Colocações especializadas do setor feirístico

Autores

  • Ariane Dutra Fante Godoy Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.14393/Lex3-v2n1a2016-4

Palavras-chave:

Terminografia, Tradução, Corpora, Fraseologia

Resumo

O setor feirístico tem grande relevância no cenário econômico nacional e internacional e está em constante expansão, oferecendo oportunidades para as empresas tornarem-se conhecidas, expandirem seus negócios, gerarem empregos e aumentarem as suas receitas. Esse contexto estimula o surgimento de material especializado e cria a demanda por tradução. Para esse artigo propomos apresentar alguns exemplos de colocações verbais especializadas encontradas durante pesquisa realizada no mestrado para a elaboração do Glossário Bilíngue dos Termos Fundamentais do Setor Feirístico: Busca de Equivalências em Inglês (GODOY, 2014), para o uso de profissionais da área, pesquisadores, estudantes e, principalmente, intérpretes e tradutores. Para tanto, utilizamos como base teórica os conceitos e princípios da Terminologia Bilíngue e Equivalência Terminológica (DUBUC, 1985, 1992), da Teoria Comunicativa da Terminologia (CABRÉ, 1993, 1999) e da Linguística de Corpus (SINCLAIR, 1966; BERBER SARDINHA, 2004). Para desenvolver esse trabalho, reunimos corpora em português e em inglês (livros, artigos e revistas especializados, guias e manuais do expositor). Para a coleta das colocações utilizamos o software WordSmith tools (versão 6.0), desenvolvido por Mike Scott (2012), e as armazenamos em fichas criadas com o apoio da ferramenta Access 2010. Em seguida, procedemos à análise dos contextos e dos ganchos terminológicos para a busca e o estabelecimento das equivalências. Considerando a relevância da participação em feiras para a expansão das exportações e o crescimento da economia interna, essa pesquisa será útil não só para os profissionais do setor, mas também para tradutores e intérpretes que produzem textos orais e escritos sobre o referido domínio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ariane Dutra Fante Godoy, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - USP

Graduada em Letras com Habilitação em Tradutor pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) (2000). Especialista em Negócios Internacionais pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2006). Mestra em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) (2014). Doutoranda em Estudos da Tradução pela Universidade de São Paulo (USP) (2015). Linhas de pesquisa: Línguas Estrangeiras Modernas (Inglês, Francês e Italiano), Tradução, Terminologia e Linguística de Corpus.

Referências

BAKER, Mona. Corpora in translation studies: And overview and some suggestions for future research. Target, 7, 223-243, 1995.

BERBER SARDINHA, Tony. Linguística de Corpus. Manole, 2004.

BEVILACQUA, Cleci Regina. Unidades fraseológicas especializadas: estado da questão em relação a sua definição, denominação e critérios de seleção. In: TradTerm, 11, 2005, p. 237-253.

BOUTIN-QUESNEL, Rachel et al. Vocabulaire systématique de la terminologie. Québec: Publications du Québec, 1985. (Cahiers de l

DUBUC, Robert. Manuel pratique de terminologie. 2ªed. Québec: Linguatech, 1985.

EMBRATUR. Manual de Participação em Feiras Internacionais. Disponível em: Fonte:

FIRTH, John Rupert. Modes of meaning. In: FIRTH, J. R. (Ed.) Paper in Linguistics

GODOY, Ariane Dutra Fante. Glossário Bilíngue dos Termos Fundamentais do Setor Feirístico: Busca de Equivalências em Inglês. Dissertação de mestrado apresentada ao programa de pós-graduação em Estudos Linguísticos da Unesp, campus de São José do Rio Preto, 2014.

HAUSMANN, Franz Joseph. Kollokationen im deutschen Wörterbuch. Ein Beitrag zur Theorie des lexikographischen Beispiels

KOTLER, Philip. Administração de Marketing. São Paulo: Editora Pearson, 12 ed., 2006.

_____. Administração de Marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 5 ed. São Paulo: Atlas, 1998.

L´HOME, M.C; BERTRAND, C. Specialized lexical combinations: should they be described as collocations in terms of selectional restrictions? In: Proceedings. Ninth Euralex International Congress, p. 497-506, 2000.

ORENHA, Adriane. Unidades fraseológicas especializadas: colocações e colocações estendidas em contratos sociais e estatutos sociais traduzidos no modo juramentado e não juramentado. 2009. 282f. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos)

ORGANISATION INTERNATIONALE DE NORMALISATION. Terminologie

ORGANISATION INTERNATIONALE DE NORMALISATION. Travaux terminologiques

Orientações Básicas para participação em feiras internacionais. Disponível em: <http://wiki.apexbrasil.com.br/@api/deki/files/1354/=OrientacoesBasiçasParticipaçãoFeirasInternacionais.pdf

PAVEL, S; NOLET, D. Manual de Terminologia. Disponível em: http://www.translationbureau.gc.ca. Acesso em 26/09/2012. Hull: Ministério de Obras Públicas e Governamentais do Canadá, 2002.

SEBRAE. Manual de feiras e exposições. Disponível em:

SINCLAIR, J. M. Corpus, concordance and collocations. Oxford: Oxford University Press, 1991.

SCOTT, Mike. WordSmith Tools: version 6.0. Oxford: Oxford University Press, 2012.

TAGNIN, Stella Esther Ortweiller; VIANA, Vander (orgs.). Corpora no ensino de línguas estrangeiras. São Paulo: Hub Editorial, 2010.

TAGNIN, Stella Esther Ortweiller. (2004). Corpora: o que são e para quê servem. Disponível em <http://www.fflch.usp.br/dlm/comet/

_____. (2002). Os Corpora: instrumentos de auto-ajuda para o tradutor. In: Cadernos de Tradução IX. Florianópolis: UFSC. Disponível em: <http://www.cadernos.ufsc.br/online/9/stella.htm - notas

______. Collecting data for a bilingual dictionary of verbal collocations: from scraps of paper to corpora research. In: PALC

______. Convencionalidade e produção de texto: um dicionário de colocações verbais inglês/português; português/inglês. São Paulo, 1998, Tese (Livre-docência), FFLCH/USP.

Downloads

Publicado

13-06-2017

Como Citar

Fante Godoy, A. D. (2017). Colocações especializadas do setor feirístico. Revista GTLex, 2(1), 93–114. https://doi.org/10.14393/Lex3-v2n1a2016-4

Edição

Seção

Artigos