As marcas da historicidade: constituição da Educação de Jovens e Adultos no estado de Mato Grosso

Autores

  • Rhafaela Rico Bertolino Beriula Universidade do Estado de Mato Grosso - Brasil https://orcid.org/0000-0002-9027-1968
  • Tânia Pitombo de Oliveira Universidade do Estado de Mato Grosso - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v11n1a2022-63395

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos, Mato Grosso, Análise de Discurso, Marcas da historicidade

Resumo

Pensar a constituição da Educação de Jovens e Adultos (EJA) é propor compreender os gestos de leitura e interpretação que podem se apresentar no funcionamento da escrita de um trabalho. Este artigo destaca o contexto histórico da EJA no estado de Mato Grosso a partir da perspectiva teórica, metodológica e analítica da Análise de Discurso (AD). Neste movimento, o objetivo é apresentar, discutir e analisar as marcas da historicidade da constituição da EJA no estado de Mato Grosso, permeando as espessuras que se apresentam nas condições de produção. O efeito de fecho aponta a necessidade de estudos sobre a EJA, que necessita de políticas públicas permanentes e afirmativas, com ações contínuas e sistemáticas que estabeleçam a dinâmica da sociedade, na história e na política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rhafaela Rico Bertolino Beriula, Universidade do Estado de Mato Grosso - Brasil

Mestre em Letras pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), doutoranda em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Sinop, Mato Grosso, Brasil.

Tânia Pitombo de Oliveira, Universidade do Estado de Mato Grosso - Brasil

Doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente, é professora adjunta da Universidade do Estado de Mato Grosso, Sinop, Mato Grosso, Brasil.

Referências

BOFF, L. A. As políticas públicas de Educação de Jovens e Adultos no estado de Mato Grosso 1991/2001: internalidade e diálogos com o mundo da vida dos jovens e adultos. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002. 347

BOGNAR, I.; FERREIRA, M. S. Avanços e retrocessos na política de Educação de Jovens e Adultos no estado de Mato Grosso/Brasil (2008/2017). Revista Relações Sociais – REVES, Viçosa, v. 2, n. 2, p. 205-220, jun., 2019. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/reves/article/view/3208. Acesso em: 10 jul. 2021.

BRASIL. Decreto nº 2.313/1974. Diário Oficial da União: Ministério da Educação e Cultura/Departamento de Ensino Supletivo. Centro de Estudos Supletivos. Brasília/DF: 1974.

BRASIL. Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Diário Oficial da União: Seção 1. Distrito Federal: Departamento de Imprensa Nacional, 12 ago. 1971. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1970-1979/lei-5692-11-agosto-1971-357752-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 5 jul. 2021.

BRASIL. Lei nº 9.394/1996, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece a Lei de diretrizes e bases da educação nacional. Publicação Original. Diário Oficial da União, Congresso Nacional, seção 1, Brasília: Diário oficial da União, 1996. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1996/lei-9394-20-dezembro-1996-362578-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 1 fev. 2022.

BRASIL. Lei nº 9.394/1996, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. 2. ed. Diário Oficial da União, Senado Federal, Brasília: Coordenação de Edições Técnicas, 2018c. Disponível em: http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/544283/lei_de_diretrizes_e_bases_2ed.pdf. Acesso em: 1 fev. 2022.

BRASIL. Parecer CNE/CEB nº 11/2000, de 10 de maio de 2000. Dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília: Ministério da Educação; Conselho Nacional de Educação, 10 maio 2000a. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pceb011_00.pdf. Acesso em: 1 fev. 2022.

BRASIL. Parecer CNE/CEB nº 37/2006, de 7 de julho de 2006. Dispõe sobre a aprovação de diretrizes e procedimentos técnico-pedagógicos para a implementação do ProJovem – Programa Nacional de Inclusão de Jovens: Educação, Qualificação e Ação Comunitária. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília: Ministério da Educação; Conselho Nacional de Educação, 2006b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pceb037_06.pdf. Acesso em: 1 fev. 2022.

CONTE, I. I; BOFF, L. A. Educação do campo e educação de jovens e adultos no estado de Mato Grosso: um percurso instável. Perspectiva - Revista do Centro de Ciências da Educação, v. 36, n. 2, p. 627-649, abr./jun., 2018, Florianópolis. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/rt/printerFriendly/2175-795X.2018v36n2p627/0. Acesso em: 25 jul. 2021.

DIAS, C. P. Telecentros como políticas públicas de Inclusão Digital: da administração da vida na cidade. In: ORLANDI, Eni P. (org.). Discurso e políticas públicas urbanas: a fabricação do consenso. Campinas: Editora RG, 2010. p. 43-73.

GUIMARÃES, G. T. D. Historicidade. In: LEANDRO-FERREIRA, M. C. Glossário de termos do discurso. Campinas: Pontes Editores, 2020. p. 135-138.

HADDAD, S.; DI PIERRO, M. C. Escolarização de jovens e adultos. Revista Brasileira de Educação - RBE, Rio de Janeiro, v. 1, n. 14, p. 108-194, mai.- ago., 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782000000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 8 jun. 2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Educação 2018. Informativo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua. Rio de Janeiro: IBGE, 2019a. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=2101657. Acesso em: 25 jun. 2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico: 2000: características gerais da população: resultados da amostra. Rio de Janeiro: IBGE, 2000. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/pt/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=783. Acesso em: 25 jun. 2021.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua: notas técnicas. 5. ed. Versão 1.5. Rio de Janeiro: IBGE, 2019b. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=2101657. Acesso em: 25 jun. 2021.

LEITE, S. F. O direito à Educação Básica para jovens e adultos da modalidade EJA no Brasil: um resgate histórico e legal. Curitiba: Editora CRV, 2013.

MATO GROSSO. Resolução n.º 003/2017-CNE. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: Superintendência da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso, 2017. Disponível em: http://www.mt.gov.br/documents/8125245/8532755/Resolucao+n.+005-2011+-+28.12.11+-+Fixa+normas+para+a+oferta+da+Educacao+Basica+-+EJA.pdf/5dacc3da-1189-68a0-cdd1-bf92ce06d537#:~:text=Fixa%20normas%20para%20a%20oferta,no%20Sistema%20Estadual%20de%20Ensino. Acesso em: 1 fev. 2022.

MATO GROSSO. Resolução n.º 005/2011-CEE/MT, de 28 de dezembro de 2011. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: Superintendência da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso, 28 dez. 2011. Disponível em: http://www.mt.gov.br/documents/8125245/8532755/Resolucao+n.+005-2011+-+28.12.11+-+Fixa+normas+para+a+oferta+da+Educacao+Basica+-+EJA.pdf/5dacc3da-1189-68a0-cdd1-bf92ce06d537#:~:text=Fixa%20normas%20para%20a%20oferta,no%20Sistema%20Estadual%20de%20Ensino. Acesso em: 1 fev. 2022.

MATO GROSSO. Resolução nº 137/1991 - CEE/MT. Estabelece normas gerais para o Ensino Supletivo no sistema de educação de Mato Grosso. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: SEDUC; CEE/MT, 1991.

MATO GROSSO. Resolução nº 150/1999 -CEE/MT. Estabelece normas aplicáveis para a Educação Básica no Sistema Estadual de Ensino [...]. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: SEDUC; CEE/MT, 1999. Disponível em: https://www.sinepe-mt.org.br/download/?uid=1054&modo=download. Acesso em: 1 fev. 2022

MATO GROSSO. Resolução nº 177/2002 -CEE/MT. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: SEDUC; CEE/MT, 2002. Disponível em: https://www.sinepe-mt.org.br/download/?uid=1108&modo=download#:~:text=R%20E%20S%20O%20L%20V%20E%3A,do%20Sistema%20Estadual%20de%20Ensino. Acesso em: 1 fev. 2022

MATO GROSSO. Resolução n.º 180/2000-CEE/MT, de 5 de setembro de 2000. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: Superintendência da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso, 5 set. 2000. Disponível em: http://www3.cee.mt.gov.br/wmmostrarmodulo.aspx?15,45,Componente+Arquivo. Acesso em: 22 jul. 2021.

