Implicações da revolução dos sistemas de informação e da informática na contemporaneidade: o problema da inclusão digital como política pública

Autores

  • Ana Claudia J. Peixoto de Medeiros Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Gabriel M. Palafox Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v5n2a2016-45395

Palavras-chave:

Plano de Ações Articuladas, Democratização da gestão, Educação municipal de Altamira

Resumo

O presente trabalho buscou compreender como as políticas públicas de inclusão digital do sistema educacional brasileiro têm sido idealizadas. Trata-se de um estudo bibliográfico, cujo percurso metodológico parte de uma avaliação dos aspectos condicionantes dos processos de exclusão digital e de um levantamento da situação brasileira frente à necessidade de elaboração de políticas de inclusão e educação digital, como pensadas por Mendes (2013). Em seguida, tomando os conceitos de inclusão digital induzida e espontânea, elaborados por Costa (2006), procurou-se compreender como se dão os processos de implementação de tais políticas para, ao final, situá-las essas no sistema público de ensino brasileiro, tendo como referência os estudos de Porcaro (2006).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Ana Claudia J. Peixoto de Medeiros, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutoranda em Educação, PPGED/UFU e professora da Rede Municipal de Uberlândia do Estado de Minas Gerais.

Gabriel M. Palafox, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutor em Educação e Curriculo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Professor Titular da Universidade Federal de Uberlândia no Programa Pós-graduação em Educação (PPGED/UFU).

                                                                    

Referências

ANTUNES, R. (Org.). Riqueza e miséria do trabalho no Brasil. São Paulo: Boitempo, 2006.

ARRUDA, E. E. de; RASLAN, V. G. da S. A implementação do Programa Nacional de Informática na Educação (PROINFO), no Brasil e no Estado do Mato Grosso do Sul, no período de 1997 a 2006. [2007]. Disponível em: <http://www.histedbr.fae.unicamp.br/acer_histedbr/jornada/jornada7/_GT2%20PDF/A%20IMPLEMENTA%C7%C3O%20DO%20PROGRAMA%20NACIONAL%20DE%20INFORM%C1TICA%20NA.pdf>. Acesso em: 2 ago. 2012.

BARROS, L. V. O Estado (in) transparente: limites do direito à informação socioambiental no Brasil. 2008. Tese (doutorado) – UnB, Brasília, 2008.

CHIZZOTTI, A. Currículo por competência: ascensão de um no paradigma curricular. Revista Educação e Filosofia Uberlândia, Uberlândia, v. 26, n. 52, p. 429-448, jul./dez. 2012.

CORREA, R. de A. A construção social dos programas públicos de inclusão digital. 2007. Dissertação (Mestrado) - UNB, Brasilia, 2007.

COSTA, L. F. Inclusão Digital: conceitos, modelo e semânticas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 29., 2006, Brasília, Resumos... Brasília, DF, 2006. Disponível em: <http://www.in-tercom.org.br/papers/nacionais/2007/errata2006/R1485-1.pdf>. Acesso em: 31 jul. 2012.

FALEIROS, V. de P. O que é política social. 5ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1991.

FERREIRA, R. da S. A sociedade da informação no Brasil: um ensaio sobre os desafios do Estado. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 32, n. 1, p. 36-41, jan./abr. 2003.

LIMA, A. B. de. A natureza social das políticas sociais. Uberlândia, 2010. Mimeografado. MACEDO, E. F. de. Novas Tecnologias e Currículo. In.: MOREIRA, A. F. B. (Org.). Currículo: questões atuais. Campinas, SP: Papirus, 1997. p. 39-58.

MAIGRET, E. Sociologia da comunicação e das mídias. Tradução de Marcos Magno. São Paulo: Ed. Senac, 2010.

MATTOS, F. A. M. de. Desafios para a inclusão digital no Brasil. Perspectivas em Ciências da informação, Belo Horizonte, v. 13, n.1, p. 67-94, jan./abr. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pci/v13n1/v13n1a06.pdf>. Acesso em: 31 jul. 2012.

MENDES, A. T. Educação Digital. Disponível em <http://www.brasilescola.com/educacao/educacao-digital.htm>. Acesso em: 10 jan. 2013.

NERI, M. C. Mapa da Exclusão Digital. Rio de Janeiro: FGV/IBRE, CPS, 2003. Disponível em: <http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/defaut/bndes_pt/Arquivos/bf_bancos/e0002091.pdf>. Acesso

em: 31 jul. 2012.

PORCARO, R. M. Tecnologias da Comunicação e Informação e Desenvolvimento: Políticas e Estratégias de Inclusão Digital no Brasil. Rio de Janeiro: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão/IPEA, 2006. Disponível em: <http://desafios.ipea.gov.br/pub/td/2006/td_1147.pdf> Acesso em: 2 jun. 2011.

SILVA, C. da S.; RODRIGUES M. de M. Política de Inclusão Educacional: elementos de um discurso de domesticação e ajustamento no ambiente educacional. In.: SILVA, M.V.; CORBALÁN, M. A. Dimensões Políticas da Educação Contemporânea. Campinas, SP: Editora Alínea, 2009.

SILVA, M. V.; LIMA, I. R. da S. Globalização e Educação: impactos na educação docente e na dimensão do multiculturalismo. In.: SILVA, M.V.; CORBALÁN, M. A. Dimensões Políticas da Educação Contemporânea. Campinas, SP: Editora Alínea, 2009.

Downloads

Publicado

2016-12-20

Como Citar

MEDEIROS, A. C. J. P. de; PALAFOX, G. M. Implicações da revolução dos sistemas de informação e da informática na contemporaneidade: o problema da inclusão digital como política pública. Revista Educação e Políticas em Debate, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 241–253, 2016. DOI: 10.14393/REPOD-v5n2a2016-45395. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/45395. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos