou au-delà de l’essence. Paris: Kluwer Academic, 1990b.

________ De l’exsistence à l’existant. Paris: Vrin, 2004.

NIETZSCHE, Friedrich. A gaia ciência. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

VATTIMO, Gianni. O fim da modernidade: niilismo e hermenêutica na cultura pós-moderna. 2 ed. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Downloads

Publicado

2021-02-17

Como Citar

Carbonara, V. (2021). Humanismo do outro homem:: perspectivas de uma formação a partir da sensibilidade e da ética com Emmanuel Levinas. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 34(70), 307–332. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v34n70a2020-46884