Sistema de ensino e pandemia COVID-19: ensino remoto, desafios e política educacional brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v13n2a2024-69978

Palavras-chave:

Política Educacional, Pandemia, Coronavírus, Brasil

Resumo

No início de 2020 no Brasil, em decorrência do isolamento social na pandemia por COVID-19, houve a suspensão das aulas presenciais modificando abruptamente o funcionamento do sistema de ensino. Esse novo contexto foi caracterizado principalmente pelo uso obrigatório de aparatos tecnológicos para o ensino remoto e da ausência de respostas governamentais efetivas e igualitárias em apoio a educação. Esse novo sistema arraigado a uma lógica capitalista mercadológica histórica intensificou as desigualdades no Brasil no que tange a perspectiva democrática de acesso à educação. Assim, o presente trabalho teve como objetivo geral compreender, de modo contextualizado e historicamente situado, o cenário político-administrativo e educacional brasileiro no contexto da pandemia no período de 2020-2021. Para isso, realizou-se um estudo qualitativo, exploratório e analítico, por meio de livros, artigos e documentos envolvendo a temática. A busca de dados foi realizada na biblioteca virtual SCIELO (Scientific Electronic Library Online) e no site da secretaria da educação. De acordo com os resultados encontrados, foi observado que o ensino remoto foi implantado às pressas e sem a consideração das múltiplas realidades brasileiras, gerando desafios imensuráveis a todos os sujeitos da educação. Muitos alunos foram “invisibilizados” e seus direitos educacionais negados, além do aumento da carga de trabalho e redução dos salários do corpo docente, o que intensificou as desigualdades sociais e a fragilidade das escolas brasileiras. A reflexão aqui proposta reitera a necessidade da discussão e do posicionamento deste tema por meio de políticas educacionais junto aos sujeitos da educação na expectativa de promover uma educação efetiva e igualitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Bárbara Barra Gomides, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Coordenadora pedagógica do Centro Educacional Bem Me Quer. Uberlândia, Minas Gerais, Brasil.

Marcelo Soares Pereira da Silva, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Doutor em Educação pela Universidade de Campinas -UNICAMP. Professor Titular na Faculdade de Educação na UFU. Uberlândia, Minas Gerais, Brasil.

Referências

AGUIAR, M. A. S. Políticas de educação em questão: retrocessos, desafios e perspectivas. Retratos da Escola, v. 14, n. 30, p. 618-620, 2020. DOI: https://doi.org/10.22420/rde.v14i30.1255.

ANTUNES, L. D. Educação e pandemia: Contribuições da Teoria Contingencial na Gestão Escolar em tempos de COVID-19. Revista Mediação, v. 11, p.60-79, 2021.

ARDANA, B. de M. et al. Reflexões acerca da experiência de docentes do Ensino Fundamental I com o ensino remoto durante a pandemia de Covid-19. São Paulo: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2020. Disponível em: https://orientacaoaqueixaescolar.ip.usp.br/wpcontent/uploads/sites/462/2021/04/Reflex%C3%B5es-acerca-da-experi%C3%AAncia-de-docentes-do-Ensino-Fundamental-I-com-o-ensino-remoto-durante-a-pandemia-de-Covid-19.pdf. Acesso em: 04 ago. 2021.

DOI: http://dx.doi.org/10.29327/xxvebrapem.453160.

BARROS, J. A.; MATIAS, J. C. Discursos de um presidente: políticas públicas e educação em tempos de pandemia. Linhas Críticas, v. 27, p. 1-23, 2021. DOI: https://doi.org/10.26512/lc.v27.2021.35310.

BASTOS, L. Entre a crise pandêmica e a invisibilidade política: educação das crianças quilombolas. Linhas Críticas, v. 26, p.1-22, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.26512/lc.v26.2020.33972.

BRASIL. MEC. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP nº 05/2020: reorganização do calendário escolar em razão da pandemia da COVID-19. Brasília: 28 de abr. 2020. Disponível em:http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=14511- pcp005-20&category_slud=marco-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 09 jul. 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.29327/542849.1-3.

BROOKS, S. K. et al. The psychological impact of quarantine and how to reduce it: rapid review of the evidence. The lancet, v. 395, n. 10227, p. 912-920, 2020.

DOI: http://dx.doi.org/10.1016/s0140-6736(20)30460-8.

COLEMARX. Coletivo de Estudos em Marxismo e Educação. Em defesa da educação pública comprometida com a igualdade social: porque os trabalhadores não devem aceitar aulas remotas. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, 2020. Disponível em:http://www.colemarx.com.br/wp-content/uploads/2020/04/Colemarx-texto-cr%C3%ADtico-EaD-2.pdf. Acesso em: 08 mai. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.34037/978-989-54942-5-5_7_2.

COUTO, E. S.; COUTO E. S.; CRUZ, I. D. M. P. #fiqueemcasa: educação na pandemia da COVID-19. Educação, v. 8, n. 3, p. 200-217, 2020. DOI: https://doi.org/10.17564/2316-3828.2020v8n3p200-217.

CUNHA, L. F. F. da; SILVA, A. de S.; SILVA, A. P. da. O ensino remoto no Brasil em tempos de pandemia: diálogos acerca da qualidade e do direito e acesso à educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 3, p. 27-37, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2020v8n3p200-217.

DA SILVA, M. J. S.; DA SILVA, R. M. Educação e ensino remoto em tempos de pandemia: desafios e desencontros. Campina Grande: Realizeventos, 2021. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/editora/ebooks/conedu/2020/ebook3/TRABALHO_EV140_MD7_SA100_ID1564_06092020174025.pdf. Acesso em: 01 fev. 2022. DOI: http://dx.doi.org/10.48209/978-65-desa9-52-3.

DOS SANTOS, V. A. et al. O uso das ferramentas digitais no ensino remoto acadêmico: desafios e oportunidades na perspectiva docente. In: Proceedings of the VII Congresso Nacional, de Educação, Conedu, Edição Online. 2020. p. 15-17. DOI: http://dx.doi.org/10.54265/amon2623.

DUARTE, A. W. B.; HYPOLITO, Á. M. Docência em tempos de Covid-19: uma análise das condições de trabalho em meio a pandemia. Retratos da Escola, v. 14, n. 30, p. 736-752, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v14i30.1207.

FERREIRA, A. R.; GONÇALVES, D. Políticas educativas em tempos de COVID em Portugal: que relação com a igualdade, equidade e inclusão em educação?. Revista Galega de Educación, n. esp., p. 49-52, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.5753/RBIE.2020.28.0.1013.

FONTOURA, J. S. D. de A. A efetivação do direito à educação com qualidade social: o início do contexto pandêmico no estado do Rio Grande do Sul na percepção de gestores escolares. REPOD - Revista Educação e Políticas em Debate, v. 10, n. 3, p. 1072-1089, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.14393/repod-v10n3a2021-62228.

GALZERANO, L. S. Políticas educacionais em tempos de pandemia. Argumentum, v. 13, n. 1, p. 123-138, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.47456/argumentum.v13i1.33045.

GESTRADO-CNTE. Grupo de Estudos sobre Política Educacional e Trabalho Docente (GESTRADO). Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Trabalho docente em tempos de pandemia: relatório técnico. Belo Horizonte: GESTRADO, 2020. Disponível em: https://gestrado.net.br/wp-content/uploads/2020/08/cnte_relatorio_da_pesquisa_covid_gestrado_v03.pdf. Acesso em: 8 set. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.35417/978-65-991247-1-6_13.

GONÇALVES, G. B. B.; GUIMARÃES, J. M. de M. Aulas remotas, escolas vazias e a carga de trabalho docente. Retratos da Escola, v. 14, n. 30, p. 772-786, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v14i30.1203.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP. Pesquisa resposta educacional à pandemia de COVID-19. Brasília: INEP, 2021. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/pesquisas-estatisticas-eindicadores/censo-escolar/pesquisas-suplementares/pesquisa-covid-19. Acesso em: 09 jul. 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.29215/pecen.v6i1.1872.

LACERDA, T. E.; JUNIOR, R. G. Educação remota em tempos de pandemia: ensinar, aprender e ressignificar a educação. Paraná: Editora BAGAI, 2021.

MENDES, C. L.; SOUTO, T. A. O ensino remoto em Minas Gerais: uma análise pelo ciclo de políticas. Devir Educação, ed. esp., p. 384-408, 2021.

DOI: http://dx.doi.org/10.30905/rde.v0i0.460.

NUNES, E. A.; CARVALHO, R. F. de; VIZOLLI, I. Direito à educação: Gestão democrática e políticas públicas em tempo de pandemia/COVID-19 no Estado do Tocantins. Revista Brasileira de Educação do Campo, v. 5, p. e10680-e10680, 2020. DOI: https://doi.org/10.20873/uft.rbec.e10680

NUNES, K. de C. S.; REZENDE, V. M. DOSSIÊ: Direito à educação básica e superior em tempos de pandemia–políticas de permanência e qualidade. REPOD - Revista Educação e Políticas em Debate, v. 10, n. 3, p. 980-987, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.20873/uft.rbec.e10680

OLIVEIRA, D. A.; JUNIOR, E. A. P. Trabalho docente em tempos de pandemia: mais um retrato da desigualdade educacional brasileira. Retratos da escola, v. 14, n. 30, p. 719-734, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v14i30.1212.

PALÚ, J. A crise do capitalismo, a pandemia e a educação pública brasileira: reflexões e percepções. Desafios da educação em tempos de pandemia. Cruz Alta: Ilustração, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.46550/978-65-991146-9-4.

PERES, M. R. Novos desafios da gestão escolar e de sala de aula em tempos de pandemia. Revista de Administração Educacional, v. 11, n. 1, p. 20-31, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.51359/2359-1382.2020.246089.

RABELLO, M. E. Lições do coronavírus: ensino remoto emergencial não é EAD. Revista Desafios da Educação. [Online]. Abril/ 2020. Disponível: https://desafiosdaeducacao.grupoa.com.br/coronavírus-ensino-remoto/. Acesso em: 05 de jun. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.15202/1981-1896.v27n54p167.

RANIERI, N. B. S.; ALVES, A. L. A. Direito à educação e direitos na educação. São Paulo: Cátedra UNESCO de Direto à Educação -USP, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/9788553062003.

SAMPAIO, R. M. Práticas de ensino e letramentos em tempos de pandemia da COVID-19. Research, Society and Development, v. 9, n. 7, p. e519974430, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4430.

SANTANA, C. L. et al. Aula em casa: educação, tecnologias digitais e pandemia COVID-19. Educação, v. 10, n. 1, p. 75-92, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.17564/2316-3828.2020v10n1p75-92.

SEMERARO, G. “Crise orgânica” e luta de classes em Gramsci (2016). Disponível em: http://igsbrasil.org/praxis/edicao-1/crise-organica-e-luta-de-classes-em-gramsci/. Acesso em: 16 set. 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.36311/2526-1843.2016.v1n1.p13-24.

SIQUEIRA, R. M.; DOURADO, L. F. Trabalho e formação de professores/as: retrocessos e perdas em tempos de pandemia. Retratos da Escola, v. 14, n. 30, p. 842-857, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v14i30.1211.

United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization - UNESCO. Supporting learning recoveryone year into COVID-19: the global education coalition in action. Paris: UNESCO, 2021. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000376061. Acesso em: 20 maio 2021.

VIEIRA, M. de F.; DA SILVA, C. M. S. A Educação no contexto da pandemia de COVID-19: uma revisão sistemática de literatura. Revista Brasileira de Informática na Educação, v. 28, p. 1013-1031, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.5753/rbie.2020.28.0.1013.

VIEIRA, A. C.; DE ARAÚJO, M. E. Como o estado de Minas Gerais está trabalhando para alcançar o objetivo “Educação de Qualidade”, no contexto da pandemia de COVID-19. Educação Sem Distância-Revista Eletrônica Da Faculdade Unyleya, v. 1, n. 4, p.1-11, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.14393/ufu.di.2023.330.

VIEIRA, L.; RICCI, M. C. A educação em tempos de pandemia: soluções emergenciais pelo mundo. Santa Catarina: Observatório do Ensino Médico em Santa Catarina, 2020. Disponível em:https://www.udesc.br/arquivos/udesc/id_cpmenu/7432/EDITORIAL_DE_ABRIL___Let_cia_Vieira_e_Maike_Ricci_final_15882101662453_7432.pdf. Acesso em: 10 jun. 2022. DOI: http://dx.doi.org/10.29183/2596-237x.ensus2023.v11.n4.p150-162.

ZIENTARSKI, C. et al. Trabalho docente em tempos de pandemia: a realidade vivenciada por professores e equipes gestoras de instituições de ensino da região metropolitana de Fortaleza/CE. Revista Educação e Políticas em Debate, v. 10, n. 3, p. 1012-1036, 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.14393/repod-v10n3a2021-62165.

ZIZEK, S. Pandemia: COVID-19 e a reinvenção do comunismo. São Paulo: Boitempo, 2020.

Downloads

Publicado

2024-04-29

Como Citar

GOMIDES, B. B.; SILVA, M. S. P. da. Sistema de ensino e pandemia COVID-19: ensino remoto, desafios e política educacional brasileira. Revista Educação e Políticas em Debate, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 1–19, 2024. DOI: 10.14393/REPOD-v13n2a2024-69978. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/69978. Acesso em: 22 jul. 2024.

Edição

Seção

DEMANDA CONTÍNUA