Da formação humanística do mediador cultural Ozildo Albano às suas práticas educativas no sertão piauiense (1952-1989)

Autores

  • Welbert Feitosa Pinheiro Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil
  • Sônia Maria dos Santos Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil https://orcid.org/0000-0003-3972-1449

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-09

Palavras-chave:

Formação humanística, Prática educativa

Resumo

O presente artigo trata do processo formativo e das práticas educativas do educador Ozildo Albano, evidenciadas entre os anos de 1952 a 1989, no Piauí. Buscou-se apresentar o modo de formação humanística por ele recebido, do ambiente familiar à universidade, e como isso refletiu em suas práticas educativas, nos vários espaços em que atuou, da escola fundada por ele ao museu no qual organizou. Adotou-se como suporte teórico Bourdieu (2006, 2007), Sirinelli (2003), Pomian (1984) e Eco (1993, 1994).

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Welbert Feitosa Pinheiro, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

Doutorando em Educação no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de
Uberlândia. Universidade Federal de Uberlândia – PPGED.

Sônia Maria dos Santos, Universidade Federal de Uberlândia - UFU - Minas Gerais - Brasil

Doutora em Educação. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de
Uberlândia. Universidade Federal de Uberlândia – PPGED.

Referências

ALBANO, Maria da Conceição Silva e SILVA, Albano (Orgs.). Picos nas anotações de Ozildo Albano.Picos-PI: Gráfica Brito, 2011.

BOURDIEU, Pierre. A ilusão biográfica. IN.: FERREIRA, Marieta de Morais e AMADO, Janaína (Orgs.). Usos e Abusos da História Oral.Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

BOURDIEU, Pierre. Os três estados do capital cultural. IN.: BOURDIEU, Pierre. Escritos de educação.9 ed. Petrópolis: Vozes, 2007.

DUARTE, Renato. Picos: os verdes anos cinquenta.2 ed. rev. ampl. Recife: Gráfica Ed. Nordeste, 1995.

ECO, Umberto. Seis passeios pelos bosques da ficção. Trad. Hildegard Feist. São Paulo: Companhia das Letras,1994.

ECO, Umberto. Leitura do texto literário-LECTOR IN FABULA. Trad. Mário Brito. Lisboa: 2 ed. Porto, 1993.

POMIAN, Krzysztof. Colecção. IN.:ENCICLOPÉDIA EINAUDI: MEMÓRIA-HISTÓRIA 1. Trad. Suzana Ferreira Borges. Imprensa Nacional –Casa da Moeda, 1984.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. IN.:Por uma história política. Trad. Dora Rocha. 2 ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.II.

Fontes orais

ALBANO, Maria da Conceição Silva. Entrevista concedida ao pesquisador WelbertFeitosa Pinheiro. Picos-PI, 14 de fev de 2017.

ALBANO, Maria Vanilda. Entrevista concedida ao pesquisador Welbert Feitosa Pinheiro. Picos-PI, 22 de nov de 2017.

SOUZA, Elízio Serafim de. Entrevista concedida ao pesquisador Welbert Feitosa Pinheiro.Picos-PI, 12 de ago 2016.

Downloads

Publicado

2018-12-21

Como Citar

Pinheiro, W. F., & Santos, S. M. dos. (2018). Da formação humanística do mediador cultural Ozildo Albano às suas práticas educativas no sertão piauiense (1952-1989). Revista Educação E Políticas Em Debate, 7(3), 470–481. https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v7n3a2018-09

Edição

Seção

Dossiê: Formação inicial e continuada de profissionais da educação: vieses políticos necessários