APRIMORAMENTOS NUMÉRICOS DO MÉTODO DE ANÁLISE DE TEXTURA PELA DIMENSÃO FRACTAL OBTIDA PELO COEFICIENTE DE HURST

Conteúdo do artigo principal

Osmar Abílio de Carvalho Júnior
Nilton Correia da Silva
Renato Fontes Guimarães
Roberto Arnaldo Trancoso Gomes
Ana Paula Ferreira de Carvalho

Resumo

A geometria fractal torna-se uma alternativa a geometria euclidiana para a descrição de formas irregulares, rugosidade e textura de superfícies. A dimensão fractal tem sido utilizada, principalmente, no processamento de imagens médicas e observações microscópicas de morfologia de partículas. O presente trabalho objetiva implementar o algoritmo de detecção de padrão de textura utilizando o coeficiente de Hurst e avaliar o seu emprego em imagens de sensoriamento remoto. Esta abordagem considera uma relação de vizinhança complexa e bastante robusta. O algoritmo consiste em três etapas: (a) cálculo do número de classes de distância; (b) cálculo da amplitude e do desvio padrão para cada classe de distância; e (c) regressão linear entre o logaritmo da distância e o logaritmo da amplitude ou desvio padrão. No presente trabalho são realizados os seguintes aprimoramentos do algoritmo previamente descrito: (a) cálculo do Coeficiente de Hurst para qualquer dimensão de janela móvel, (b) permitir a adoção do desvio padrão como alternativa da amplitude, (c) geração das imagens referentes ao coeficiente linear, além do usual coeficiente angular; e (d) complementação da análise de textura com o emprego do algoritmo "no-maximumsuppression" (NMS) melhorando a delimitação das feições de borda. O método foi aplicado em imagens do sensor TM-Landsat na região Oeste da Bahia. Os resultados demonstram que este método é excelente na detecção de bordas, realçando os limites de plantações e estradas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Detalhes do artigo

Como Citar
CARVALHO JÚNIOR, O. A. de; SILVA, N. C. da; GUIMARÃES, R. F.; GOMES, R. A. T.; CARVALHO, A. P. F. de. APRIMORAMENTOS NUMÉRICOS DO MÉTODO DE ANÁLISE DE TEXTURA PELA DIMENSÃO FRACTAL OBTIDA PELO COEFICIENTE DE HURST. Revista Brasileira de Cartografia, [S. l.], v. 63, n. 4, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/44816. Acesso em: 21 maio. 2022.
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Osmar Abílio de Carvalho Júnior, Universidade de Brasilia - UnB

Universidade de Brasília

Nilton Correia da Silva, Centro Universitário de Anápolis (UniEVANG

Centro Universitário de Anápolis (UniEVANG

Renato Fontes Guimarães, Universidade de Brasília

Universidade de Brasília

Roberto Arnaldo Trancoso Gomes, Universidade de Brasília

Universidade de Brasília

Ana Paula Ferreira de Carvalho, Universidade de Brasília

Universidade de Brasília

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)