A produção do conhecimento sobre Internacionalização da Educação Superior na América Latina (2012-2022)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v13n2a2024-70585

Palavras-chave:

Educação Superior, Internacionalização, Estado de conhecimento

Resumo

Este estudo teve o objetivo de realizar o mapeamento das produções acadêmicas que exploram o tema Internacionalização da Educação Superior, com base em dissertações, teses brasileiras e artigos de periódicos latino-americanos (2012/2022). O foco ora aprofundado originou-se do estado da arte sobre a temática. Esta pesquisa está vinculado ao projeto de pesquisa intitulado: “Internacionalização da Educação Superior em Contextos Emergentes: descobertas e reflexões”, desenvolvido pelo Grupo de Estudos sobre Universidade (GEU/Unemat/UFMT), sob a coordenação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Esta revisão tem como metodologia um parâmetro qualitativo que permite visualizar como, na última década, este tema tem ganhado força e interesse por parte de autores/pesquisadores e autoridades educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Egeslaine Nez, UFRGSUniversidade Federal do Rio Grande do Sul - Brasil

Pós-doutora em Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Franciane Maria Araldi , Universidade do Estado de Santa Catarina - Brasil

Mestre em Ciências do Movimento Humano. Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Diana Erika Cruz Jiménez, Universidad de Ciencias y Artes de Chiapas - México.

Mestre em História. Universidad de Ciencias y Artes de Chiapas. Chiapas, México.

Juliana F. Serraglio Pasini , Universidade Federal de Santa Catarina - Brasil

Pós-doutora em Educação. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catariana, Brasil

Referências

ARALDI, F. M. ; PASINI, J. F. S.; NEZ, E. Internacionalização da educação superior: estado de conhecimento das teses e dissertações brasileiras na última década (2011-2021). Fórum da Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa (FORGES) 2022.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 1977.

FAZENDA, I. Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 1989.

GACEL-AVILA, J. La dimensión internacional de las universidades mexicanas. Educación superior y sociedad, v. 11, n. 1, p. 121-142, 2000. Disponível em: https://www.iesalc.unesco.org/ess/index.php/ess3/article/view/135. Acesso em: 31 mar. 2023.

KNIGHT, J. Internacionalização da educação superior: conceitos, tendências e desafios. 2. ed. São Leopoldo: OIKOS, 2020.

MAYER, L.; CATALANO, B. Internacionalización de la educación y movilidad: reflexiones a partir del caso argentino. Revista de Ciencias Sociales y Humanas, v. n. 29, p. 19-41, 2018. Disponível em: https://www.redalyc.org/journal/4761/476156577001/html/. Acesso em: 31 maio 2023. DOI: https://doi.org/10.17162/uni.n29.2018.01

MOROSINI, M. C. Estado de conhecimento sobre internacionalização da educação superior: conceitos e práticas. Educar. Curitiba, n. 28, 2006.

MOROSINI, M. C. Qualidade da educação superior e contextos emergentes. Avaliação. Campinas; v. 19, n. 2, p. 385-405, jul. 2014.

NEZ. E.; MOROSINI, M. C. A cooperação acadêmica e os processos de internacionalização. Panorâmica. v. 1, p. 52 - 65, 2020. Disponível em: http://revistas.cua.ufmt.br/revista/index.php/revistapanoramica/issue/current. Acesso em: 24 maio 2020.

PROJETO de pesquisa. Internacionalização da educação superior em contextos emergentes: descobertas e reflexões. Porto Alegre: UFRGS, 2021.

UNESCO. Educação para a cidadania global: preparando alunos para os desafios do século XXI. Brasília: UNESCO, 2015. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000234311. Acesso em: 22 fev. 2020.

UNESCO. Educação 2030: rumo a uma educação de qualidade, inclusiva e equitativa, e à educação ao longo da vida para todos. Incheón, Coréia do Sul: UNESCO. 2015a. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000243278. Acesso em: 31 jan. 2020.

SANTOS FILHO, J. C.; GAMBOA, S. A. S. (org.) Pesquisa educacional: quantidade-qualidade. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

SCIELO. Scientific Electronic Library Online. Disponível em: https://www.scielo.org/. Acesso em: 23 abr. 2023.

ZERTUCHE, R. G. R.; TORRES, C. M. Internacionalización y educación ¿Semántica o política? Reencuentro. Análisis de problemas universitarios, v. n. 54, p. 27-36, 2009. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=34012025004. Acesso em: 31 jan. 2023.

Downloads

Publicado

2024-04-29

Como Citar

NEZ, E.; ARALDI , F. M.; JIMÉNEZ, D. E. C.; PASINI , J. F. S. A produção do conhecimento sobre Internacionalização da Educação Superior na América Latina (2012-2022). Revista Educação e Políticas em Debate, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 1–15, 2024. DOI: 10.14393/REPOD-v13n2a2024-70585. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/70585. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - “INTERNACIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO: TENDÊNCIAS GLOBAIS E DESAFIOS NACIONAIS”