Plano Municipal de Educação de Uberlândia - monitoramento e avaliação: desafios para a valorização da carreira docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v8n1a2019-48795

Palavras-chave:

Plano Municipal de Educação, Valorização da carreira docente, Monitoramento e avaliação

Resumo

Utilizando da pesquisa bibliográfica e documental descreve e analisa o processo de elaboração do Plano Municipal de Educação do município de Uberlândia- MG, em consonância com a previsão do Plano Nacional de Educação e sua posterior avaliação e monitoramento. O processo de elaboração mostrou os problemas do sistema educacional do município, permitindo uma ressonância das dificuldades que as educadoras e educadores vivenciam no cotidiano do trabalho docente, apontando os inúmeros desafios para a construção de uma educação de qualidade, includente que, muitas vezes, os números mascaram. Ressalta a mobilização social como possibilidade de materialização do plano. Finaliza apontando os desafios para a valorização da carreira docente a partir do processo de monitoramento e avaliação.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marina Ferreira de Souza Antunes, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

Doutora em Educação. Professora da Universidade Federal de Uberlândia na Faculdade de Educação Física e Fisioterapia.

Referências

ANTUNES, M. F. S.; JESUS, W. F. Plano Municipal de Educação de Uberlândia: políticas públicas e qualidade social da educação. In: Novaes, G. S.; Nunes, S. do C. (Org.). Rede Pública pelo Direito de Ensinar e Aprender: experiências coletivas de políticas públicas. 1ed. Uberlândia: Regência e Arte Editora, 2017, p. 39-54.

APPLE, M. W. Trabalho docente e textos: economia política das relações de classe e de gênero em Educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

BEHRING, E. Brasil em contra reforma: desestruturação do Estado e perda de direitos. São Paulo: Cortez, 2003.

BORDIGNON, Genuíno. Gestão da educação no município: sistema, conselho e plano. São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2009.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS. Conferência Nacional de Educação 2014 – CONAE - 2014. Disponível em: <http://conae2014.mec.gov.br/>. Acesso em: 19 jun. 2018.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INEP. PNE em Movimento: Construindo indicadores educacionais nos municípios. Brasília: Secretaria de Educação Básica, 2016a.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Plano Nacional de Educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 de jun. 2014.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA. Documento norteador para elaboração de Plano Municipal de Educação – PME. Brasília: Secretaria de Educação Básica, 2005.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA. PNE em Movimento: Cadernos de Orientações para monitoramento e avaliação dos Planos Municipais de Educação. Brasília: Secretaria de Educação Básica, 2016b.

DEPRESSÃO atingiu 1,9 mil educadores em Uberlândia. Disponível em: http://www.correiodeuberlandia.com.br/cidade-e-regiao/em-2014. Acesso em: 08/07/2018.

DIDONET, V. Plano Nacional de Educação. Brasília: Líber Livro, 2006.

DOURADO, L. F. Fracasso escolar no Brasil: políticas, programas e estratégias de prevenção ao fracasso escolar. Brasília: Ministério da Educação – Secretaria de Educação Infantil e fundamental, maio, 2005. Disponível em: <http://www.porlainclusionmercosur.educ.ar/documentos/Brasil.pdf>. Acesso em: 3 jul. 2018.

DOURADO, L. F. Plano Nacional de Educação: política de Estado para a educação brasileira. Brasília: Inep, 2016.

DOURADO, L. F. A institucionalização do sistema nacional de educação e o Plano Nacional de Educação: Proposições e disputas. Educação & Sociedade, Campinas, v. 39, nº. 143, p.477-498, abr.-jun., 2018.

FERREIRA, J. S.; ANTUNES, M. F. S.; MENDES, O. M. . O Plano Nacional de Educação: desafios a partir da construção do Plano Municipal de Educação de Uberlândia. Eccos Revista Científica (Online), v. 36, p. 29-47, 2015.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. de S. (Coord.) Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

GROCHOSKA, M.A. Políticas educacionais e a valorização do professor: carreira e qualidade de vida dos professores de educação básica do município de São José dos Pinhais/PR. 269f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2015.

HARGREAVES, A. Profesorado, cultura y postmodernidad: cambian los tempos, cambia el professorado. Madrid: Morata, 2003.

MONLEVADE, J. A. Plano Municipal de Educação: Fazer para acontecer. Brasília: Idéa Editora, 2002.

OLIVEIRA, D. A. O trabalho docente na América Latina: identidade e profissionalização. Retratos da escola, Brasília. v. 2, n. 2/3, p. 29-40, jan./dez. 2008.

RHEINHEIMER, A. de F. Política de formação continuada de professores: um olhar crítico para a busca de alternativas. 2006. 186 f. Dissertação (Mestrado acadêmico em Educação) - Centro de Ciências Humanas e da Comunicação, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2006.

SCHEIBE, L. Valorização e formação dos professores para a Educação Básica: questões desafiadoras para um novo Plano Nacional de Educação. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 112, p. 981-1000, jul./set. 2010.

SOUZA, Donaldo Bello de; MENEZES, Janaína Specht da Silva. Elaboração e aprovação de planos de educação no Brasil: do nacional ao local. Ensaio: avaliação em políticas públicas Educacionais, Rio de Janeiro, v. 23, n. 89, p. 901-936, dez. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362015000400901&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 23 Jul. 2018.

UBERLÂNDIA. Lei nº 12.209, de 26 de junho de 2015 que aprova o Plano Municipal de Educação para o decênio 2015/20125 e dá outras providências. Diário Oficial do Município, Uberlândia, MG, 26 de jun. de 2015.

Downloads

Publicado

2019-05-20

Como Citar

Antunes, M. F. de S. . (2019). Plano Municipal de Educação de Uberlândia - monitoramento e avaliação: desafios para a valorização da carreira docente. Revista Educação E Políticas Em Debate, 8(1), 19–36. https://doi.org/10.14393/REPOD-v8n1a2019-48795

Edição

Seção

Artigos