Dinâmicas territoriais da expansão da fronteira da soja e da organização do trabalho no Sul do Maranhão

Autores

  • Sávio José Dias Rodrigues Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT91722592

Palavras-chave:

Dinâmica territorial, Reestruturação, Fronteira, Soja, Trabalho

Resumo

Análise das novas dinâmicas do território no atual contexto de expansão da fronteira agrícola da soja no sul do estado do Maranhão a partir da mudança no mercado de trabalho. A produção do território se dá com as novas relações de produção da agricultura da soja no Maranhão, assim o elemento ontológico do trabalho se coloca como importante para entender esse processo. O trabalho dentro do contexto de expansão da agricultura moderna da soja tende a se organizar obedecendo aos imperativos da nova ordem social que a agricultura capitalista vai trazer, ganhando características próprias para atender as demandas de acumulação impostas pela ordem social. O Estado cria instrumentos para a expansão da agricultura da soja, entendidos dentro da luta de classes (LEFEBVRE, 1978). A modernidade que aqui se funda nos padrões de produção vinculados a técnica, muda estes e impõe novas formas de relação com o mercado. A expansão da fronteira da moderna agricultura, cria uma nova região produtiva se faz de maneira a criar e recriar novas maneiras de exploração do trabalho por parte do modo de produção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sávio José Dias Rodrigues, Universidade Federal do Maranhão

Geógrafo-UFMA; Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente - UFC; Doutorando em Geografia UFRJ. Professor da UFMA, coordenação de Ciências Humanas, campus Pinheiro-MA

Downloads

Publicado

05-05-2014

Como Citar

RODRIGUES, S. J. D. Dinâmicas territoriais da expansão da fronteira da soja e da organização do trabalho no Sul do Maranhão . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 9, n. 17 Abr., p. 86–110, 2014. DOI: 10.14393/RCT91722592. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/22592. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos