COLÉGIO SANTA TERESA

UM ESTUDO A RESPEITO DO ENSINO CONFESSIONAL EM ITUIUTABA, TRIANGULO MINEIRO, MG (1939-1942)

Autores

  • Lucia Helena Moreira de Medeiros Oliveira UEMG
  • Décio Gatti Junior Universidade Federal de Uberlandia (Uberlândia, MG, Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v18nn.%20ESPa2004-11223

Palavras-chave:

Instituição Educativa, Ensino Confessional, História das Instituições Educativas

Resumo

 Resumo: Este texto é o resultado final do estudo sobre o Colégio Santa Teresa, de Ituiutaba, Triângulo Mineiro, Minas Gerais, Brasil. A pesquisa objetivou compreender seu processo de criação e desenvolvimento, apreender os elementos mais significativos do processo de constituição e desenvolvimento da Congregação das Irmãs Carlistas Scalabrinianas e de seu projeto educativo. A abrangência do período estudado é de 1939 a 1942. Os resultados alcançados demonstram que a criação do Colégio fazia parte de um projeto de escolarização mais amplo da igreja Católica no Brasil. Além disso, apreendeu-se que o motivo da fundação do Colégio não foi a questão imigratória que norteou boa parte dos demais empreendimentos da congregação, mas sim a necessidade de atendimento das famílias católicas e tradicionais da cidade e região.

Palavras-chave: Instituição Educativa; Ensino Confessional; História das Instituições Educativas.

 

Abstract: This text is the final result of a study of Saint Teresa High School (Colégio Santa Teresa) in Ituiutaba, Triangle Region, Minas Gerais, Brazil. The goal of the research was to understand the process of its founding and development, and discover the most significant elements of the establishment of the Congregation of the Missionary Sisters of Saint Charles (Scalabrinians) and their educational project. The period under study is from 1939 to 1942. The results obtained show that the formation of the High School was part of a broader educational project of the Catholic Church in Brazil, furthermore, the motivation for the founding of the High School was discovered to be not a question related to immigration that directed a large part of the other undertakings of the congregation, but rather the necessity of serving the Catholic and traditional families of the city and the region.

Keywords: Educational Institution; Parochial Education; History of Eucational Institutions.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucia Helena Moreira de Medeiros Oliveira, UEMG

Décio Gatti Junior, Universidade Federal de Uberlandia (Uberlândia, MG, Brasil)

Doutor em História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professor de História da Educação da Universidade Federal de Uberlândia. Sócio-fundador da Sociedade Brasileira de História da Educação.

Referências

ANDRADE, Mariza Guerra de. A Educação Exilada - Colégio do Caraça. Belo Horizonte, Autêntica, 2000.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da Educação. 2. ed. São Paulo, Moderna, 1996.

ARAÚJO, José Carlos Souza. A Igreja Católica no Brasil: um estudo de mentalidade ideológica. São Paulo, Paulinas, 1986.

AZZI, Riolando. A Igreja e os Migrantes: as migrações internas e os novos rumos da obra scalabriniana no Brasil (1951-1988) v. IV, São Paulo, Paulus, 2000.

_______. A Vida Religiosa no Brasil: enfoques históricos. São Paulo, Edições Paulinas. 1983.

_______. A Crise da Cristantade e o Projeto Liberal. São Paulo, Paulinas, 1991.

_______. A Neocristandade: um Projeto Restaurador. São Paulo, Paulinas, 1994,

_______. História da Educação Católica no Brasil: Contribuição dos Irmãs Maristas. Os primórdios da obra de Chapagnat no Brasil (1897-1922) São Paulo, SIMAR.

_______. O Início da Restauração Católica noBrasi1 1920-1930. SÍNTESE, Belo Horizonte, v. IV, p.61-89, 1977.

O Início da restauração católica no Brasil 1920-1930 (11). SÍNTESE, Belo Horizonte, No.1 1,1) 73-101, 1977.

_______. O Fortalecimento da Restauração católica no Brasil 1930-1940. SINTESE, Belo Horizonte, v.Vl, No. 17, p 69-85, 1979.

