As relações entre imaginação e planejamento nos processos de criação coletiva das Políticas Públicas em Educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-57685

Palavras-chave:

Planejamento, Políticas Públicas, Desenvolvimento Humano, Teoria Histórico-Cultural, Imaginação e criação

Resumo

O presente artigo propõe realizar uma articulação entre bibliografias referentes às temáticas acerca do Planejamento em Políticas Públicas de Educação e o Desenvolvimento Humano a partir da Teoria Histórico-Cultural, sobretudo a dimensão da imaginação e criação. Para isso, relacionamos os conceitos de trabalho, atividade criadora, produção imaginária e planejamento, destacando as aproximações desses conceitos e a relevância deles para a elaboração de Políticas Públicas em Educação que tenham como foco o coletivo. Acreditamos que a inadaptação faz com que os sujeitos mobilizem potências criadoras e que o planejamento tem relação com esse processo, pois pressupõe desenhos de futuro que, se críticos, podem articular coletivos e contribuir com a transformação da realidade e emancipação humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Carolina Nascimento Dias, Universidade Estadual de Campinas - Brasil

Mestre em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMPINAS); doutoranda em Psicologia e Educação na Universidade Estadual de Campinas – FE/UNICAMP.

Referências

BRYAN, N.A.P. A Economia da Educação como disciplina e área de pesquisa. Notas de aulas. UNICAMP, 2019.

CARAZZATO, J. Planejamento público: a contribuição teórico-metodológica de Carlos Matus. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, 2000.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. Comum: ensaio sobre a revolução no século XXI. Tradução de Mariana Echalar. 1. ed. São Paulo: Boitempo, 2017.

ESTRADA, R. Os rumos do planejamento estratégico na universidade pública. Um estudo de caso na Universidade Federal de Santa Maria. 2000. 206 p. Tese de Doutorado – UFSC, Florianópolis, 2000. DOI: https://doi.org/10.20872/24478407/regmpe.v4n3p33-52.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 9. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002. DOI: https://doi.org/10.22294/eduper/ppge/ufv.v9i3.1108.

FRIEDMANN, J. Planificación en el ámbito públic. Coleccion Estudios. Madrid,1991.

JESUS, W.L.A., et al. Planificação em saúde na América Latina: uma construção histórico-social. In: JESUS, WLA., and ASSIS, MMA., orgs. Desafios do planejamento na construção do SUS [online]. Salvador: EDUFBA, 2011, pp. 29-59. DOI: https://doi.org/10.7476/9788523211769.

KONDER, L. Marx – vida e obra. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

MARX, K. O Capital: Livro I. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K. & ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

MARX, K. Manuscritos Econômicos-Filosóficos. Lisboa: Edições 70, 2017.

MATUS, C. Política, Planejamento & Governo. Tomo I. Brasília: IPEA, 1993.

MESQUISTA, M.F.M. & COLEHO, M.H.M. Breve trajetória histórico-pedagógica do planejamento de ensino e da avaliação de aprendizagem. Dialogia, São Paulo, v.7, n.2, p.163-175, 2008. DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v7i2.1345.

PINO, A. A produção imaginária e a formação do sentido estético: Reflexões úteis para uma educação humana. Pro-Posições, v. 17, n. 2 (50), p. 47-69, maio/ago. 2006.

SAWAIA, B.B. & SILVA, D.N.H. Pelo reencantamento da Psicologia: em busca da positividade epistemológica da imaginação e da emoção no desenvolvimento humano. Caderno CEDES [online], 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/cc0101-32622015v35especial154115.

SAWAIA, B.B. Transformação social: um objeto pertinente à Psicologia Social? Psicologia & Sociedade, 26(2), 4-17, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/s0102-71822014000600002.

VIGOTSKI, L. S. Psicologia concreta do homem. Educação & Sociedade, v. 21, n. 71, p. 21-44, 2000.

VIGOTSKI, L. S. Imaginação e criação na infância. São Paulo: Ática, 2009.

VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas III: Historia del desarollo de las funciones psíquicas superiores (1931). Madrid: Editora A. Machado Libros, 2006 [1993].

Downloads

Publicado

2021-07-23

Como Citar

Dias, C. N. (2021). As relações entre imaginação e planejamento nos processos de criação coletiva das Políticas Públicas em Educação. Revista Educação E Políticas Em Debate, 10(2), 922–935. https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-57685

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua