ÁGUA, AR, TERRA E FOGO: ARQUÉTIPOS DAS CONFIGURAÇÕES DA IMAGINAÇÃO POÉTICA NA METAFÍSICA DE GASTON BACHELARD

Autores

  • Alexander de Freitas

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v20n39a2006-296

Palavras-chave:

Gaston Bachelard. Metafísica. Imaginação poética.

Resumo

O objetivo deste artigo é disc utir e sistematizar as configurações da imaginação poética propostas pela metafísica de Gaston Bachelard, relacionando-as aos arqu étipos dos quatro elementos (água, ar, terra e fogo). Conduzindo a análise através da relação dialógica entre o simbolismo do elemento material e sua síntese emumadas cinco configurações da imaginação poética, encontrou-se a imaginação ma terial estruturada pelo elemento água, a imaginação dinâmica (do movimento) situada pelo elemento ar, a imaginação dinâmica (das forças) configurada pelo elemento terra e a imagem-lembrança e a imaginação arquetipal, ambas, arregimentadas pelo elemento fogo. Por fim , pode-se concluir que a hermenêutica tetra elementar utilizada na proposição das configurações da imaginação poética é vivida e confessada pelo próprio filósofo, sendo a obsessão pelo elemento fogo, o que vai iluminar a epistemologia e a metafísica poética de Gaston Bachelard.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexander de Freitas

Doutorando do Programa de Pós Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2008-03-27

Como Citar

de Freitas, A. (2008). ÁGUA, AR, TERRA E FOGO: ARQUÉTIPOS DAS CONFIGURAÇÕES DA IMAGINAÇÃO POÉTICA NA METAFÍSICA DE GASTON BACHELARD. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 20(39), 39–70. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v20n39a2006-296