O CAMINHO SUAVE NO COTIDIANO DAS PROFESSORAS ALFABETIZADORAS

Autores

  • Francisca Izabel Pereira Maciel UFMG
  • Sônia Maria dos Santos UFU

Resumo

Este artigo é dedicado a uma discussão aberta aos pesquisadores de diferentes áreas do campo das ciências sociais, que têm como objeto e fonte de estudo as cartilhas de alfabetização. As cartilhas assim como os métodos foram, durante décadas, o problema central da alfabetização. O enfoque dado nesse artigo foi: i) análise da materialidade de exemplares da cartilha Caminho Suave; ii) análise de depoimentos de professoras alfabetizadoras que utilizaram essa cartilha para ensinar a ler a escrever. A cartilha Caminho Suave de autoria de Branca Alves de Lima foi produzida no final dos anos 40 do século XX e circula até hoje no mercado editorial brasileiro.

Referências

BATISTA, Antonio A.G. Um objeto variável e instável: textos, impressos e livros didáticos. In: ABREU, Marcia (org). Leitura, história e história da leitura. Campinas: Mercado de Letras,1999, p.529-575.

CAMPELO, Kátia G. H. R. Cartilhas de alfabetização: subsídios para a compreensão da história da alfabetização mineira (1930-1945). Dissertação (Mestrado em Educação) Faculdade de Educação, UFMG, Belo Horizonte, 2007.

CHARTIER, Anne-Marie e HEBRARD, Jean. Método silábico e método global: alguns esclarecimentos históricos. In: Historia da Educação. ASPHE Fae/UFPEl. Pelotas (10),141-154.out.2001

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano; artes de fazer. R J: Vozes, 1990.

DIETZSCH, Mary Julia. Alfabetização: propostas e problemas para uma análise de seu discurso. São Paulo, Instituto de Psicologia da USP,1979. (Dissertação de Mestrado)

FARIA FILHO, Dos pardieiros aos palácios. Passo Fundo, EDUPF,2000.

FIORAVANTI, Carlos. Cartilha . Revista Nova Escola. São Paulo, Editora Abril (97):8-15,out.1996 (Reportagem de capa)

FORQUIN, J.-C. Escola e cultura: As bases sociais e epistemológicas do conhecimento escolar. Trad. Guacira Lopes Louro. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

FRADE, Isabel Cristina A. S.; MACIEL, Francisca Izabel P. (Orgs.). História da Alfabetização: Produção, Difusão e Circulação de Livros (MG/RS/MT - Séc. XIX e XX). Belo Horizonte: UFMG/FAE, 2006.

FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva. Arthur Joviano: um estudo sobre as relações entre autor, Estado, editoras, usuários e sobre o método de palavras em Minas Gerais, no início do século XX. In: SCWARTZ, Cleonara Maria; PERES, Eliane; FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva (Org.). Estudos de história da alfabetização e da leitura na escola. Vitória, ES: EDUFES, 2010. p. 209-252.

________. Livros de leitura de Abílio César Borges; ideários pedagógicos, produção e circulação. In: SCWARTZ, Cleonara Maria; PERES, Eliane.; FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva (Org.). Estudos de história da alfabetização e da leitura na escola. Vitória, ES: EDUFES, 2010. p. 171- 208.

________Cartilha Analytica publicada pela Francisco Alves : aspectos da materialidade entre ordenamentos pedagógicos e editoriais. Disponível em www.livroehistoriaeditorial.pro.br.

FRANÇOIS, Etienne. A fecundidade da história oral. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Org.). Usos & Abusos da História Oral. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getulio Vargas, 1998.

GATTI JÚNIOR, Décio. Apontamento sobre a pesquisa históricoeducacional no campo das instituições escolares. In: Cadernos de História da Educação. v. 1. n. 1. jan./dez. 2002

GOODSON, Ivor F. Dar voz ao professor: as histórias de vida dos professores e o seu desenvolvimento profissional. In: NÓVOA, António (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992, p. 63-78.

MACIEL, Francisca Izabel Pereira. Lúcia Casasanta e o método global de contos; uma contribuição à história da alfabetização em Minas Gerais. Faculdade de Educação /UFMG. Belo Horizonte, 2001. (doutorado)

______ As cartilhas e a história da alfabetização: alguns apontamentos. Revista de História da Educação. Pelotas, n.11. p.147-168, abr. 2002.

_____. História da alfabetização: perspectivas de análise. In: VEIGA, Cynthia Greive; FONSECA, Thais Nivea de Lima. (Orgs.). História e Historiografia da Educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2003. p.227-252.

MINAS GERAIS. Decreto N. 1.947. Belo Horizonte: Imprensa Official do Estado de Minas Gerais, 1906.

MINAS GERAIS. Instrucções e Programmas do Ensino Primário do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Imprensa Official do Estado de Minas Gerais. 1929.

MINAS GERAIS. Programa (Ensino Primário Elementar) 1961 da Secretaria de Educaçao do Estado de Minas Gerais. BH imprensa Oficial 1961

MORTATTI, Maria do R. L. Cartilha de Alfabetização e Cultura Escolar: Um Pacto Secular. Caderno Cedes, Unicamp, ano XX, n. 52, p. 50, nov. 2000.

_____. (org.) Alfabetização no Brasil; uma história de sua história. São Paulo: Cultura Academica: Marília, 2011.

_____.Os sentidos da alfabetização - São Paulo: Editora Unesp: Comped, 2000.

NÓVOA, António.(org). Vida de Professores. Portugal: Porto Editora, 1992.

SANTOS, Sônia Maria dos. Histórias de Alfabetizadoras Brasileiras: entre Saberes e Práticas. 2001. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.

SANTOS, Sônia Maria e ARAÚJO Osmar Ribeiro, HISTÓRIA ORAL: VOZES, NARRATIVAS E TEXTOS, Cadernos História da Educação, EDUFU, UFU, V 6, 2007.

SANTOS, Sônia Maria e ARAÚJO CUNHA Gustavo, A Cartilha Caminho

Suave: História, Memória e Iconografia. FENIX, Revista de História e estudos Culturais. V 5 Ano, N 2. 2008.

SANTOS, Sônia Maria e LIMA Michelle, História e Memória Local: A Cartilha Caminho Suave: 1960-1870. Revista Novo Horizonte, UFU. 2008.

SOARES, M. B. Metamemória, memórias: travessia de uma educadora. São São Paulo: Cortez, 1991. 124p

VIÑAO FRAGO, Antonio. Historia de la educación e historia cultural. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n.0, p.63-82, set./dez. 1995.

LIMA, Branca Alves de. Caminho Suave. 76a ed. São Paulo. Editora "Caminho Suave" Limitada Mec.1974.

LIMA, Branca Alves de. Guia do professor; aplicação da cartilha Caminho Suave. (Edição a título precário). São Paulo. Editora "Caminho Suave" Limitada. (s/d)

Depoimentos de alfabetizadoras:

ALCKMIN, Wanda. Alfabetizadora do município de Cruzília, Minas Gerais, 1999.

ALVARENGA, Zenaide. Alfabetizadora do município de Belo Horizonte, Minas Gerais, 1999.

MELO, Lia. Alfabetizadora do município de Belo Horizonte, Minas Gerais, 2000.

PÓVOA, Alfabetizadora do município de Araguari, Minas Gerais, 2000.

Data de registro: 24/07/2012

Data de aceite: 17/10/2012

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisca Izabel Pereira Maciel, UFMG

Professora associada da FAE-UFMG

Sônia Maria dos Santos, UFU

Professora associada da FACED-UFU.

Downloads

Publicado

2013-04-10

Como Citar

Maciel, F. I. P., & Santos, S. M. dos. (2013). O CAMINHO SUAVE NO COTIDIANO DAS PROFESSORAS ALFABETIZADORAS. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 26(2012Esp). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/17955