A ABORDAGEM REFLEXIVO-DIALÓGICA NA FORMAÇÃO DE FORMADORES ON-LINE

POSSIBILIDADES E DESAFIOS

Autores

  • Lina Cardoso Nunes
  • Mirian Garfinkel

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v20n39a2006-295

Palavras-chave:

Cibercultura. Formação de formadores. Perfildialógico-reflexivo.

Resumo

O presente aritgo aborda as peculiaridades e diferentes estratégias que o mundo on-line requer na práxis cotidiana transitanto por conceitos como cibercultura, interaitvidade, hipertexto, autonomia, entre outros. Assim sendo, a formação de formadores precisa se voltar para uma perspecitva dialógico-reflexiva capaz de estimular vínculos que facilitem aconstrução de redes de conhecimento e saberes. São de inestimável valor as contribuições teóricas de Freire, Habermas, Bakhting, Buber, Shon e Levy. O espaço para que a educação on-line, atinja sua plenitude precisa estar em sintonia com o saber saber, saber fazer e saber aprender.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lina Cardoso Nunes

Professora do Curso de Graduação em Pedagogia e do Mestrado em Educação da Universidade Estácio de Sá . Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro .

Mirian Garfinkel

Professora de Psicopedagogia Institucional do curso de Pós -Graduação da Universidade Estácio de Sá . Mestre em Educa ção pela Universidade Estácio de Sá .

Downloads

Publicado

2008-03-27

Como Citar

NUNES, L. C.; GARFINKEL, M. A ABORDAGEM REFLEXIVO-DIALÓGICA NA FORMAÇÃO DE FORMADORES ON-LINE: POSSIBILIDADES E DESAFIOS. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 20, n. 39, p. 13–38, 2008. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v20n39a2006-295. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/295. Acesso em: 17 jul. 2024.