Espaços produtivos da mandioca e seus usos em Cáceres/MT

Autores

  • Hermocinda Bassão da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Sandra Mara Alves da Silva Neves Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Santino Seabra Júnior Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Maria Antonia Carniello Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Ronaldo José Neves Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Jakeline Santos Cochev Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

DOI:

https://doi.org/10.14393/RCT71414169

Palavras-chave:

Manihot esculenta Crantz, Segurança alimentar e nutricional, Análise espacial, Agricultura urbana

Resumo

O objetivo deste estudo foi investigar os espaços produtivos da mandioca (Manihot esculenta Crantz) e seus usos, na área urbana de Cáceres/MT, visando contribuir nos trabalhos voltados para programas sociais e no planejamento participativo municipal. Utilizou-se como procedimentos metodológicos: técnica Bola de Neve para localizar os produtores de mandioca, entrevista com uso do formulário semi-estruturado para registro das informações e as Geotecnologias para espacialização do uso do solo destinado ao cultivo da mandioca. A coleta de dados possibilitou registrar 26 propriedades que cultivam a mandioca, distribuídas em 14 bairros, nas quais relacionamos 31 variedades de mandioca, com nomenclaturas diferentes. Foi observado que dentre as 98 citações de variedades de mandioca 32,7% referenciaram as denominações de Cacau. Dentre os diversos usos citados predominou o preparo culinário da sopa (80,8%), infere-se que essa preferência esteja associada a faixa etária dos participantes, pois 30,8% têm entre 51 à 60 anos e 26,9% entre 71 à 80 anos. Verificou-se também que a mandioca é produzida em pequenas áreas e principalmente em "fundo de quintais", a principal razão de sua prática em Cáceres/MT está diretamente relacionada a alimentação das famílias, portanto, ao consumo e subsistência das famílias produtoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hermocinda Bassão da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Acadêmica do curso de bacharelado em Agronomia da UNEMAT

Sandra Mara Alves da Silva Neves, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Profa Dra. Depto de Geografia do Campus Universitario de Cacerese/MT, Coordenadora do Laboratorio de Geotecnologias e Lider do Grupo de Pesquisa em Sensoriamento Remoto, Pesquisa e Ensino de Geografia - SERPEGEO. Credenciada no Programa de Pos-graduaçao em Meio Ambiente e Sistema de Produçao Agricola.

 

Santino Seabra Júnior, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Dr. em Agromia (Horticultura). Prof. do curso de agronomia da UNEMAT.

Maria Antonia Carniello, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Dra. em Ciências Biológicas (Botânica). Profa. do curso de Ciências Biológicas da UNEMAT

Ronaldo José Neves, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Dr em Geografia; Prof. do Depto de Geografia do Campus Universitario de Cacerese/MT, Integrante do Laboratorio de Geotecnologias e Membro do Grupo de Pesquisa em Sensoriamento Remoto, Pesquisa e Ensino de Geografia - SERPEGEO. Credenciada no Programa de Pos-graduaçao em Meio Ambiente e Sistema de Produçao Agricola.

Jakeline Santos Cochev, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Graduada em Geografia. Profa da rede pública de ensino do estado de Mato Grosso. Mestranda do Programa de Pós-graduação em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônico.

Downloads

Publicado

20-08-2012

Como Citar

SILVA, H. B. da; NEVES, S. M. A. da S.; SEABRA JÚNIOR, S.; CARNIELLO, M. A.; NEVES, R. J.; COCHEV, J. S. Espaços produtivos da mandioca e seus usos em Cáceres/MT . Revista Campo-Território, Uberlândia, v. 7, n. 14 Ago., 2012. DOI: 10.14393/RCT71414169. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/14169. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos