A produção do conhecimento na sociedade da informação: reflexões filosóficas sobre a pesquisa em educação

Autores

  • Daniela da Costa Britto Pereira Lima UFG e UEG
  • Juliana Guimarães Faria UFG
  • Mirza Seabra Toschi UEG

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v28n55a2014-p373-393

Palavras-chave:

Produção do conhecimento. Sociedade da informação. Pesquisa em educação.

Resumo

*Doutora em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento pela UFRJ. Professora de didática e estágio no curso de Pedagogia da Universidade Federal de Goiás e da Universidade Estadual de Goiás.

**Doutora em Educação pela Universidade Federal de Goiás. Professora de fundamentos filosóficos e socio-históricos da educação de surdos do curso de Letras: Libras da Universidade Federal de Goiás.

***Pós-Doutora em Educação pela UnB. Professora de educação e mídias na sociedade da informação no curso de Pedagogia. Docente e coordenadora do Mestrado em Educação, Linguagem e Tecnologias na Universidade Estadual de Goiás.

A produção do conhecimento na sociedade da informação: reflexões filosóficas sobre a pesquisa em educação

Resumo: O texto tem como objetivo refletir sobre a produção do conhecimento humano, relacionar com a atual sociedade da informação e traçar apontamentos sobre a produção do conhecimento em educação. Inicia-se com um resgate sobre a transição humana da produção do conhecimento, por meio do senso comum, até chegar à forma de conhecimento científico. Após isto, discutem-se as questões relacionadas à produção do conhecimento científico e a relação sujeito e objeto, refletindo sobre o movimento da pesquisa em educação no Brasil. Então, resgatam-se as características da sociedade da informação e sua relação com a produção do conhecimento em educação, quando se considera o paradigma apresentado por Santos (1987, 1989, 1997 e 2000). Considera-se que o processo de transição atual que fragmenta o saber em disciplinas traz motivos fundamentais para a reflexão educacional.

A produção do conhecimento na sociedade da informação: reflexões filosóficas sobre a pesquisa em educação

Abstract: The text aims to reflect on the production of human knowledge, relate to the current information society and making notes on the production of knowledge in education. It begins with a review on the transition of human knowledge production, through common sense, until you reach the form of scientific knowledge. After that, we discuss issues related to the production of scientific knowledge and the relationship between subject and object, reflecting on the movement of educational research in Brazil. So we can salvage the characteristics of the information society and its relationship to knowledge production in education, when one considers the paradigm presented by Santos (1987, 1989, 1997 and 2000). It is considered that the current transition process that fragments the knowledge in disciplines brings key reasons for educational reflection.

Keywords: Production of human knowledge. Information society. Education research.

Data de registro: 05/01/2012

Data de aceite: 19/06/2013

Referências:

ARANHA, Maria Lúcia; MARTINS, Maria Helena. Filosofando: introdução à filosofia. São Paulo: Moderna. 1993.

ALVES-MAZZOTTI, A. J. e GEWANDSNAJDER, F. O Método nas Ciências Naturais e Sociais.São Paulo: Pioneira, 1998.

BECKER, Fernando. A epistemologia do professor:o cotidiano da escola. Petrópolis: Vozes, 1993.

___________. Modelos pedagógicos e modelos epistemológicos. Educação e Realidade.Porto Alegre, v. 18, p. 89-96, jan./jun. 1994.

BERMAN, M. Tudo que é sólido desmancha no ar:a aventura da modernidade. Tradução Carlos Felipe de Moisés e Ana Maria L. Ioriatti. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.

CARDOSO, C. F. Epistemologia pós-moderna: a visão de um historiador. In.: FRIGOTTO, G. e CIAVATTA, M. (Org.). Teoria e educação no labirinto do capital.2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

DOMINGUES, Maria Hermínia M. S. Pesquisa na educação: uma questão do objeto. In.: BASTOS, Rogério Pereira. A pesquisa na pós-graduação stricto sensu:humanidades, exatas/engenharias e agrárias/biológicas. Goiânia: CEGRAF/UFG, nov., 2000.

FRANCO, Maria Laura B. Pressupostos epistemológicos da avaliação educacional. In: Cadernos de pesquisa,São Paulo, n. 74, p. 63-67, ago. 1990.

GATTI, Bernadete Angelina. A construção da pesquisa em educação no Brasil.Brasília: Plano, 2002.

LAVILLE, C. e DIONNE, J. A construção do saber:manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Tradução Heloísa Monteiro e Francisco Settineri. Porto Alegre: Artes Médicas; Belo Horizonte: Editora UFMG, 1999.

MORAES, M. C. O paradigma educacional emergente.Campinas, SP: Papirus, 1997.

OLIVEIRA, J. F. de e LIBÂNEO, J. C. A educação escolar: sociedade contemporânea. Fragmentos de Cultura,Goiânia: IFITEG, v. 8, n. 3, p. 597-612, mai./jun.1998.

QUÈAU, Philippe. O tempo do virtual. In.: PARENTE, A. (Org.). Imagem máquina:a era das tecnologias do virtual. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

RIFKIN, J. A era do acesso.São Paulo: Makron, 2001.

ROUANET, S. P. As razões do iluminismo.São Paulo: Companhia das letras, 1987.

SANTOS, B. de S. Um discurso sobre as ciências.Porto: Afrontamento, 1987.

___________. Introdução a uma ciência pós-moderna.Rio de Janeiro: Graal, 1989.

___________. Pela mão de Alice:o social e o político na pós-modernidade.3. ed. São Paulo: Cortez, 1997.

___________. Para um novo senso comum:a ciência, o direito e a política na transição paradigmática. São Paulo: Cortez, 2000.

SCHAFF, A. História e verdade.6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

TAVARES, Manuel.Em torno de um novo paradigma socio-epistemológico. Entrevista com Boaventura de Sousa Santos. Madison, 2007. Disponível em: <http://www.boaventuradesousasantos.pt/media/pdfs/Em_torno_de_um_novo_paradigma.PDF>. Acesso em: 15 jan. 2011.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela da Costa Britto Pereira Lima, UFG e UEG

Doutora em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento pela UFRJ. Professora de didática e estágio no curso de Pedagogia da Universidade Federal de Goiás e da Universidade Estadual de Goiás. Email: professoradanielalima@gmail.com

Juliana Guimarães Faria, UFG

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Goiás. Professora de fundamentos filosóficos e socio-históricos da educação de surdos do curso de Letras: Libras da Universidade Federal de Goiás. Email: julianagf@yahoo.com.br

Mirza Seabra Toschi, UEG

Pós-Doutora em Educação pela UnB. Professora de educação e mídias na sociedade da informação no curso de Pedagogia. Docente e coordenadora do Mestrado em Educação, Linguagem e Tecnologias na Universidade Estadual de Goiás. Email: mirzas@brturbo. com.br

Downloads

Publicado

2014-09-23

Como Citar

Lima, D. da C. B. P., Faria, J. G., & Toschi, M. S. (2014). A produção do conhecimento na sociedade da informação: reflexões filosóficas sobre a pesquisa em educação. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 28(55), 373–393. https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v28n55a2014-p373-393