Apresentação - Alfabetização no Brasil: Olhares sobre a história, as políticas públicas e práticas educativas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-62450

Palavras-chave:

Alfabetização no Brasil, Políticas Públicas, Práticas educativas

Resumo

A alfabetização no Brasil constitui um campo de conflitos e disputas entre diversas áreas de conhecimentos, como história, psicologia, sociologia e linguística. Segundo dados divulgados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua – Educação em 2020, nosso país ainda possui uma média de 11 milhões de analfabetos (TOKARNIA, 2020). Essa realidade não demonstra uma falta de avanços em relação aos estudos na área, e sim que, na maior parte da história da alfabetização, as políticas públicas brasileiras têm sofrido retrocessos em virtude da descontinuidade na alternância de poder, o que incide em fragmentação e/ou rupturas de ações públicas – tal fato reverbera diretamente na formação e na prática docente. Diante disso, este dossiê, intitulado “Diálogos sobre alfabetização: das políticas públicas ao cotidiano escolar” foi planejado como forma de resistência às políticas atuais de alfabetização, em especial, ao Decreto n. 9.765 (BRASIL, 2019), publicado no governo de Jair Messias Bolsonaro, que institui a Política Nacional de Alfabetização (PNA).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fernanda Duarte Araújo Silva, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Doutora em Educação. Docente do Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação (FACED) e do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGED) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Integrante do Núcleo de Linguagens, Leitura e Escrita (LiLEs/FACED/UFU). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Linguagens e Infâncias (GEPLI) da Faced/UFU. Membro da Associação Brasileira de Alfabetização (ABALF).

Gláucia Signorelli, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Doutora em Educação. Docente do Curso de Pedagogia do Instituto de Ciências Humanas do Pontal da Universidade Federal de Uberlândia (ICHPO/UFU). Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Desenvolvimento Profissional da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Membro da Associação Brasileira de Alfabetização (ABALF).

Referências

BRASIL. Decreto n. 9.765, de 11 de abril de 2019. Institui a Política Nacional de Alfabetização. Diário Oficial da União, Brasília, 11 abr. 2019. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/decreto/D9765.htm. Acesso em: 23 jun. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Portaria n. 867, de 4 de julho de 2012. Institui o Pacto pela Educação na Idade Certa e as ações do Pacto e define suas diretrizes gerais. Diário Oficial da União, Brasília, 5 jul. 2012. Disponível em: https://download.inep.gov.br/educacao_basica/provinha_brasil/legislacao/2013/portaria_n867_4julho2012_provinha_brasil.pdf. Acesso em: 23 jun. 2021.

BRASIL. Ofertadas 40 mil vagas de cursos para professores de alfabetização. 9 dez. 2020. Disponível em: https://www.gov.br/casacivil/pt-br/assuntos/noticias/2020/dezembro/ofertadas-40-mil-vagas-de-cursos-para-professores-curso-de-alfabetizacao. Acesso em: 10 jun. 2021.

MORAIS, Artur. Gomes. Análise crítica da PNA (Política Nacional de Alfabetização) imposta pelo MEC através de Decreto em 2019. Revista Brasileira de Alfabetização, v. 1, n. 10, p. 66-75, 2019. DOI: https://doi.org/10.47249/rba.2019.v1.357.

TOKARNIA, Mariana. Analfabetismo cai, mas Brasil ainda tem 11 milhões sem ler e escrever. Agência Brasil, Rio de Janeiro, 15 jul. 2020. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-07/taxa-cai-levemente-mas-brasil-ainda-tem-11-milhoes-de-analfabetos. Acesso em: 25 fev. 2021.

Downloads

Publicado

2021-07-20

Como Citar

Silva, F. D. A., & Signorelli, G. . (2021). Apresentação - Alfabetização no Brasil: Olhares sobre a história, as políticas públicas e práticas educativas. Revista Educação E Políticas Em Debate, 10(2), 506–514. https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-62450

Edição

Seção

Dossiê Diálogos sobre alfabetização: das políticas públicas ao cotidiano escolar