Black Lives Matter!: pelo reconhecimento da igualdade de direitos para a população afrodescendente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v9nEspeciala2020-58084

Palavras-chave:

Black Lives Matter, Igualdade de direitos, População afrodescendente

Resumo

A luta contra o racismo, em suas multifacetadas manifestações, é incessante e ininterrupta, no entanto, durante o mês de novembro, as diferentes expressões antirracistas se potencializam em razão do Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro . A data concerne ao dia da morte de Zumbi dos Palmares (em 1695), um dos ícones da luta contra o sistema escravista e símbolo do Quilombo Resistência, mas também nos remete à relevância de debates e reflexões sobre os processos de desconstrução do racismo estrutural; à valorização da cultura africana; a problematização das desigualdades vivenciadas pela população negra em todas as instâncias do tecido social como também a necessidade de políticas públicas para mitigar os efeitos perversos derivados de séculos de injustiças contra os negros e discriminação racial.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Vilma Aparecida de Souza, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Editora adjunta da Comissão Editorial da Revista Educação e Políticas em Debate. Doutora em Educação pela UFU. Professora adjunta da Faced/UFU. Membro do Grupo de Pesquisa Polis, Políticas Educação e Cidadania da UFU.

Maria Vieira Silva, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Presidente da Comissão Editorial da Revista Educação e Políticas em Debate. Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com estágio de pós-doutorado realizado no Centre de Recherches Sociologiques e Politiques de Paris – Université Paris VIII. Professora titular de Políticas e Gestão da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia-Faced/UFU. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Coordenadora do Grupo de Pesquisa Polis, Políticas, Educação e Cidadania da UFU. Diretora de Formação e Desenvolvimento da Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE). Membro do Grupo de Trabalho Estado e Políticas Educacionais da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd) e membro do Centro de Estudos Educação e Sociedade (CEDES).

Leonice Matilde Richter, Universidade Federal de Uberlândia - Brasil

Presidente adjunta da Comissão Editorial da Revista Educação e Políticas em Debate. Doutora em Educação pela UFU, com estágio doutoral da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) realizado na Universidade do Minho, sob a supervisão do professor Almerindo Janela. Professora adjunta de Políticas e Gestão da Educação da Faced/UFU. Coordenadora adjunta do Grupo de Pesquisa Polis, Políticas, Educação e Cidadania da UFU. Membro da Anpae e do Cedes.

Referências

CAMPOS, Leonardo Lacerda. Políticas públicas de ações afirmativas: um estudo da implementação da Lei 10.639/2003 e as suas implicações nas redes municipais de ensino de Porto Seguro – BA, Vitória da Conquista – BA e São Carlos – SP. 2018. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP, 2018.

DAFLON, Verônica Toste; FERES JUNIOR, João; CAMPOS, Luiz Augusto. Ações afirmativas raciais no ensino superior público brasileiro: um panorama analítico. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 148, p. 302-327, abr. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15742013000100015&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 13 ago. 2020. Doi: https://doi.org/10.1590/s0100-15742013000100015.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Desigualdades sociais por cor ou raça no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2019. (Série Estudos e Pesquisas: Informação Demográfica e Socioeconômica. n. 41).

Downloads

Publicado

2020-11-06

Como Citar

Souza, V. A. de ., Silva, M. V. ., & Richter, L. M. . (2020). Black Lives Matter!: pelo reconhecimento da igualdade de direitos para a população afrodescendente. Revista Educação E Políticas Em Debate, 9(Especial), 830–836. https://doi.org/10.14393/REPOD-v9nEspeciala2020-58084

Edição

Seção

Editorial