BONI, Luís Alberto. Presença Italiana no Brasil. s/e. Porto Alegre, STD, 1987.

BRESOLINI. Ema. Educação: novos tempos-novos caminhos. Caxias do Sul, MSCS, 2001.

BUFFA, Ester. Ideologias em Conflito: escola pública e escola privada. São Paulo, Cortez & Moraes, 1979.

BUFFA. E. & NOSELLA, P. Schola Mater: a antiga Escola (1911-1933). EdUFSCar, São Carlos, Editora da Universidade, 1996.

_______. A Escola Profissional de São Carlos. São Carlos, EdUFSCar, 1998. CADERNOS DE EDUCAÇÃO 1996 1999, MSCS.

CARVALHO, José Murilo. A Formação das Almas: o imaginário da República no Brasil. São Paulo, Companhia das Letras. 1995.

_______. Os Bestializados: O Rio de Janeiro e a República que não foi. São Paulo. Companhia das Letras, 1987.

CASALI, Alípio. Elite Intelectual da Igreja. Petrópolis, Rio de Janeiro, Vozes, 1995.

CHAVES, Camilo. Caiapônia. Ituiutaba, Editora Gráfica Ituiutaba Ltda. 3 d .

ed. 1 998.

CHAVES, Petrônio Rodrigues. A Loja do Osório. Ituiutaba. Edição do autor, 1984.

COMPÊNDIO DO VATICANO 11: Constituições, Decretos, Declarações, 20'. ed. Petrópolis, Vozes, 1989.

CUNHA, Marcus Vinícius da. Ideário e Imagens da Educação escolar. (org.) Campinas, Autores Associados, 2000.

CURY, Carlos Roberto Jamil, Ideologia e Educação Brasileira. São Paulo, 2a . ed. Cortez. 1 984.

DECCA, Edgar Salvadori de. O Silêncio dos Vencidos - Memória, História e Revolução. São Paulo, 6. ed. Brasiliense, 1994.

DEUSDARÁ, Therezinha. Minas Gerais. Rio de Janeiro, Nova ed. Editora Ao Livro Técnico. 1995.

DICIONÁRIO BIOGRÁFICO BRASILEIRO PÓS 1930. ABREU, Alzira Alves de. et.al. ed, ver.e atuai. Rio de Janeiro, FGV, CPDOC. 2001, 5v.

DICIONÁRIO DE DIREITO CANÓNICO. SALVADOR, Carlos Corrai. et. ai. Dicionário de direito canónico. São Paulo, Loyola, 1993.

ENCICLOPLÉDIA DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS, XXV volume, Rio de Janeiro. 1959.

FARIA FILHO, Luciano Mendes de. Dos Pardieiros aos Palácios: cultura escolar e urbana em Belo Horizonte na Primeira República. Passo Fundo, UPF, 2000.

_______. Arquivos, Fontes e Novas Tecnologias: questões para a história da educação. Aurores Associados: Universidade de São Francisco, Bragança Paulista, 2000.

FONGARO, Pe.Stelio. Trad. Ir. Zélia C. Orgaghi. A Voz, U Caminho, a Ação do Bem Aventurado João Batista Scalabrini. São Paulo, MSCS, 1998,

GINZBURG, Carlo. O Queijo e os Vermes: o cotidiano e as ideias de um moleiro perseguido pela inquisição. Trad. Betania Amoroso. São Paulo, Companhia das Letras.

GHIRALDELLI, Jr. P.História da Educação, São Paulo, Cortez, 1990.

FRANCESCONI, C,S. Mário. João Batista Scalabrini: Pai dos imigrantes. Traà. Irmã Lia Barbieri. Caxias do Sul, Editora São Miguel, 1971.

JOÃO, Paulo II. Carta Encíclica Laborem exercens do Sumo Pontífice João Paulo 11., São Paulo, ed Paulinas, 1981 .Departamento de História, São Paulo, USP, 1977.

MAGALHÃES, Justino. Comunicação: Contributo para a História das Instituições

Educativas entre a memória e o arquivo. Instituto de Educação e Psicologia. Universidade do Minho: Portugal, 1998. (mimeo)

MARIA, Julio pseud. de Júlio César de Morais Carneiro, padre. Á Igreja ea República. Brasília, Editora Universidade de Brasília, 1981.