MATO GROSSO. Resolução n.º 190/2000-CEE/MT, de 26 de setembro de 2000. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: Superintendência da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso, 26 set. 2000. Disponível em: https://www.sinepe-mt.org.br/download/?uid=1052&modo=download. Acesso em: 1 fev. 2022.

MATO GROSSO. Resolução n.º 257/2006-CEE/MT, de 31 de outubro de 2006. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: Superintendência da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso, 31 out. 2006. Disponível em: http://www3.cee.mt.gov.br/wmmostrarmodulo.aspx?15,45,Componente+Arquivo. Acesso em: 1 fev. 2022.

MATO GROSSO. Resolução n.º 318/2008-CEE/MT, de 29 de outubro de 2008. Diário Oficial [do] Estado de Mato Grosso, Cuiabá: Superintendência da Imprensa Oficial do Estado de Mato Grosso, 29 out. 2008. Disponível em: https://www.cuiaba.mt.gov.br/upload/arquivo/318.PDF. Acesso em: 1 fev. 2022.

MELLO, Â. R. C. de. A educação de adultos em Mato Grosso/Brasil: Da transição democrática à atualidade. Revista Educação, Cultura e Sociedade, Sinop, v. 4, n. 2, p. 24-38, jul./dez., 2014. Disponível em: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/educacao/article/view/1720. Acesso em: 5 jul. 2021.

MELLO, Â. R. C. de. A implantação dos Centros da Educação de Jovens e Adultos em Mato Grosso. In: Mostra Acadêmica UNIMEP, 8, 2010a, Piracicaba. Anais [...]. Piracicaba: UNIMEP. Disponível em: http://www.unimep.br/phpg/mostraacademica/anais/8mostra/5/261.pdf. Acesso em: 10 jul. 2021.

MELLO, Â. R. C. de. Dilemas e perspectivas da alfabetização de jovens e adultos em Mato Grosso: estudo do programa LetrAção de 2004 a 2007. Cuiabá: EdUFMT; FAPEMAT, 2010b.

MELLO, Â. R. C. de. Implantação dos Centros de Educação de Jovens e Adultos de Mato Grosso (2008/2011): adaptabilidade e conformação social. Revista Educação, Cultura e Sociedade, Sinop, v. 3, n. 2, p. 225-240, jul./dez., 2013. Disponível em: http://sinop.unemat.br/projetos/revista/index.php/educacao/issue/view/75/showToc. Acesso em: 27 jul. 2021.

ORLANDI, E. P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 12. ed. Campinas: Pontes editores, 2015.

ORLANDI, E. P. Eu, tu, ele: discurso e real da história. 2. ed. Campinas: Pontes Editores, 2017.

STRENTZKE, I. Inajá, Homem-Natureza, GerAção e Tucum: uma análise da proposta pedagógica de 1987 a 2000. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, UFMT, Cuiabá, 2011.

UNESCO, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Declaração Mundial sobre Educação para Todos: plano de ação para satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem. Jomtien, 1990. Disponível em: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Direito-a-Educa%C3%A7%C3%A3o/declaracao-mundial-sobre-educacao-para-todos.html. Acesso em: 23 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2022-03-01

Como Citar

Beriula, R. R. B. ., & Oliveira, T. P. de . (2022). As marcas da historicidade: constituição da Educação de Jovens e Adultos no estado de Mato Grosso . Revista Educação E Políticas Em Debate, 11(1), 472–493. https://doi.org/10.14393/REPOD-v11n1a2022-63395

Edição

Seção

ARTIGOS DE DEMANTA CONTÍNUA