Metodologias ativas e docência no Ensino Superior: um cenário que demanda por competência pedagógica

Autores

  • João Wilson Savino Carvalho Universidade Federal do Amapá - UNIFAP - Amapá - Brasil https://orcid.org/0000-0002-5802-3120
  • Silvana Malusá Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil https://orcid.org/0000-0002-1054-2036
  • Alexandre Leite dos Santos Silva Universidade Federal do Piauí - UFPI - Piauí - Brasil http://orcid.org/0000-0002-8239-9240
  • Alexandre Fonseca Santos Fundação Uberlandense de Turismo Esporte e Lazer - FUTEL - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
  • Liliane Rodrigues Vaz Secretaria de Estado de Minas Gerais - SEEMG - Minas Gerais - Brasil
  • Fausto Reis Nogueira Secretaria de Estado de Minas Gerais - SEEMG - Minas Gerais - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-16

Palavras-chave:

Metodologias ativas, Ensino superior, Docência universitária

Resumo

Esse artigo tem como objetivo mostrar a importância das metodologias ativas no Ensino Superior e a necessidade, para a sua implantação, de competências pedagógicas do professor universitário. A pesquisa baseou-se na revisão da literatura científica e na aplicação de um questionário a 25 docentes, da área da saúde, de uma universidade mineira. Concluiu que as metodologias ativas estão em consonância com a formação crítica e reflexiva esperada pela educação superior, além de enriquecerem o espaço da sala de aula. Ademais, chegou-se à conclusão que o professor universitário necessita de um espaço permanente e dialógico para a construção da competência pedagógica que favoreça a introdução e o uso eficaz das metodologias ativas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

João Wilson Savino Carvalho, Universidade Federal do Amapá - UNIFAP - Amapá - Brasil

Doutor em Educação. Professor Associado da Universidade Federal do Amapá (Unifap). Graduado em
Filosofia, Psicologia e Direito. Especialista em Educação de Adultos (UFPB/PPGED/UFU).

Silvana Malusá, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

Professora Associada IV da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Doutora e Pós-doutora em Educação.
Coordenadora Pedagógica DINTER/UFU/UFPI. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Desenvolvimento
profissional e docência universitária: saberes e práticas educativas.

Alexandre Leite dos Santos Silva, Universidade Federal do Piauí - UFPI - Piauí - Brasil

Professor Efetivo na Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Picos. Doutor e Mestre em Educação.

Alexandre Fonseca Santos, Fundação Uberlandense de Turismo Esporte e Lazer - FUTEL - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil

Mestre em Educação Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Formação Inicial: Educação Física - Curso
de Graduação Universidade Federal de Uberlândia. Professor de Educação Física na Escola Estadual (pública)
em Uberlândia e como profissional de Educação Física na Fundação Uberlandense de Turismo Esporte e Lazer
(FUTEL).

Liliane Rodrigues Vaz, Secretaria de Estado de Minas Gerais - SEEMG - Minas Gerais - Brasil

Mestranda em Educação pela Universidade Federal de Uberlândia. Especialista em Inspeção e Supervisão
Escolar. Assessora Educacional da Prefeitura de Monte Carmelo-MG. Atua na Secretaria de Estado de Minas
Gerais (SEEMG).

Fausto Reis Nogueira, Secretaria de Estado de Minas Gerais - SEEMG - Minas Gerais - Brasil

Formado em Direito e Pedagogia pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Secretaria de Estado de
Minas Gerais (SEEMG).

Referências

ANDERSON, L. W. et al. A taxonomy for learning, teaching, and assessing: a revision of Bloom’s taxonomy of educationalobjectives. New York: Longman, 2001. ISBN 0-8013-1903-X.

BARBOSA, E. F.; MOURA, D. G. Metodologias ativas de aprendizagem na educação profissional e tecnológica. B.Tec. Senac, Rio de Janeiro, v. 39, n.2, p. 48-67, maio/ago. 2013. Disponível em: <http://www.senac.br/media/42471/os_boletim_web_4.pdf>. Acesso em: 16 abr. 2016.ISSN 2448-1483.

BERGER, P. L.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade:tratado de sociologia do conhecimento. 24. ed. Trad. Floriano S. Fernandes. Petrópolis: Vozes, 2004.ISBN 85-324-9588-2.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido.54. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.ISBN 978-85-7753-164-6.

GEMIGNANI, E. Y. M.Y.. Formação de professores e Metodologias Ativas de Ensino-Aprendizagem: Ensinar para a compreensão. Revista Fronteirasda Educação:Recife-PE,v.1,n.2,2012.Disponível em: <http://www.fronteirasdaeducacao.org/index.php/fronteiras/article/view/14>. Acesso em: 28 mai. 2016 00:25.ISSN: 2237-9703.

GIL, A.C. Didática do ensino superior. São Paulo: Atlas, 2007.ISBN 978-85-224-4392-5.

MALUSÁ, S. Investigação sobre a atualização docente no ensino superior. In: MALUSÁ, S.; FELTRAN, R. C. S. (org.). A prática da docência universitária.São Paulo: Factash Editora, 2003.ISBN 85-89909-05-0.

MASETTO, M. T. Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003a. ISBN 978-85-323-0831-3.

MASETTO, M. T. Professor universitário: um profissional da educação na atividade docente. In:______. Docência na universidade. 6.ed. Campinas, SP: Papirus, 2003b.ISBN 85-308-0509-7.

MASETTO, M. T. Docência universitária: repensando a aula. In: TEODORO, A.; VASCONCELOS, M. L. (org.). Ensinar e aprender no ensino superior: por uma epistemologia da curiosidade na formação universitária. 3.ed. São Paulo: Universidade Presbiteriana Mackenzie; Cortez, 2012.ISBN 978-85-249-1995-4.

MAZUR, E. Peer instruction: a revolução da aprendizagem ativa. Trad. Anatólio Laschuk. Porto Alegre: Penso, 2015.ISBN 978-85-8429-062-8.

MOTA, R.; SCOTT, D. Educando para a inovação e aprendizagem independente.Rio de Janeiro: Elsevier, 2014.ISBN 978-85-352-7039-6.

REY, F. L. G. La subjetividad social y su expresión en la enseñanza. Temas em Psicologia, n.3, p. 95-107, 1997.ISSN 1413-389X.

VASCONCELOS, M. L. M. C. Contribuindo para a formação de professores universitários: relato de experiências. In: MASETTO, M. T. Docência na universidade.6.ed. Campinas, SP: Papirus, 2003b.ISBN 85-308-0509-7.

ZABALZA, M. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Trad. Ernani Rosa. Porto Alegre: Artmed, 2004.ISBN 978-85-363-0214-0.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

Carvalho, J. W. S., Malusá, S., Silva, A. L. dos S., Santos, A. F., Vaz, L. R., & Nogueira, F. R. (2018). Metodologias ativas e docência no Ensino Superior: um cenário que demanda por competência pedagógica. Revista Educação E Políticas Em Debate, 7(3), 563–575. https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-16

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua