HISTÓRIA REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA ESCOLA ESTADUAL DE UBERLÂDIA (1929 - 1950)

Autores

  • Gisele Cristina do Vale Gatti Universidade Federal de Uberlandia (UFU)
  • Geraldo Inácio Filho Universidade Federal de Uberlandia (Uberlândia, MG, Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.v18nn.%20ESPa2004-11222

Palavras-chave:

História das Instituições Eucacionais, Escola, Representações Sociais.

Resumo

Trata-se da comunicação dos resultados alcançados em investigação no campo da História da Educação, especificamente, na área da História das Instituições Educacionais. A instituição em exame é a Escola Estadual de Uberlândia, sediada em Uberlândia, Minas Gerais. Esta pesquisa objetivou analisar a História da Escola Estadual de Uberlândia a partir das representações sociais construídas ao seu redor na cidade e região no período de 1929 a 1950. No decorrer dessa investigação foram consultadas a bibliografia nacional e internacional sobre o assunto, os documentos do acervo da escola, bem como os jornais da época, fotografias e documentos do acervo do arquivo público municipal. Além disso, foram importantes os depoimentos recolhidos junto a ex-alunos e ex-professores do colégio, entre outros. Os resultados alcançados demonstraram que as representações sociais construídas em torno da Escola Estadual de Uberlândia conferiram centralidade a essa instituição na cidade e região do Triangulo Mineiro, o que contribuiu para legitimar seus egressos como futuros dirigentes dos setores público e privado. Além disso, foi possível apreender a dimensão conservadora e tradicional da escola, com a valorização da pátria e da disciplina como modeladoras dos espíritos, mediante a ação dos professore vocacionados para a missão educacional. Nesse sentido, pode-se perceber a distância do ideário vigente na escola em relação àquele preconizado pelo movimento escolanovista que influenciava as reformas educacionais do período.

Palavras-chave: História das Instituições Educacionais; Escola; Representações Sociais.

 

Abstract: It concers the communication of the results achieved in the investigation on the History of Educational Institutions area. The institution in question is the State School of Uberlândia. located in Uberlândia, Minas Gerais, This research bad the purpose to analyse the History of the Slate School of Uberlândia from the social representations built around itself the city and region from 1929 to 1950. During this Investigation it was consulted the national and international bibliography on this topic, the documents of the amount of the school. as well as the seasons newspapers, photographs and documents of the municipal public file. Besides that, its good to emphasize the importance of the statements that were gather from former students and former teachers of the school. among others. The results achieved showed that the social representations built around the State School In Uberlândia had given centralness to this institution in the city and in Triângulo Mineiro area. which contributed to legitimate Its departures as future leaders of public and private sectors. Besides, it was possible to apprehend the conservative and traditional dimension of the school. with the appreciation of the and the discipline as spirits modeling given to the action of the gifted teachers to the educational mission. This way it could be realized the distance from the existent system of political and social ideas at school with regard to that extoled by the movement that use to influence educational of the period.

Keywords: History of educational Institutions; School; Social Representations.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisele Cristina do Vale Gatti, Universidade Federal de Uberlandia (UFU)

Geraldo Inácio Filho, Universidade Federal de Uberlandia (Uberlândia, MG, Brasil)

Professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia, pesquisador do “Núcleo de Pesquisa em História e Historiografia da Educação Brasileira”, órgão vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da referida Instituição.

Referências

ARANTES, Jerónimo. Corografia do Município de Uberlândia. Uberlândia, Editora da Pavan, 1938.

ARANTES, Jerônimo. Efemérides e Leis Memoráveis de Uberlândia (1810 - 1940). Uberlândia, Editora da Pavan, 1942.

, Memórias Históricas de Uberlândia. 2 ed.. Uberlândia, Editora da Pavan, 1982. BOSf, Ecléa. Memória e Sociedade: lembranças de velhos. 2a . Ed São Paulo, T. A. QUEIROZ/EDUSP. i 987.

BUFFA, Ester e NOSELLA, Paolo. Scholla Mater. Escola (1911 1933), São Carlos, Editora da UFSCar, 1996.

CHARTIER, Roger. A Históória Cultural'. entre práticas e representações. Trad. Maria Manuela Galhardo. Rio de Janeiro, Ed. Bertrand Brasil, 1990.

CHERVEL. André. História das Disciplinas Escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Trad. Guacira Lopes Louro. Teoria e Educação. Evangraf, Porto Alegre, no 2, 1 990, pp, 177-229.

DIÁRIO DA REVOLUÇÃO, 35, p. 2.

DIÁRIO DA REVOLUÇÃO, n" p. 3

DURKHEIM, Émile. As Regras do Método Sociológico. In: os Pensadores. vol. xxxiii. São Paulo. Abril. 1973.

GATTI JR., Décio e outros. História c Memória Educacional: gênese e consolidação do ensino escolar no Triângulo Mineiro. História da Educação. ASPHE/FaE,'UFPel, Pelotas 1997.

_________. História e Memória Educacional'. Gênese e consolidação do ensino escolar no Triângulo Mineiro. História da Educação. ASPHE/FA E,'UFPel, Pelotas 997.

GATT I, GiseAi Cristina do Vale e MENDES, Viviane Santana. Reconstruindo a Memória Educacional Uberlandense: A Escola Estadual de Uberlândia. Boletim CDHIS (Centro de Documentação e Pesquisa em História), Uberlândia. 9(1 7):4-5, 1996.

GOUBERT, Pierre. História Local, Revista História e Perspectivas. Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, no 6, 1992. p. 45_57.

INÁCIO FILHO. Geraldo. Ordens do Dia e Educação Política: da Construção à materialização da Representação Coletiva. Campinas: UNICAMP, Tese de Doutorado, 1997.

JAPIASSU, Hilton e MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. 2 ed. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1991.

LE GOFF. Jacques. A História Nova. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo. Marlins Fontes, 1990.

MAGALHÃES, Justino. Contributo para a História das Instituições Educativas - entre a memória e o arquivo. Universidade do Minho (mimeo).

MARX, Karl. Á Ideologia Alemã. Trad. Luis Cláudio Castro e Costa. São Paulo. Martins Fontes. 1989,

MINAYO, Maria Cecilia de Souza. O Conceito de Representação dentro da Sociologia Crítica. In: GUARESCHI, Pedrinho e JOVCHELOVITCH, Sandra. Textos em Representações Sociais. 2 ed. Petrópolis. Vozes. 1995, p. 89-111.

MUNICÍPlO DE UBERABINHA. História, Administração. Finanças, Economia. São Pedro de Uberabinha (Uberlândia). Oficinas Typographicas da Livraria Kosmos, 1922.

PANTAGLEAN, Evelyne. A História do Imaginário. In: LE GOFF. Jacques. História Nova. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo, Martins Fontes, 1990. p. 292-312.

PEREIRA, Luiz e FORACCHI. Marialice M. Educação e Sociedade. 10 ed. São Paulo, Nacional, 1979.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Em Busca de uma Outra História: Imaginando o Imaginário. Revista Brasileira de História. São Paulo. v. 15, 11029, 1995, pp.9-27.

PETITAT, André. Produção da Escala/Produção da Sociedade. Trad. Eunice Gruman. Porto Alegre. Artes Médicas, 1994.

RIBEIRO, Maria Luísa Santos. História da Educação Brasileira. 9 ed, São Paulo, Cortez, 1989.

RODRIGUES. Jane de Fátima Silva. Uberabinha, Trabalho, Ordem e Progresso. Cadernos de História. Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia, no 6, 1996, p. 1 15-134.

ROMANELI, Otaíza de Oliveira História da Educação no Brasil. Petrópolis, Ed. Vozes, 1986.

SILVA, Luiz Antonio Rocha e. História da Construção do Prédio do Colégio Estadual de Uberlândia (Museu) feita pela "Sociedade Para O Progresso de Uberabinha". Boletim do CDHIS, Uberlândia, 13, 1999.

TEIXEIRA, Tito. Bandeirantes e Pioneiros do Brasil Central. Uberlândia, Uberlândia Gráfica, 1970.

VIEIRA, Maria do Pilar e outros. Á Pesquisa em História. São Paulo, Ed. Ática, 1989.

WIRTH, John D. Ofiel da balança Minas Gerais na Federação Brasileira (1889-1937). Rio de Janeiro, Editora Paz e Terra, 1982.

Downloads

Publicado

2010-11-19

Como Citar

DO VALE GATTI, G. C.; FILHO, G. I. HISTÓRIA REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA ESCOLA ESTADUAL DE UBERLÂDIA (1929 - 1950). Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 18, n. n. ESP, p. 69–104, 2010. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v18nn. ESPa2004-11222. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/11222. Acesso em: 27 fev. 2024.