Educação pela amorosidade: uma alternativa para a escola pública no Amapá?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-10

Palavras-chave:

Educação Continuada, Sociabilidade Violenta, Escola pública

Resumo

Trata-se de um estudo que tem fundamento no pensamento dialético de Maria Cecília Minayo e categoria de análise as representações da “baixada”, tal como projetadas na linguagem dos alunos das escolas públicas localizadas no seu entorno, e que analisa o trabalho e as perspectivas do Grupo de Educação Continuada, uma equipe de professores que, com base nas formulações de Humberto Maturana e no pensamento complexo, vem desenvolvendo práticas educativas de entrelaçamento da dimensão amorosa e cognitiva nas escolas públicas do Amapá. O estudo foca principalmente as possibilidades dessa prática na abordagem da sociabilidade violenta na escola pública do Amapá, a partir do material didático produzido pelo Grupo e dos resultados de sua aplicação em escolas públicas do Estado.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

João Wilson Savino Carvalho, Universidade Federal do Amapá - UNIFAP - Amapá - Brasil

Professor de Filosofia Geral e Jurídica da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP, Macapá (AP). Doutor
em Educação pelo PPGED/Faced/UFU.

Geraldo Inácio Filho, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia -
PPGED/Faced/UFU. Pós-Doutorado na Universidade de Lisboa. Pesquisador CNPQ, Uberlândia (MG).

Referências

AMAPÁ. Secretaria de Estado de Educação. Religando o Conhecer ao Viver – Revista de Educação Continuada, nº 01 –SEED/AP. Avaliação: Mundos a Compartilhar. SET/2004.

AMAPÁ. Secretaria de Estado de Educação. Religando o Conhecer ao Viver – Revista de Educação Continuada, nº 02 –SEED/AP. Ser Sendo Com o Coração na Totalidade. SET/2007.

BOLZAN, D. P. V.;POWACZUC, A.C.H.Docência Universitária: a construção da professoralidade. RBFP, ISSN 1984-5332 - Vol. 1, n. 3, p.90-104, Dezembro/2009.

CARVALHO, J. W. S. Instituto de Educação do Amapá:uma história de educação pelo exemplo. 2012. 220 p. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal de Uberlândia, 2012.

CHARTIER, R. A História Cultural: entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Difel, Ed. Bertrand Russel, 1990.

JAPIASSU, H.& MARCONDES, D.Dicionário de Filosofia. Rio: Zahar, 2001.

LUCENA, Carlos. Relatório de Pós-doc apresentado à Universidade Federal de São Carlos, 2011 (Mimeo).

MATURANA, H.R. & VARELA, F.J.A Árvore do Conhecimento: as bases biológicas da compreensão humana. São Paulo, Pala Athenas, 2001.

MINAYO, M.C.de S. O desafio do conhecimento: Pesquisa qualitativa em saúde. 1ª ed. São Paulo: Hucitec-Abrasco, 1993.

MINAYO, M.C.de S. Hermenêutica-dialética como caminho do pensamento social. In: MINAYO, M.C.S.; DESLANDES, S.F. Caminhos do pensamento: epistemologia e método. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz, 2002.

PORTO, J. L.R.;COSTA, M.A Área de Livre Comércio de Macapá e Santana: questões geoeconômicas. Macapá. O Dia S.A., 1999.

RABELO, M. G. L.;FERREIRA, N. R. IETA, Metodologia: construção, reconstrução e prática. 2001 (mimeo).

SILVA, M. J.C.Gestão participativa, uma experiência vívida e vivida. (Mimeo), 2001.

SOUZA, O.A.;CORRÊA, E.Educação no IETA: Contexto histórico e Evolução. 2001 (Mimeo).

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

Carvalho, J. W. S., & Filho, G. I. (2018). Educação pela amorosidade: uma alternativa para a escola pública no Amapá?. Revista Educação E Políticas Em Debate, 7(3), 482–499. https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-10

Edição

Seção

Dossiê: Formação inicial e continuada de profissionais da educação: vieses políticos necessários