Democratização da educação superior brasileira: um estudo sobre o Sistema de Cotas na Universidade Estadual de Londrina (2004-2017)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REPOD-v8n2a2019-51031

Palavras-chave:

Políticas Públicas de Cotas, Educação Superior, Gestão, UEL

Resumo

Este artigo apresenta aos resultados de uma pesquisa realizada no período de 2017 a 2019. Neste estudo, objetivamos destacar o aprimoramento nas discussões e trâmites relativos ao sistema de cotas na Universidade Estadual de Londrina – UEL. Para isso, utilizamos como método de pesquisa o materialismo histórico dialético e como procedimentos metodológicos a pesquisa bibliográfica, análise documental e entrevistas semiestruturadas. Os resultados demonstram que o sistema de cotas, nesta Instituição, passou por avaliações que o aperfeiçoou e ampliou. Concluímos, que este sistema se trata de uma política de inclusão tanto racial como social, e que requer acompanhamento e avaliação contínuos para que seus objetivos, declarados em legislação, sejam plenamente alcançados e, por fim, que se contribua para a democratização da educação superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ARAÚJO, Fernando. Entidades saem em defesa das cotas na UEL. Jornal de Londrina. Londrina, 25 ago. 2004.

ANCHIETA, Karen de Abreu. História da implementação do sistema de cotas para negros na Universidade Estadual de Londrina (2000-2005). 2008, 148 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2008.

BRASIL. Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Brasília: SEDH, MJ, UNESCO, 2007.

PAPALI, Chiara. Procurador quer impedir reserva de cotas na UEL. Folha de Londrina, Londrina, 04 ago. 2004.

Bonilha, Tamyris Proença; Soligo, Ângela Fátima. (2015). O não-lugar do sujeito negro na educação brasileira. Revista Iberoamericana De Educación, 68(2), 31-48. DOI: https://doi.org/10.35362/rie682183. Disponível em <https://rieoei.org/RIE/article/view/183>. Acesso em: 10 dez 2018.

SILVA, Maria Nilza da. O negro em Londrina: da presença pioneira negada à fragilidade das ações afirmativas na UEL. Revista Espaço Acadêmico, v. 82, p. 1-10, 2008. Disponível em < http://livrozilla.com/doc/386417/o-negro-em-londrina--da-presen%C3%A7a-pioneira-negada-%C3%A0-fragil.>. Acesso: 18 out. 2018.

SILVA, Maria Nilza. Uma Década das Ações Afirmativas na UEL (2004-2014). IN SANTOS, Jocélio Teles dos. Cotas nas universidades: análises dos processos de decisão. Salvador: CEAO, v. 202, 2012. https://doi.org/10.21669/tomo.v0i0.3190

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL). Conselho Universitário. Ata da reunião realizada no dia 23 de julho de 2004. Livro nº 12, p. 21-34 Disponível em: <http://www.uel.br/sgocs/portal/pages/arquivos/cu/atas/2004/CU_416_de_23-07-2004.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL). Conselho Universitário. Ata da reunião realizada no dia 29 de julho de 2011. Livro nº 16, p. 283-293 Disponível em: <http://www.uel.br/sgocs/portal/pages/arquivos/cu/atas/2011/CU_545_de_29-07-2011.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL). Conselho Universitário. Ata da reunião realizada no dia 26 de agosto de 2011. Livro nº 16, p. 298-315 Disponível em: <http://www.uel.br/sgocs/portal/pages/arquivos/cu/atas/2011/CU_545_de_29-07-2011.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL). Conselho Universitário. Ata da reunião realizada no dia 17 de fevereiro de 2017. Livro nº 19, p. 226-234 Disponível em: <http://www.uel.br/sgocs/portal/pages/arquivos/cu/atas/2017/CU_0663_de_17-02-2017.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL). Política de Cotas da UEL. Disponível em: <http://www.uel.br/prograd/index.php?content=cotas/apresentacao.html>.Acesso em: 04 jul. 2017.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA (UEL). Resolução CU 78 de 2004. Estabelece a reserva de vagas no Concurso Vestibular para candidatos oriundos de Instituições Públicas de Ensino e para aqueles que se autodeclararem negros. Disponível em:<http://www.uel.br/prograd/docs_prograd/resolucoes/resolucao_78_04.pdf>.Acesso em: 04 jul. 2017.

Downloads

Publicado

2020-01-29

Como Citar

David, L. V. M. G., & Fernandes, . T. da C. (2020). Democratização da educação superior brasileira: um estudo sobre o Sistema de Cotas na Universidade Estadual de Londrina (2004-2017). Revista Educação E Políticas Em Debate, 8(2), 271–287. https://doi.org/10.14393/REPOD-v8n2a2019-51031

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua