Na trama das experiências educativas e formativas emancipatórias

o risco do bordado da Rede Cooperativa de Ensino, Pesquisa e Extensão Popular em Escolas de Educação Básica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REP-2022-67082

Palavras-chave:

Processos Educativos, Educação Popular, Projetos de Intervenção

Resumo

Este texto apresenta narrativas refletidas sobre a criação e implementação da Rede Cooperativa de Ensino, Pesquisa e Extensão em Escolas de Educação Básica (RECEPE), em tempos de pandemia de Covid-19. Ele revela sinais das tramas de experiências educativas, formativas e coletivas dos encontros com profissionais da Rede de Educação Básica e de outros espaços formativos no movimento permanente de construção e desenvolvimento da referida Rede, no âmbito do município de Uberlândia-MG. Assim, em termos estruturais, o texto está organizado em três seções: a primeira retoma as narrativas de profissionais da educação básica cooperados da RECEPE, bem como o contexto de produção dessas narrativas, acompanhado das evidências da potencialidade da escuta interessada. A segunda traz as experiências anteriores à criação da RECEPE, e a terceira apresenta narrativas refletivas sobre ela. Por último, é preciso considerar que o trabalho no âmbito da RECEPE é colaborativo-solidário, que prima pela perspectiva de pesquisa militante, de extensão popular e ensino problematizador, pautando a elaboração e implementação de projetos interventivos de ensino, pesquisa e extensão que estejam em diálogo com os pressupostos da Educação Popular, em defesa de uma educação transformadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Zanquêta de Souza, Universidade de Uberaba

Doutor em Educação pela Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, Brasil; professor da Universidade de Uberaba; segundo líder do Grupo de Estudos e Pesquisa Educação na Diversidade para a Cidadania (GEPEDiCi/PPGE/Uniube-Uberaba); líder do Grupo de Pesquisa em Formação Docente, Direito de Aprender e Práticas Pedagógicas (FORDAPP/PPGEB/UNIUBE-Uberlândia); membro do Grupo de Pesquisa em Práticas Sociais e Processos Educativos (PSPE/PPGE/UFSCar); vice coordenador geral da Rede de pesquisadores sobre professores(as) da Região Centro-Oeste (REDECENTRO); fundador e coordenador da Rede Cooperativa de Ensino, Pesquisa e Extensão em escolas de Educação Básica (RECEPE). 

Gercina Santana Novais, Universidade de Uberaba

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo, Brasil; professora da Universidade de Uberaba, Minas Gerais, Brasil; líder do Grupo de Pesquisa Formação Docente, Direito de Aprender e Práticas Pedagógicas (FORDAPP).

Referências

BOFF, L. Saber cuidar: ética do humano: compaixão pela Terra. Petrópolis: Vozes, 1999.

BRANDÃO, C. R. Lutar com a palavra: escritos sobre o trabalho do educador. 2. ed. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985.

BRANDÃO, C. R. Vocação de criar: anotações sobre a cultura e as culturas populares. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 138, p. 715-746, set./dez. 2009. Doi: 10.1590/S0100-15742009000300003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/Ffs6C5NZSw7hMkkhbFm6Pbc/abstract/?lang=pt. Acesso em: 15 set. 2022.

CRUZ, P. J. S. C. Extensão popular: a reinvenção da universidade. In: VASCONCELOS, E. M.; CRUZ, P J. S. C. (org.). Educação popular na formação universitária: reflexões com base em uma experiência. São Paulo: Hucitec; João Pessoa: Editora da UFPB, 2011.

CRUZ, P. J. S. C. Extensão popular: situando a extensão universitária orientada pela educação popular. In: CRUZ, P. J. S. C. et al. Extensão popular: caminhos em construção. João Pessoa: CCTA, 2017.

CRUZ, P. J. S. C. Extensão popular: um jeito diferente de conduzir o trabalho social da Universidade. In: CRUZ, P. J. S. C. (org.). Educação popular na universidade. São Paulo: Hucitec; João Pessoa: Editora da UFPB, 2013.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

FREIRE, P. Educação e mudança. Tradução de Moacir Gadotti e Lilian Lopes Martin. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 34. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e terra, 2005.

HOLLIDAY, O. J. Paradigma e métodos de produção de conhecimento na educação popular freireana: a contribuição da sistematização de experiências. In: SCHÖNARDIE, P. A.; ULRICH, C. B.; ANDRIOLI, L. Â. (org.). Educação popular: epistemologias, diálogos e saberes. Foz do Iguaçu: CLAEC e-Books, p. 18-29, 2022.

MAGALHÃES, S. M. O. Entrevista - Maria Isabel da Cunha: Diálogos sobre a Pesquisa Colaborativa e em Rede: “o desafio de construir uma caminhada coletiva”. Ensino Em Re-Vista, Uberlândia, v. 29, p. e001, 2022. Doi: 10.14393/ER-v29a2022-1. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/emrevista/article/view/64650. Acesso em: 10 set. 2022.

NOVAIS, G. S.; NOVAIS, E. S As rodas de conversa, Uberlândia, 6 f. Mimeo, 2009.

SOUZA, T. Z. de. A extensão popular e a produção do conhecimento conversitário. Cad. Pesq., São Luís, v. 26, n. 2, p. 237-256, abr./jun., 2019. Doi: 10.18764/2178-2229.v26n2p237-256 Disponível em: https://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/11895. Acesso em: 10 set. 2022.

SOUZA, T. Z. de; NOVAIS, G. S. N. Colonialismo e colonialidade na educação: da denúncia ao anúncio da resistência propositiva popular. Debates em Educação, Maceió, v. 13, n. 31, p. 527-550, jan./abr. 2021. Doi: 10.28998/2175-6600.2021v13n31p527-550. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/ojs2-somente-consulta/index.php/debateseducacao/article/view/10544. Acesso em: 10 set. 2022.

SOUZA, T. Z. de; VASCONCELOS, V. O. de. Educação popular e extensão popular: militância, práxis e experiência. In: SOUZA, T. Z. de; NOVAIS, G. S. (org.). Universidade e educação básica: ensino, pesquisa e extensão em defesa de uma educação transformadora. Uberlândia: Navegando Publicações, 2021. p. 63-85.

Downloads

Publicado

2022-11-05

Como Citar

SOUZA, T. Z. de; NOVAIS, G. S. Na trama das experiências educativas e formativas emancipatórias: o risco do bordado da Rede Cooperativa de Ensino, Pesquisa e Extensão Popular em Escolas de Educação Básica. Revista de Educação Popular, Uberlândia, MG, p. 48–64, 2022. DOI: 10.14393/REP-2022-67082. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/67082. Acesso em: 9 dez. 2022.