As políticas públicas para a educação infantil: realidade de um município do sudeste goiano

Autores

  • Janaina Cassiano Silva Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Heitor Abadio Vicente Universidade Federal de Goiás (UFG)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v6n1a2017-06

Palavras-chave:

Políticas Públicas, Educação Infantil, Psicologia Histórico-Cultural

Resumo

O objetivo geral deste artigo foi identificar e analisar as concepções de cuidado e ensino presentes no Projeto Político Pedagógico do município de Catalão/GO para a Educação Infantil à luz da Psicologia Histórico-Cultural. Foram tomados como objeto de estudo o Projeto Político Pedagógico (PPP) do município de Catalão/GO para a Educação Infantil, bem como os PPPs de três instituições municipais de educação infantil. As categorias de análise foram: cuidado, desenvolvimento infantil e ensino. O Projeto Político Pedagógico de Catalão/GO apresenta um panorama geral da educação infantil, diagnósticos e metas; enquanto os PPPs das instituições são mais específicos ao abordarem atividades a serem desenvolvidas na escola, bem como a infraestrutura da mesma.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Janaina Cassiano Silva, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Doutora em em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Docente no Curso de Psicologia (IBIOTEC) no Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEDUC) da Universidade Federal de Goiás (UFG), Regional Catalão (UFCAT). 

Heitor Abadio Vicente, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Mestrando em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEDUC) da Universidade Federal de Goiás (UFG), Regional Catalão (UFCAT).

Referências

ARCE, A. O Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil e o espontaneísmo: (re)colocando o ensino como eixo norteador do trabalho. In: ARCE, A; MARTINS, L. M. (Org.). Quem tem medo de ensinar na educação infantil? em defesa do ato de ensinar. Campinas: Alínea, 2007b. p. 13-36.

BARBOSA, I. G.; ALVES, N.N. de L.; MARTINS, T. A. T. O professor e o trabalho pedagógico na educação infantil. In: LIBÂNEO, J. C.; SUANNO, M. V. R.; LIMONTA, S. V. (Org.) Didáticas e práticas de ensino:texto e contexto em diferentes áreas do conhecimento. Goiânia: CEPED/Editora PUC Goiás, 2011. p. 133-149.

CATALÃO. Secretaria Municipal de Educação. Proposta Pedagógica Global da Rede Municipal de Ensino de Catalão/GO. Catalão: SME, 2011a.

CATALÃO. Secretaria Municipal de Educação. Plano Municipal de Educação–Catalão/Goiás. Catalão: SME, 2011b.

CATALÃO. Projeto Político Pedagógico Escola 1. Catalão: SME, 2013a.

CATALÃO. Projeto Político Pedagógico Escola 2. Catalão: SME, 2013b.

CATALÃO. Projeto Político Pedagógico Escola 3. Catalão: SME, 2013c.

CELLARD, A. A análise documental. In: POUPART. J. (Org.) A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Vozes, 2008. p. 295-316.

DAVIDOV, V. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico. Traducido del ruso por Marta Shuare. Moscou: Editorial Progresso, 1988.

ELKONIN, D. B. Desarrollo psíquico de los niños. In: Smirnov, A. A; (Org.). Psicologia. Traducción por Florencio Villa Landa. 3.ed. México: Editorial Grijalbo, 1969. p. 493-560.

FACCI, M. G. D. A Periodização do Desenvolvimento Psicológico Individual na perspectiva de Leontiev, Elkonin e Vigotski. Cadernos Cedes, Campinas, v. 24, n. 62, p. 64-81, abril, 2004.

MARTINS, L. M. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico cultural e da pedagogia histórico-crítica. 250f. 2011. Tese de Livre-Docência. Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus Bauru, 2011.

MARX, K. Prefácio da Segunda Edição. In: MARX, K. O capital: crítica da economia política. Tradução de Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. São Paulo: Abril, 1983 (Os Economistas). p. 15-21.

PASQUALINI, J. C. O papel do professor e do ensino na educação infantil: a perspectiva de Vigotski, Leontiev e Elkonin. In: MARTINS, L. M.; DUARTE, N. (Orgs.) Formação de professores: limites contemporâneos e alternativas necessárias [online]. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010. p. 161-191.

SAVIANI, D.Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 9. ed. Campinas: Autores Associados, 2005. (Coleção educação contemporânea).

SILVA, J. C. Práticas educativas:a relação entre cuidar e educar e a promoção do desenvolvimento infantil à luz da Psicologia Histórico-Cultural. 2008. 214f. Dissertação (Mestrado em Educação Escolar) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2008.

VIGOTSKII, L. S. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKII, L. S; LURIA, A. R; LEONTIEV, A.N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. Tradução de Maria da Panha Villalobos. São Paulo: Ícone, 2006. p.103-118.

Downloads

Publicado

2019-01-23

Como Citar

Silva, J. C., & Vicente, H. A. (2019). As políticas públicas para a educação infantil: realidade de um município do sudeste goiano. Revista Educação E Políticas Em Debate, 6(1). https://doi.org/10.14393/REPOD.issn.2238-8346.v6n1a2017-06

Edição

Seção

Dossiê: Políticas educacionais para a educação infantil: dilemas atuais