MOURA, Geovana Ferreira Melo. Por trás dos Muros Escolares: luzes e sombras na educação feminina. Colégio Nossa Senhora das Dores. Uberaba 1940/1966. Dissertação de Mestrado. Uberlândia, UFU, 2002,

MOURA, Pe. Laércio Dias de. A Educação Católica no Brasil. Passado, Presente, Futuro. 2". ed. São Paulo, Loyola, 2000.

NAGLE, Jorge. Educação e Sociedade na Primeira República. 2'. ed. Rio de Janeiro, DP 2002.Renes, Rio de Janeiro, 1969.

NÓVOA, Antonio (coord). As Organizações Escolares em Análise. Publicações D. Quixote, Lisboa, 1992.

NETO. Antonio Florentino. Amonio Florentino Guimarães: um fazendeiro do Triângulo Mineiro. Brasília, Editora Uberaba, 1985.

RIBEIRO. Maria Luisa Santos. História da Educação Brasileira: a organização escolar. Campinas, Autores Associados, 2000.

ROMANELLI, Otaíza dc Oliveira. História da Educação no Brasil. 25 0 ed. Petrópolis, Editora Vozes, 2001.

SAN FELICE, José Luís / SAVEANI, Dermeval e LOMBARDI, 30sé Claudinei ( org.)

História da educação: perspectivas para um intercâmbio internacional. Campinas, Autores Associados. 1999,

SCALABRINI, João Batista. Trad. Ridovino Rizzardo. A emigração italiana na América. Centre de Estudos de Pastoral Migratória: Caxias do Sul, sie. ] 979.

_______. Carta Pastoral, Quaresma. Piacenza, 887 (nst)

_______. Carta sobre Educação Cristã. Piacenza, 1889 (snt)

_______. Carta Pastoral. Piacenza. Itália, 1888. (Snt)

_______. Capta Pastoral sobre Educação. Piacenza, [n: Escritos de Scalabrini.

V. VIII, (1884-1896) Roma; SMCS. (snt)

_______. Catecismo Católico. Piacenza, Itália, 1877.

_______. Scalabrini: uma voz atual. Páginas Escolhidas dos Escritos. SMCS, São Paulo. 1989.

SEVERINO, Joaquim Antonio. Metodologia do trabalho científico. 21 a . ed. São Paulo, Cortez, 2000.

_______. Educação e Ideologia e Contra- Ideologia. 2ª. ed. São Paulo, EPU. 1986.

SOARES, Beatriz Ribeiro. Uberlândia: da "Cidade Jardim " ao "Portal do Cerrado " imagens c representações no Triângulo Mineiro. Tese de doutorado. São Paulo, USP. 1 995.

THOMPSON. Paul. Á Voz do passado: história oral. Trad. Lólio Lourenço de Oliveira. Paze Terra. São Paulo, 1992.

TORRES. João Camilo de Oliveira. História das Ideias Religiosas no Brasil, Grijalbo Ltda, São Paulo, 1968.

TRENTO, Angelo. Do outro lado do atlântico. São Paulo, Instituto Cultural Ítalo brasileiro: 1988.

XAVIER, Maria Elizabeth. História da Educação- A escola no Brasil. São Paulo, FDT, 1994.

______. Capitalismo e escola no Brasil. Campinas, Papirus, 1990.

WIRTH, John D. O fiel da balança- Minas Gerais na Federação Brasileira (18891937). Paz e Terra. São Paulo, 1982.

Downloads

Publicado

2010-11-19

Como Citar

MOREIRA DE MEDEIROS OLIVEIRA, L. H.; GATTI JUNIOR, D. COLÉGIO SANTA TERESA: UM ESTUDO A RESPEITO DO ENSINO CONFESSIONAL EM ITUIUTABA, TRIANGULO MINEIRO, MG (1939-1942). Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 18, n. n. ESP, p. 105–130, 2010. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v18nn. ESPa2004-11223. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/11223. Acesso em: 24 jul. 2024.