A regulamentação do Ensino Domiciliar (homeschooling) no Brasil e a racionalidade neoliberal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v11n2a2022-65398

Palavras-chave:

Educar na casa, Ensino Domiciliar, Escolarização, Homeschooling, Racionalidade neoliberal

Resumo

Objetiva-se mostrar os efeitos ético-políticos do discurso presente nos Projetos de Lei que preveem a regulamentação do Ensino Domiciliar no Brasil. E como este processo está diretamente relacionado a uma flexibilização da escolarização pública que irá configurar um ajustamento à racionalidade neoliberal. Com referência nos estudos de Michel Foucault e Sylvio Gadelha, propõe-se problematizar as concepções de educação que estão em questão nesse processo de regulamentação do Ensino Domiciliar. Buscaremos mostrar como essa modulação está diretamente atrelada à propagação de uma cultura empreendedora no campo educacional e favorece a difusão de uma ideia de liberdade individual que prescinde de valores como a solidariedade e a cooperação, em consonância com a dimensão pública de toda educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Talita Alcalá Vinagre, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Brasil

Doutoranda em Ciências Sociais pelo Programa de Estudos Pós-graduados da PUCSP. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.

Silvana Maria Corrêa Tótora, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - Brasil

Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo com Estágio pós-doutoral no Laboratoire d’études et de recherches sur les logiques contemporaines de la philosophie de l’Université Paris 8, Paris. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (professora do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da PUCSP). São Paulo, SP, Brasil. 

Referências

ASSOCIAÇÃO Nacional do Ensino Domiciliar (ANED). Disponível em: https://www.aned.org.br/. Acesso em 30 jul. 2021.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 4657/1994. Brasília: Câmara dos Deputados, 1994. Disponível em: www.camara.leg.br/propostas-legislativas/223311. Acesso em 28 jul. 2021.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 3518/2008. Brasília: Câmara dos Deputados, 2008. Disponível em: https://www.camara.leg.br/propostas-legislativas/398589. Acesso em: 26 jan. 2022.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 3179/2012. Brasília: Câmara dos Deputados, 2012. Disponível em: https://www.camara.leg.br/propostas-legislativas/534328. Acesso em 28 jul. 2021.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nª 3261/2015. Brasília: Câmara dos Deputados, 2015. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=80FBCF14A3938B59BF127E7C1C70F9CA.proposicoesWebExterno2?codteor=1404006&filename=Avulso+-PL+3261/2015. Acesso em 28 jul. 2021.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 2401/2019. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2198615. Acesso em 28 jul. 2021

CESAR, C. Deputados defendem educação domiciliar em solene na Câmara. Agência Câmara de Notícias, Brasília, 3 jun. 2019. Disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/559101-deputados-defendem-educacao-domiciliar-em-solene-na-camara/. Acesso em 28 jul. 2021.

CRISTALDO, H. Censo Escolar 2020 aponta redução de matrículas no ensino básico. Agência Brasil, Brasília, 29 jan. 2021. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2021-01/censo-escolar-2020-aponta-reducao-de-matriculas-no-ensino-basico. Acesso em 19 out. 2021.

CRISTALDO, H. Avança na câmara projeto sobre ensino domiciliar. Agência Brasil, Brasília, 10 jun. 2021. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2021-06/avanca-na-camara-projeto-sobre-ensino-domiciliar. Acesso em 31 jul. 2021.

FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. Org. e trad. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Editora Graal, 2004.

FOUCAULT, M. Segurança, território, população: curso dado no Collège de France (1977-1978). Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2008a.

FOUCAULT, M. Nascimento da Biopolítica: curso dado no Collège de France (1978-1979). Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2008b.

GADELHA, S. Governamentalidade neoliberal, Teoria do Capital Humano e Empreendedorismo. Educação & Realidade, UFRGS, Porto Alegre, v. 34, n. 2, p. 171-186, 2009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/8299/5537. Acesso em: 3 set. 2021.

GADELHA, S. Biopolítica: no que isso interessa aos educadores? In: GADELHA, S.; PULINO, L. (orgs.). Biopolítica, escola e resistência: infâncias para a formação de professores. Vol.1. Campinas: Editora Alínea, 2012, p. 59-67.

GADELHA, S. Desempenho, gestão, visibilidade e tecnologias como vetores estratégicos de regulação e controle de condutas na contemporaneidade. Educar em Revista, Curitiba, v. 33. n. 66, p. 113-139, out./dez. 2017. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/54712. Acesso em 14 set. 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-4060.54712.

GALLO, S.; FERREIRA, R. A. (orgs). Educação Anarquista: explorações contemporâneas. São Carlos, SP: Pedro & João Editores, 2021.

OLIVEIRA, C. Educação domiciliar pode estar sendo adotada por 30 mil famílias brasileiras. O Tempo, Belo Horizonte, 12 jul. 2021. Disponível em https://www.otempo.com.br/cidades/educacao-domiciliar-pode-estar-sendo-adotada-por-30-mil-familias-brasileiras-1.2511113. Acesso em 14 set. 2021.

OLIVEIRA, E. Bolsonaro assina projeto de lei que pretende regulamentar a educação domiciliar no Brasil. G1, Educação, 11 abr. 2019. Disponível em https://g1.globo.com/educacao/noticia/2019/04/11/bolsonaro-assina-projeto-de-lei-que-pretende-regulamentar-a-educacao-domiciliar-no-brasil.ghtml. Acesso em 14 set. 2021.

SGOBIN, A. Naus deleuzeanas: em busca de práticas-de-aula-que-se-querem-rizoma. In: GALLO, S.; NOVAES M.; GUARIENTI, L. (orgs.). Conexões: Deleuze e política e resistência e… 1 ed. Petrópolis: De Petrus et Alii; Campinas: ALB; Brasília: CAPES, 2013, p. 251-260.

VASCONCELOS, M. C. C; MORGADO, J. C. B. C. Desafios à escolarização obrigatória: inserção do homeschooling na legislação educacional no Brasil e em Portugal. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. Periódico científico editado pela ANPAE. Brasília, v.30, n. 1, p. 203-230, jan./abr. 2014. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/50021. Acesso em 24 set. 2021.

VASCONCELOS, M. C. C. Educação na casa: perspectivas de desescolarização ou liberdade de escolha? Pro-posições. Campinas, SP, v. 28, n. 2, p. 122-140, 2017. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8650331. Acesso em: 26 jan. 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-6248-2015-0172.

VASCONCELOS, M. C. C. A educação doméstica no Brasil de oitocentos. Revista Educação em Questão. Natal, RN, v. 28. n.14. p.24-41, jan/jun. 2007. Recuperado de https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao/article/view/4463. Acesso em: 26 jan.2022.

Downloads

Publicado

2022-04-12

Como Citar

Vinagre, T. A., & Tótora, S. M. C. (2022). A regulamentação do Ensino Domiciliar (homeschooling) no Brasil e a racionalidade neoliberal . Revista Educação E Políticas Em Debate, 11(2), 794–809. https://doi.org/10.14393/REPOD-v11n2a2022-65398

Edição

Seção

DOSSIÊ - ESTADO NEOLIBERAL E RETROCESSOS DEMOCRÁTICOS NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO