GESTÃO E INTERSETORIALIDADE NO ATENDIMENTO ESCOLAR EM AMBIENTE HOSPITALAR

Autores

  • Armando de Castro Cerqueira Arosa Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Rosana Ribeiro FME- Niteroi

Resumo

O presente texto é parte do resultado de pesquisa que busca compreender a interface entre as políticas sociais na cidade de Niteroi, Rio de Janeiro. Tem como objetivo trazer alguns elementos acerca do atendimento educacional a crianças e jovens hospitalizados, desenvolvido em Classes Hospitalares, com foco nos paradigmas de gestão e da intersetorialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Armando de Castro Cerqueira Arosa, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor do Departamento de Administração Educacional da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ; com graduação em Pedagogia e Letras (Português-Literatura), Doutorado em Educação, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Referências

BONAMINO, Alicia Maria Catalano de. O público e o privado na educação brasileira inovações e tendências a partir dos anos de 1980. Revista Brasileira de História da Educação, n° 5 jan./jun. 2003. Disponível em: www.rbhe.sbhe.org.br/index.php/rbhe/article/download/235/242, Acesso em 20 de outubro de 2014.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, out. 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em 14 de setembro de 2014.

BRASIL. LEI Nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8080.htm. Acesso em 18 de dezembro de 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Classe hospitalar e atendimento pedagógico domiciliar: estratégias e orientações. / Secretaria de Educação Especial. Brasília: MEC, SEESP, 2002.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria-Executiva. Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. Humaniza SUS: Política Nacional de Humanização: a humanização como eixo norteador das práticas de atenção e gestão em todas as instâncias do SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2004.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Da administração Pública à Gerencial. Revista do Serviço Público, 47(1) janeiro-abril 1996. Trabalho apresentado ao seminário sobre Reforma do Estado na América Latina organizado pelo Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado e patrocinado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (Brasília, maio de 1996) In: http://www.bresserpereira.org.br/papers/1996/95.AdmPublicaBurocraticaAGerencial.pdf.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Uma nova Gestão para um novo Estado: liberal, social e republicano. Revista do Serviço Público, 52 (1), janeiro 2001: 5- 24. The 2001 John L. Manion Lecture, Ottawa, Canadá. In: http://www.bresserpereira.org.br/ver_file.asp?id=1220.

DOURADO, Luis Fernandes. O público e o privado na agenda educacional brasileira. In: Gestão da Educação: impasses, perspectivas e compromissos. FERREIRA, Naura Syria Carapeto e AGUIAR, Marcia Angela da S. (orgs). São Paulo: Ed. Cortez, 2011.

FERRIANI, Maria das Graças Carvalho. Saúde escolar: contradições e desafios. Goiânia: AB, 1997.

JUNQUEIRA, Luciano A. Prates. Descentralização, intersetorialidade e rede como estratégias de gestão da cidade. Revista FEA-PUC-SP. São Paulo, 1:57-72, nov. 1999.

KEINERT, Tânia Margarete Mezzomo. Administração Pública no Brasil: crises e mudanças de paradigmas. São Paulo: Annablume: FAPESP, 2000.

LEITE, Maria Ruth Siffert Diniz Teixeira e DUARTE, Vanda Catarina. Desafio da articulação entre políticas setoriais e intersetoriais: o caso da educação. X Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, Santiago, Chile, 18 - 21 Oct. 2005. <http://www.clad.org.ve/fulltext/0053051.pdf>.

PAULA, Ana Paula Paes. Por uma nova gestão Pública. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

SÁ, Jeanete L. Martins de (org.). Serviço Social e Interdisciplinaridade: dos fundamentos filosóficos à pratica interdisciplinar no ensino, pesquisa e extensão. 2° ed., São Paulo, Cortez, 1995.

SILVA, Benedicto. Coord. Geral. Antonio Garcia de Miranda Neto et ali. Dicionário de Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getúlio Vargas, 1987. 2ª edição.

XAVIER, Libania Nacif. Oscilações do público e do privado na história da educação brasileira. In: Revista Brasileira de História da Educação, n° 5 jan./jun. 2003.

Downloads

Publicado

2015-08-19

Como Citar

Cerqueira Arosa, A. de C., & Ribeiro, R. (2015). GESTÃO E INTERSETORIALIDADE NO ATENDIMENTO ESCOLAR EM AMBIENTE HOSPITALAR. Revista Educação E Políticas Em Debate, 4(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/revistaeducaopoliticas/article/view/31317

Edição

Seção

Dossiê Políticas de Educação Escolar em Contextos Hospitalares