A Revista O Ensino (PR) no início do século XX: ecos do movimento político pela alfabetização

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-59804

Palavras-chave:

Educação, Alfabetização, Revista O Ensino

Resumo

O presente artigo tem por finalidade apresentar um estudo que teve como questão norteadora a revista O Ensino e o trabalho da Inspetoria Geral de Ensino do Paraná, como ressonância do movimento político no país em relação à alfabetização no início da do século XX.   Para tanto, por meio da pesquisa bibliográfica e do exame documental, foi possível analisar as notícias da fonte primária, catalogar os textos e excertos que tratavam sobre a alfabetização e por fim fazer a reflexão conforme os objetivos do trabalho. Esse trabalho, longe de desvalorizar os esforços empreendidos por esse órgão governamental e que eram reflexos das condições materiais do período, teve a finalidade de problematizar uma etapa de ensino, considerada um entrave para a modernização da sociedade republicana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Claudia Maria Petchak Zanlorenzi, Universidade Estadual do Paraná - Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Professora Adjunta da Universidade Estadual do Paraná- Campus União da Vitória. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Práxis Educativa (GEPPRAX - UNESPAR- União da Vitória); membro do Grupo de Pesquisa História, Sociedade e Educação dos Campos Gerais (HISTEDBR).

Maria Isabel Moura Nascimento, Universidade Estadual de Ponta Grossa - Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, Professora Associada da Universidade Estadual de Ponta Grossa-UEPG. Professora Produtividade CNPq. Líder no Grupo de Pesquisas História, Sociedade e Educação" dos Campos Gerais-PR (HISTEDBR).

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

BOSI, A. Dialética da colonização. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

CARVALHO, M.M.C. A escola e a república. São Paulo: Brasiliense, 1989.

CARVALHO, R. Congresso Interestadoal de Ensino. O ENSINO - Revista da Inspetoria de Ensino do Estado do Paraná, Paraná, ano I, n. 1, jan, 1922. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/105312. Acesso em: 12 jan. 2021. DOI: https://doi.org/10.5380/nesef.v1i1.54548.

CATANI, D. B. A imprensa periódica educacional: as revistas de ensino e o estudo do campo educacional. Educação e Filosofia, 10(20) 115-130, jul/dez, 1996. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/928. Acesso em: 12 jan. 2021.

CURY, C. R. J.. Cidadania republicana e educação: Governo Provisório do Marechal Deodoro e Congresso Constituinte de 1890-1891. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

MARTINEZ, C.P. Instruções aos professores públicos do Estado do Paraná. Inspetoria Geral de Ensino. Curitiba: Livraria Econômica, 1921.

MIGUEL, M. E. B. A formação do professor e a organização social do trabalho. Curitiba: Editora da UFPR, 1997.

NAGLE, J. Educação e sociedade na primeira república. 2.ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

NASCIMENTO, M. I. M. A primeira escola de professores dos Campos Gerais – PR. 2004. 225f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas SP: 2004.

NASCIMENTO, M.I. A primeira Escola de Professores dos Campos Gerais – PR. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2008.

NORONHA, O. M. Educação e trabalho no contexto histórico da formação da Primeira República no Brasil (1889-1930). In: José Claudinei Lombardi; Dermeval Saviani (orgs.) Navegando na História da Educação Brasileira: 20 anos do HISTEDBR. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR, 2009. p. 143-188.

O ENSINO. Curitiba: Revista da Inspetoria de Ensino do Estado do Paraná, 1922 Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/105386. Acesso em: 18 jan. 2020. DOI: https://doi.org/10.51859/amplla.sbp450.1121-0.

PARANA. Constituição política do Estado do Paraná. In: PARANÁ. Decretos, regulamentos, leis e actos do Estado do Paraná 1890 a 1892. Coritiba: Typografia da Penitenciaria do Estado, 1911. p. 388 - 403. Disponível em http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/Constituicoes/Constituicao_do_Parana_1891.pdf. Acesso em: 18 mai. 2020.

PARANÁ. Relatório apresentado ao Esmo. Sr. Dr. Secretário Geral do Estado pelo professor César Pietro Marinez, Inspector Geral de Ensino. Curitiba: Typ. da Penitenciaria do Estado, 1920.

PARANÁ. Relatório apresentado ao Esmo. Sr. Dr. Secretário Geral do Estado pelo professor César Pietro Marinez, Inspector Geral de Ensino. Curitiba: Typ. da Penitenciaria do Estado, 1923.

PARANÁ. Relatório apresentado ao Esmo. Sr. Dr. Secretário Geral do Estado pelo professor César Pietro Marinez, Inspector Geral de Ensino. Curitiba: Typ. da Penitenciaria do Estado, 1924.

RIBEIRO, H. A nacionalisação das escolas. O Ensino. n.1, p. 59. 1922.

WEREBE, M. J. G. 30 anos depois. Grandezas e misérias do ensino no Brasil. São Paulo: Alínea, 1994.

ZANLORENZI, C. M. P.; NASCIMENTO, M. I. M. Imprensa periódica e a centralidade da educação no início do século XX. Imagens da Educação, v. 3, n. 1, p. 11-18, 2013. Disponível em: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ImagensEduc/article/view/19439. Acesso em: 12 jan. 2021. DOI: https://doi.org/10.4025/imagenseduc.v3i1.19439.

ZANLORENZI, C. M. P. A imprensa periódica na pesquisa em história da educação: um estado de conhecimento. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 385–400, 2018. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8652374. Acesso em: 12 jan. 2021. DOI: https://doi.org/10.20396/rho.v18i2.8652374.

Downloads

Publicado

2021-07-20

Como Citar

Zanlorenzi, C. M. P., & Nascimento, M. I. M. . (2021). A Revista O Ensino (PR) no início do século XX: ecos do movimento político pela alfabetização . Revista Educação E Políticas Em Debate, 10(2), 529–542. https://doi.org/10.14393/REPOD-v10n2a2021-59804

Edição

Seção

Dossiê Diálogos sobre alfabetização: das políticas públicas ao cotidiano escolar